Combate à corrupção deixa indianos quase sem dinheiro

Face à medida do primeiro-ministro em acabar com a circulação das notas mais altas para combater a corrupção no país, os indianos estão a ficar sem dinheiro.

Desde a semana passada que as notas de 500 e de mil rupias desapareceram na Índia, uma medida levada a cabo pela primeiro-ministro Narendra Modi para combater a corrupção no país.

O problema é que esta situação fez com que os últimos dias fossem um caos completo porque, para além da grande maioria da população não ter conta bancária, surgiram longas filas à porta dos bancos e das lojas de câmbio com indianos que queriam entregar essas mesmas notas e receber o equivalente em notas mais pequenas.

Outro dos problemas é que a a maioria das caixas multibanco instaladas no país têm três espaços para notas de 500 e de mil rupias e apenas um para notas de 100. Isto faz com que as notas mais pequenas acabem por se esgotar muito mais rapidamente. Resultado: a população está a ficar sem dinheiro.

O vice-ministro das Finanças, Shaktitanta Das, afirmou esta segunda-feira que o Governo está a par da situação e que já está a tomar medidas.

“Quero sublinhar mais uma vez que há dinheiro impresso suficiente tanto no Banco de Reserva da Índia como no sistema em geral. Não há motivo para pânico“, afirmou o governante.

O ministro das Finanças indiano, Arun Jaitley, tinha declarado que o processo de reprogramar as cerca de 200 mil caixas multibanco do país demoraria cerca de três semanas, algo que Shaktitanta já veio reformular, afirmando que uma força do ministério criada especialmente para o efeito está a tentar acelerar este processo.

As notas de 500 e de mil rupias (sete e 14 euros, respetivamente) são as que têm maior circulação na Índia. Modi considera que esta é a melhor medida de combate à corrupção.

“Meus companheiros, cidadãos, eu deixei a minha casa, a minha família, deixei tudo para servir o meu país. Vocês votaram em mim para abolir a corrupção? Se vocês exigiram isso, então eu devo fazê-lo ou não?”, questionou ontem o primeiro-ministro num dos seus discursos.

A medida foi inicialmente recebida com entusiasmo mas, perante esta situação, já se começam a fazer ouvir algumas críticas.

ZAP / Sputnik News

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E depois? qual é o problema? Pena esse 1º Ministro, que os deuses o conservem por muitos anos, não ter dado ordens para acabar com o dinheiro todo, de uma assentada. Homem de visão, merece o meu profundo respeito.

RESPONDER

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …

Desempregados inscritos no IEFP caem 10% em agosto

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a cair, pelo quinto mês consecutivo. Agosto fechou com 368.404 desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego De acordo com os dados …

Agora que a catedral de Notre-Dame está estabilizada, pode dar-se início à reconstrução

Dois anos e meio após o incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, o edifício encontra-se seguro para iniciar o processo de reconstrução, que se espera estar concluído em 2024. Os trabalhos de segurança e consolidação …

Agente de viagens burlou Cristiano Ronaldo em 200 mil euros

Cristiano Ronaldo foi burlado, ao longo de mais de três anos, pela funcionária de uma agência de viagens a quem confiou os seus cartões de crédito e códigos. Jorge Mendes, Gestifute, Nani e Manuel Fernandes …

França diz-se "enganada" pela Austrália após suspensão de contrato de submarinos

Na semana passada, Estados Unidos, Austrália e Reino Unido anunciaram um acordo de defesa que inclui o desenvolvimento de submarinos nucleares na Austrália. O embaixador francês na Austrália, Jean-Pierre Thebault, disse esta segunda-feira que a França …

Sete mortos e 306 infetados nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta segunda-feira, 306 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Rússia Unida anuncia vitória nas legislativas

O partido do Kremlin, Rússia Unida, reivindicou no domingo a vitória nas eleições legislativas russas, mas a sua maioria constitucional na Duma, a câmara baixa do parlamento, está ainda por apurar, após a contagem de …

Cientistas estão a dar vida ao holodeck, um holograma que você pode tocar

Os cientistas estão cada vez mais perto de tornar o holodeck uma realidade. Investigadores estão a criar um holograma que você pode tocar. A série Star Trek: The Next Generation apresentou a milhões de pessoas a …