Atentado em Estrasburgo faz três mortos. Atirador ainda em fuga

Jean-Marc Loos / EPA

A França está em estado de “Alerta Atentado”, depois do tiroteio em Estrasburgo. O atirador que matou 3 pessoas estava sinalizado por radicalização e continua em fuga. O movimento “Coletes Amarelos” lança no ar uma teoria da conspiração insinuando que o Governo “planeou” o ataque para abafar os protestos.

O atirador de 29 anos, identificado como Chérif C., abriu fogo contra quem se encontrava no Mercado de Natal de Estrasburgo nesta terça-feira à noite, por volta das 20 horas, provocando a morte de três pessoas e 13 feridos.

O ministro do Interior francês, Christophe Castaner, destaca que o suspeito “confrontou-se duas vezes com as forças de segurança sistematicamente com trocas de tiros”. Mas ainda assim, conseguiu fugir num táxi. O taxista a quem roubou a viatura afirmou à polícia que se encontra ferido.

Nascido em Estrasburgo, o suspeito estava sinalizado com a chamada “Ficha S” por radicalização desde 2016 pela Direcção Geral de Segurança do Interior. Mas é sobretudo conhecido da polícia por crimes de delito comum, nomeadamente pelo envolvimento em assaltos em França e na Alemanha, já tendo sido alvo de 20 condenações.

Na manhã do tiroteio, a polícia tentou deter o homem por suspeita de envolvimento num assalto com tentativa de homicídio, como avança o Le Figaro. Os seus cúmplices no alegado roubo foram detidos, mas dele nem sinal. Nas buscas efectuadas a sua casa, foram encontradas granadas.

Este episódio suscita a ideia de que pode não ter sido um atentado terrorista planeado, mas um simples acto de desespero no âmbito da intervenção policial.

As autoridades francesas implementaram os mecanismos de emergência previstos para o chamado “Alerta Atentado”, o mais elevado estado de segurança do país.

Mas “a motivação terrorista ainda não está estabelecida”, como nota o Secretário de Estado do Interior, Laurent Nuñez, em declarações divulgadas pela France Inter.

França tem em marcha um forte dispositivo para tentar detectar o paradeiro do suspeito, com o controle reforçado das fronteiras. Estrasburgo está sob fortes medidas de segurança, com todos os espaços e equipamentos culturais encerrados, com espectáculos de animação cancelados e com a recomendação aos pais para deixarem os filhos em casa, mesmo que as escolas estejam abertas.

As manifestações em Estrasburgo também estão interditas por razões de segurança, o que choca com os planos do movimento Coletes Amarelos que tem protestos marcados para este sábado em toda a França.

Laurent Nuñez nota que os Coletes Amarelos podem manifestar-se noutras cidades francesas, mas apela a que se abstenham de o fazer, dada a situação de alerta.

Acusações e críticas dos Coletes Amarelos

E do lado do movimento, surgem algumas teorias da conspiração que acusam os Serviços Secretos franceses de terem “montado” o ataque de Estrasburgo como forma de abafar os protestos dos Coletes Amarelos, para “salvar” a face de Emmanuel Macron e do seu Governo, que têm sido muito contestados.

A tese está a ser disseminada nas redes sociais, nomeadamente na página de Facebook “Blocage National le 17 novembre Organisation générale“, onde também se critica a forma como o Governo trata os Coletes Amarelos, detendo preventivamente vários dos seus lideres, enquanto mantém em liberdade os indivíduos com “Ficha S”.

“Não nos deixemos impressionar por este atentado montado em todas as peças pelos serviços secretos”, escreve-se. “Não acham estranho este atentado quando o Governo está ameaçado?”, pergunta outro frequentador daquela página.

Teorias que são “indignas” e “ignóbeis”, segundo elementos do Governo ouvidos pela imprensa gaulesa. “Estou francamente indignado”, lamenta o Secretário de Estado do Interior, questionando “como é que se podem dizer coisas destas”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais um “francês” filho de emigrantes marroquinos, com cara da religião da paz. Veja-se que até andou aos tiros com a policia até têm dúvidas da motivação terrorista, mas os do Sporting que chegaram à academia a lançar umas bombas de fumo, esses de certeza que são terroristas.

  2. Mais um caso que termina em assassinatos e mais uma vez um moamed, os tais que têm convencido a grande maioria da classe politica europeia de que são bons rapazes e que devem ser bem aceites na sociedade europeia, depois quando se vai a votos e estes verificam que ao contrário a sociedade está cada vez mais descrente em relação à invasão de gente vinda de tais origens alcunham-nos de populistas e outras coisas mais, continuem assim e vão ver a volta que isto irá dar! O Macron por seu lado já vai dando o braço a torcer e brevemente apontar-lhe-hão o caminho da rua.

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …