/

Assassinato em série por resolver. Vacas podem estar a pisar coalas até à morte

Afinal, as vacas podem não ser herbívoros inofensivos. Um novo estudo revela que estes animais podem estar a pisar – e a matar – coalas em toda a Austrália.

Os coalas enfrentam muitas ameaças, mas raramente as vacas são consideradas um perigo – pelo menos não diretamente. Parte da perda de habitat dos coalas pode ser motivada pelo desejo de abrir mais pastagens e as contribuições dos bovinos para o aquecimento global representam um risco para milhões de espécies. No entanto, a possibilidade de que vacas estejam a pisar coalas até à morte é pouco investigada.

Coalas são vítimas improváveis das vacas, uma vez que passam a maior parte do tempo em cima das árvores. No entanto, precisam de ir ao solo para viajar de árvore em árvore e obter água. Muitas das mortes de coalas são atribuídas a atropelamentos por carros e ataques de cães. Porém, pode haver outra ameaça.

“Durante anos, veterinários, agricultores e cuidadores de animais selvagens em toda a Austrália relataram ferimentos graves ou morte de coalas devido ao atropelamento de vacas”, disse Alex Jiang, estudante de doutoramente da Universidade de Queensland, em comunicado.

Em declarações ao IFLScience, Jiang disse que um inquérito online com cuidadores de animais selvagens e pessoas com maior probabilidade de ter encontrado o atropelamento de coalas recebeu entre 10 e 20 relatos de incidentes. Embora tenham ocorrido ao longo de muitos anos, o investigador suspeita que os encontros sejam mais comuns à noite e, portanto, raramente vistos.

As vacas não pisam coalas por engano. “Isto é amplamente baseado em evidências de autópsia de animais, principalmente que encontraram pegadas em corpos de coalas mortos – estão claramente a agir de forma agressiva com estes pobres animais”, disse Jiang. “Há declarações de testemunhas de agricultores que confirmam que gado foi visto a perseguir coalas”.

Para determinar quão agressivas as vacas realmente são com os coalas, Jiang colocou Kokonut, o coala de peluche, num veículo de controlo remoto, borrifou-o com urina e fezes de coala e está a conduzi-lo entre manadas de vacas. O investigador também está a levar um carro semelhante, mas sem um coala a bordo, para agir como controlo.

“Se o gado reage de forma diferente ao carro com o coala falso, ou seja, eles são mais agressivos do que com o carro RC normal, podemos ter certeza de que as suas reações são por causa do coala falso”, explicou.

“Ainda não vimos nenhum ataque real, mas as vacas prestam mais atenção quando o animal de peluche está no carro”, disse Jiang. “Também notámos alguma agressão ritualizada, como escavação do solo e chamadas de alerta.”

Jiang espera saber as condições sob as quais os ataques podem ocorrer, suspeitando que os coalas são vistos como uma ameaça durante a estação de parto.

Além disso, relatos de danos a outros animais selvagens são raros – talvez porque sejam demasiado pequenos para atrair a atenção dos bovinos ou suficientemente rápidos para fugir.

Jiang sublinhou que as vacas estão longe de ser a maior ameaça para os coalas, mas considera que precisamos estar de cientes até mesmo dos mais raros perigos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.