“Alguma coisa correu mal” no surto de legionella no São Francisco Xavier

Tiago Petinga / Lusa

O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes

O ministro da Saúde admitiu hoje que “alguma coisa correu mal” no caso do surto de “legionella” no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, apesar de ter confiança de que “as melhores práticas foram seguidas”.

“Tendo sido seguidas as melhores práticas, alguma coisa correu mal. A mim, o que me incumbe enquanto responsável político é perceber que – pela evidência dos relatos, pela primeira aproximação aos factos, o que foi dito e visto é que todos os procedimentos foram seguidos de acordo com as melhores práticas – ainda assim alguma coisa correu mal”, disse Adalberto Campos Fernandes.

Até ao momento foram diagnosticados desde 31 de outubro 26 pessoas infetadas com doença dos legionários, conhecida também por ‘legionella’, relacionadas com o hospital São Francisco Xavier, em Lisboa.

Dos 26 casos até agora diagnosticados, um doente encontra-se numa unidade de saúde privada, outro teve alta, um terceiro está no Hospital Pulido Valente, dois na unidade de cuidados intensivos do hospital São Francisco Xavier e os restantes encontram-se internados no hospital Egas Moniz.

“Portanto, é muito simples. Todos terão de perceber que a nossa obsessão neste momento é perceber o porquê de, tendo sido cumpridos os procedimentos, alguma coisa ter corrido mal. E não descansaremos enquanto essa identificação daquilo que correu mal não seja conhecida”, disse o ministro, em conferência de imprensa no São Francisco Xavier.

As declarações do ministro da Saúdesurgem um dia depois de a Diretora-Geral de Saúde, Graça Freitas, ter declarado que “nada falhou” na prevenção e nas medidas de controlo da infeção com a bactéria “Legionella” no hospital, já que “nem sempre as melhores medidas conseguem contrariar esta dinâmica das bactérias”.

Este domingo, o ministro da Saúde deu duas semanas à Direção-Geral de Saúde e ao Instituto Nacional de Saúde Dr Ricardo Jorge (INSA) para que “habilitem o governo com um relatório detalhado, que seja do conhecimento público”, para apurar a forma como as coisas correram. No fundo, disse Adalberto Campos Fernandes, trata-se de “responder a esta questão muito simples“.

“Tendo tudo sido feito de acordo com as normas, o que é que correu menos bem, para que nos víssemos confrontados com um surto que é real, existe, e que não pode em nenhuma circunstância ser dissimulado ou diminuído”, realçou o responsável.

O ministro disse que está a acompanhar a situação, tal como o resto do Governo, “a evolução dos acontecimentos de hora a hora”. “Queremos perceber o que aconteceu e ter condições para que nunca mais aconteça”, sublinhou.

O ministro deixou ainda uma mensagem de tranquilidade aos utentes dos hospitais e manifestou “confiança nos técnicos” e na atuação que tiveram no Hospital São Francisco Xavier. “Transmitiram-me que a fonte emissora está controlada“, disse o ministro, que deixou ainda um aviso: os relatórios agora pedidos “não são para encher calendário”.

“Quando digo falha, significa qualquer tipo de avaliação técnica ou procedimento, e sobre essa matéria que fique muito claro: os relatórios que foram pedidos não são para encher calendário. São para apurar efetivamente aquilo que aconteceu, se se deveu a um imponderável de natureza técnica, até climática e ambiental, a um procedimento que deveria ser feito e não foi”, disse Adalberto Campos Fernandes.

“Isso tem de ser avaliado com distanciamento e independência”, concluiu o ministro, “a minha obrigação enquanto responsável político é fazer a demonstração positiva de que nada falhou. E não vou dizer agora que nada não tenha falhado. Como não tenho a certeza que nada falhou, também não tenho a certeza de que não tenha falhado”, reiterou.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Se não aconteceu algo quando foi um privado (pessoal de Vila Franca que o diga..), será que vai mesmo acontecer algo agora…

    Carrega no povo, que ele gosta…

  2. Tenho de tirar o chapéu a este ministro.
    Reconhecer uma falha não é prática comum dos socialistas, nem de Costa.
    Veja-se a dificuldade que foi chegarem à conclusão que tinha falhado nos incêndios e na segurança militar em Tancos.

RESPONDER

Se não quer que a Alexa e a Siri ouçam a sua vida privada, basta usar uma "pulseira do silêncio"

Uma equipa de professores de ciência da computação da Universidade de Chicago inventou uma pulseira especial que interfere com todos os microfones próximos, incluindo os dos altifalantes e assistentes inteligentes. As câmaras de segurança e altifalantes …

Algoritmo analisa textos de Edgar Allan Poe e indica que autor pode não ter cometido suicídio

Através de um algoritmo que identifica marcadores linguísticos de depressão e cognição suicida, investigadores norte-americanos que o escritor Edgar Allan Poe pode não ter cometido suicídio. Nesta análise, investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos …

Mudanças climáticas estão a secar um rio que fornece água a milhões de pessoas nos Estados Unidos

As mudanças climáticas reduziram drasticamente o fluxo do rio Colorado, nos Estados Unidos, deixando em risco o abastecimento de cerca de 40 milhões de pessoas e milhões de hectares de terrenos agrícolas. O alerta consta …

Trump vai vender helicópteros militares à Índia no valor de 2,7 mil milhões de euros

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, anunciou na segunda-feira que vai vender helicópteros militares à Índia no valor de 2,7 mil milhões de euros, à chegada à cidade de Ahmedabad, para uma visita …

Vale e Azevedo livre de processo de desvio de fundos do Benfica

O Tribunal Judicial de Lisboa declarou a prescrição do processo em que o antigo presidente do Benfica João Vale e Azevedo era acusado de ter desviado dinheiro do clube. O Tribunal Judicial de Lisboa declarou, na …

O Pentágono acabou de simular uma guerra nuclear com a Rússia

O Pentágono realizou um exercício de treino na semana passada, no qual simulou uma guerra nuclear com a Rússia. Apesar de ser comum passar por conflitos simulados, é incomum divulgá-los.  De acordo com a National Defense …

Novo passaporte britânico é desenhado em França e feito na Polónia

A ministra do Interior britânica, Priti Patel, apresentou no sábado os novos passaportes. Começam a ser emitidos em março e recuperam a cor azul que tinham antes de 1988, quando o Reino Unido se juntou …

Confirmados resultados das presidenciais da Guiné-Bissau e vitória de Sissoco Embaló

A Comissão Nacional de Eleições da Guiné-Bissau confirmou os resultados das eleições presidenciais e a vitória de Umaro Sissoco Embaló. A Comissão Nacional de Eleições (CNE) da Guiné-Bissau confirmou esta terça-feira os resultados das eleições presidenciais …

Multimilionário Warren Buffett revela qual é "o melhor negócio do mundo"

O investidor e empresário norte-americano Warren Buffett revelou que, para ele, a Apple é "o melhor negócio do mundo" na segunda-feira, durante uma entrevista ao canal da CNBC. Em declarações ao canal, o multimilionário de 89 …

"Até Ronaldinho foi melhor do que Lionel Messi", diz antigo guarda-redes argentino

O ex-guarda-redes argentino Hugo Gatti disse que Lionel Messi "está muito longe" em comparação com os jogadores que viu jogar. O antigo guarda-redes argentino Hugo Gatti falou sobre Lionel Messi e comparou o internacional albiceleste com …