Sabe que clube tem mais jogadores no Mundial 2022? Tem 17 jogadores em 8 Selecções

Supreme Committee for Delivery & Legacy

Estádio Al Thumama, Qatar

Com o Mundial à porta, o futebol foca a mira nas Selecções. E para quem gosta de estatísticas, há um clube que surge na frente como o mais representado, com 17 jogadores chamados por várias equipas nacionais. É o Bayern de Munique.

O Bayern de Munique coloca 17 jogadores nos convocados para o Mundial 2022, sendo, assim, o clube mais representado no campeonato que vai arrancar domingo no Catar.

A equipa tem dominado a habitual favorita Selecção Alemã nos últimos anos. Neste mundial, o Bayern continua a ser o clube mais representado na equipa germânica com sete atletas, respectivamente o guarda-redes Manuel Neuer, os médios Joshua Kimmich, Leon Goretzka e Jamal Musiala, e os avançados Leroy Sané, Sèrge Gnabry e Thomas Müller.

Note-se que o seleccionador da Alemanha, Hans-Dieter Flick, conduziu o Bayern ao título da Liga dos Campeões em 2020.

Mas o Bayern também coloca os defesas Benjamin Pavard, Dayot Upamecano e Lucas Hernández, e o avançado Kingsley Coman, na Selecção Francesa.

Além disso, o clube tem também o defesa Alphonso Davies no Canadá, os defesas Matthijs de Ligt, Noussair Mazraoui e Josip Stanisic nas equipas nacionais de Holanda, Marrocos e Croácia. E os avançados Choupo-Moting e Sadio Mané foram chamados pelos Camarões e pelo Senegal, respectivamente.

Manchester City e Barcelona colocam 16 jogadores cada

O Manchester City só tem menos um jogador do que o Bayern no Mundial do Catar, com um total de 16 atletas: o guarda redes Ederson Moraes (Brasil); os defesas Manuel Akanji (Suíça), John Stones e Kyle Walker (Inglaterra), Nathan Aké (Holanda), Rúben Dias e João Cancelo (Portugal), e Aymeric Laporte (Espanha); os médios Kalvin Phillips (Inglaterra), Kevin de Bruyne (Bélgica), Ilkay Gundogan (Alemanha), Bernardo Silva (Portugal), e Rodri Hernández (Espanha); e os avançados Julián Álvarez (Argentina), Phil Foden e Jack Grealish (Inglaterra).

Também o Barcelona coloca 16 jogadores no Mundial, designadamente, o guarda-redes Ter Stegen (Alemanha), os defesas Andreas Christensen (Dinamarca), Ronald Araújo (Uruguai), Eric García e Jordi Alba (Espanha), e Jules Koundé (França); os médios Frenkie de Jong (Holanda), Sergio Busquets, Pablo Gavi e Pedri González (Espanha); e os avançados Memphis Depay (Holanda), Robert Lewandowski (Polónia), Ousmane Dembélé (França), Raphinha (Brasil), Ferrán Torres e Ansu Fati (Espanha).

Benfica e FC Porto colocam 6 atletas cada

Na Liga Portuguesa, Benfica e FC Porto colocam seis atletas cada, surgindo no 28º lugar dos clubes mais representados, a par de outros emblemas.

O Benfica coloca os defesas Nicolás Otamendi (Argentina), Alexander Bah (Dinamarca) e António Silva (Portugal), os médios Enzo Fernández (Argentina) e João Mário (Portugal), e o avançado Gonçalo Ramos (Portugal).

Já o FC Porto está representado pelo guarda-redes Diogo Costa (Portugal) e o defesa Pepe na Selecção Portuguesa, pelos médios Stephen Eustaquio (Canadá), Marko Grujic (Sérvia) e Otávio (Portugal), e pelo avançado Mehdi Taremi (Irão).

O Sporting coloca apenas quatro jogadores no Mundial, surgindo no 55º posto da lista de clubes mais representados, com o defesa Sebastián Coates (Uruguai), os médios Fatawu Issahaku (Gana) e Manuel Ugarte (Uruguai), e o avançado Hidemasa Morita (Japão).

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.