Colômbia aprova prisão perpétua para violadores e assassinos de crianças

Juan Zarama / EPA

Iván Duque, Presidente da Colômbia

O Parlamento colombiano aprovou, esta quinta-feira, uma reforma constitucional que prevê a prisão perpétua para violadores e assassinos de crianças e adolescentes até aos 14 anos.

O Senado, com o apoio do Governo do Presidente colombiano, Iván Duque, aprovou a alteração do artigo 34.º da Constituição, que impede “as penas de exílio, prisão perpétua e confiscação”, por unanimidade, com 75 votos a favor.

“Excecionalmente, quando uma criança ou adolescente é vítima de homicídio intencional, relações sexuais violentas ou incapacidade de resistência, pode ser imposta uma pena de prisão perpétua“, de acordo com a alteração.

O texto, já aprovado pela Câmara dos Deputados, deverá ser promulgado pelo chefe de Estado nos próximos dias. Até aqui, a pena máxima na Colômbia era de 60 anos de prisão.

A votação no Parlamento pôs fim a um debate que se prolongou por mais de uma década, num país de forte tradição conservadora.

“Hoje, o Congresso da República fez avançar esta grande reforma de que tantas famílias estavam à espera”, disse o Presidente, no discurso diário na televisão.

No poder desde agosto de 2018, Duque tinha feito desta causa um tema de campanha eleitoral e promovido o debate no Parlamento.

O Presidente salientou que esperava que as agressões contra menores fossem sempre crimes “sem prescrição, para que, a qualquer momento, quem cometeu este crime receba esta punição exemplar“.

Na Colômbia, são assassinados, em média, quase dois menores por dia. Segundo as autoridades, em 2019 mais de 22 mil menores de 18 anos foram vítimas de crimes sexuais e 708 de homicídios.

Durante longos debates, os defensores da alteração argumentaram que os agressores de menores tendem a reincidir e que a prisão perpétua seria uma forma de os dissuadir, sustentando também que as agressões contra crianças tinham aumentado nos últimos anos e que as penas existentes, embora severas, nem sempre são cumpridas na íntegra.

Os críticos do projeto de lei, incluindo deputados da oposição, académicos e peritos, argumentaram que o aumento das penas não é eficaz para reduzir as agressões, defendendo antes o investimento em meios de investigação criminal para reduzir a impunidade destes crimes.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …