Ouvir é a nova leitura e a Clubhouse é a app do momento (apesar dos problemas de segurança)

A febre audiofónica chegou e tem um nome: Clubhouse. Para já, a aplicação só está disponível para iOS, mas promete conquistar todos os amantes de rádio e de podcasts.

A Clubhouse está disponível no iOS e, quem quiser aventurar-se no mundo encantado do áudio, terá de enviar um convite e ser aceite na nova app. O que a distingue da rádio ou dos podcasts é a facilidade com que pode fazer parte de um debate com os moderadores sem precisar de ligar ou enviar uma mensagem: basta “levantar a mão”.

A função alerta os moderadores de uma determinada sala de que tem interesse em participar no debate e cabe aos mesmos decidir se o deixam intervir. As salas, públicas ou privadas, reúnem moderadores e ouvintes em torno de um tema.

No passado domingo, a rede social confirmou que teve uma fuga de dados. Segundo a Bloomberg, as conversas – que os utilizadores só podem ouvir em tempo real – foram transmitidas noutros sites, devido a uma vulnerabilidade detetada na aplicação.

David Thiel, responsável de tecnologia do Observatório para a Internet da Universidade de Stanford, disse que a fuga de dados aconteceu devido a um utilizador que não respeitou os termos de utilização do serviço, o que significa que não terá sido um ato malicioso. A intenção não terá sido roubar os dados dos utilizadores.

Mas esta vulnerabilidade não foi a primeira associada à aplicação e foi reportada uma semana depois de ter sido noticiada outra. O portal The Verge escreve que os responsáveis da Clubhouse confirmaram que iam melhorar os sistemas de encriptação, com receio de que a Agora Inc., uma empresa chinesa que aloja dados das conversas para a app funcionar, possa divulgá-los a entidades governamentais.

A Agora Inc. é responsável pelos servidores que a Clubhouse utiliza, o que significa que é obrigada pela lei do país a partilhar as informações que detém com o Governo chinês. Isto é especialmente preocupante para os utilizadores deste país, já que, ao acreditar que as conversas não estão a ser vigiadas, não terão medo de eventuais repercussões do regime comunista.

A empresa adiantou que os dados potencialmente sensíveis estão guardados em servidores nos Estados Unidos, mas o Observatório para a Internet da Universidade de Stanford levantou a questão e admite a possibilidade.

Apesar dos problemas de segurança, ouvir é a nova leitura e a Clubhouse parece ter conquistado o público adulto, que se sente parte integrante de uma grande conferência ao utilizar esta app.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A linguagem de Benoit está a morrer. O senegalês quer salvá-la através da música

O senegalês Benoit Fader Keita está a usar o poder da música para salvar a sua linguagem, ménik, que tem apenas 3 mil falantes e está em risco de extinção. Benoit Fader Keita nasceu no Senegal …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

 A doença misteriosa foi identificada, pela primeira vez, em 2015, num doente considerado um "caso isolado e atípico". Há quase dois anos, Roger Ellis desmaiou depois de ter tido uma convulsão durante o 40.º aniversário de …

Estudo sugere que há quatro tipos de Alzheimer

Uma equipa de investigadores sugere que há quatro tipos da doença de Alzheimer, que atacam diferentes zonas do cérebro e têm sintomas distintos. Um novo estudo sugere que o Alzheimer é uma doença bem mais complexa …

Jovens tentam salvar vidas na Índia através do Youtube. Plataforma elimina vídeos por serem "perigosos"

A Índia continua a debater-se com a grave crise sanitária desencadeada pela covid-19. Jovens indianos publicaram no Youtube vídeos a produzir oxigénio em casa, usando processos químicos ensinados nas escolas. A plataforma eliminou-os. De acordo com …

Shuvuuia era um dinossauro do tamanho de uma galinha, que caçava às escuras

Os investigadores descobriram que Shuvuuia, um pequeno dinossauro do tamanho de uma galinha, tinha uma excelente audição e visão noturna, que lhe permitiam caçar de noite. São poucas as aves que têm aquilo que é preciso …

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …