/

Tal como o pai, dura e obstinada: Cláudia Azevedo é a nova CEO da Sonae

4

José Coelho / Lusa

A presidente do conselho de administração da Sonae, Cláudia Azevedo, é a nova CEO do grupo

O Conselho de Administração da Sonae SGPS anunciou, esta terça-feira, que Cláudia Azevedo foi escolhida como presidente executiva do grupo, em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A escolha de Cláudia Azevedo, filha de Belmiro de Azevedo (que morreu em novembro de 2017), acontece na sequência da vontade manifestada por Paulo Azevedo e Ângelo Paupério de deixarem a liderança do grupo no fim do atual mandato.

Até agora, Paulo Azevedo (filho de Belmiro de Azevedo e irmão de Cláudia Azevedo) e Ângelo Paupério partilhavam a presidência executiva do grupo.

“Na sequência da vontade manifestada pelos Engs. Paulo Azevedo e Eng.º Ângelo Paupério de, após o termo do corrente mandato, passarem o testemunho das funções executivas até agora exercidas no Conselho de Administração da SONAE, este último, no âmbito da sua responsabilidade pela identificação de potenciais candidatos com perfil para o desempenho de funções de administrador, comunicou à EFANOR a sua intenção de fazer eleger para o cargo de Presidente da sua Comissão Executiva, com efeitos a partir do termo do corrente mandato, a Dr.ª Cláudia Azevedo”, lê-se no comunicado citado pelo Observador.

De acordo com a mesma nota, os dois vão passar a ter funções não executivas: “A EFANOR congratula-se com a disponibilidade manifestada pelos Engs. Paulo Azevedo e Ângelo Paupério para se manterem em sua representação no Conselho de Administração da Sonae, em cargos não executivos no novo mandato, bem como para proporcionarem todo o apoio necessário ao processo de transição de poderes executivos pelo tempo que vier a revelar-se útil”.

A filha mais nova do empresário tem 48 anos completados a 13 de janeiro e dois filhos, sendo licenciada em Gestão pela Universidade Católica do Porto e com um MBA (Master of Business Administration) na conhecida escola de negócios Insead.

Maria Cláudia Teixeira de Azevedo, de nome completo, fez a sua carreira no grupo erguido pelo pai, com destaque para as áreas de marketing e comunicação.

Entre os muitos cargos que ocupa no império Sonae, integra a administração da Sonaecom, sendo administradora da operadora NOS e do jornal Público (em mudança de direção após a administração ter despedido o diretor-adjunto Diogo Queiroz de Andrade).

Desde 2013, era presidente executiva da Sonae Capital, empresa do grupo que tem negócios nas áreas de turismo, ginásios e energia, e da qual já renunciou para se dedicar à preparação da presidência executiva da Sonae e se familiarizar com os dossiês. Agora, esta empresa vai ficar a cargo de Miguel Gil Mata.

Fontes da empresa disseram ao jornal online que esta substituição é vista como “uma reorganização previsível” e que a sucessão também é interpretada “com naturalidade”.

Segundo vários perfis publicados nos últimos anos na imprensa, Cláudia Azevedo tem um perfil duro, obstinado, semelhante ao do pai, sendo discreta nas aparições públicas.

No livro “O Homem Sonae”, confirma-se isso mesmo: o pai disse que “a Cláudia é talvez a mais parecida comigo, a que tem mais killer instinct“.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Em comunicado de imprensa, após se saber que vai liderar a Sonae SGPS, a gestora agradeceu a confiança demonstrada na sua escolha e disse que é com “otimismo” que enfrentará os novos desafios.

“Uma responsabilidade que aceito, com a convicção de quem olha para o futuro e tem a confiança de ter nos valores Sonae a determinação e otimismo necessários para enfrentar os desafios que seguramente surgirão“, disse.

Até Cláudia Azevedo assumir o topo do império Sonae, continuarão nessas funções Paulo Azevedo e Ângelo Paupério, que desde 2015 partilham a presidência executiva do grupo.

  ZAP // Lusa

4 Comments

  1. Desejo-lhe toda a sorte deste mundo por um país que se vê diariamente despojado dos seus principais grupos económicos. Que Deus dê muitos e bons anos à SONAE e a todos os grupos empresariais nacionais que ainda restam.

  2. Se dizem que sai ao pai aqui vai
    Só Para lembrar
    Fundador Sonae? Lembram-se:
    E quem era empregado do Sr. Pinto Magalhães? Não era o Agente Técnico de Engª , agora Engº Belmiro Azevedo?
    Em 1975 encabeçou o movimento dos quadros da Sonae para fazerem “greve”, não para defesa dos postos de trabalho, mas para ficar “dono” da Empresa.
    Prodec-IsaRakol-Robótica-Siaf-Banco Universo- Aonde estão?
    Carta escrita Portugueses sobre BANCO TOTTA, a apelar ao espírito nacional e para quem tinha acções não vender aos espanhóis, para depois ser ele a vender aos Antes “malandros” Espanhóis
    Também quando dizem criador dos Supermercados Continente, esquecem-se que no Grupo Pinto de Magalhães existiam os Supermercados Modelo.
    Ameaça deslocação Sede Empresas para Estrangeiro? Grande Patriota!
    Só ele é que é Bom e Honesto? Nem todos tiveram a sorte de “receber” os bens do Sr.Pinto Magalhães
    Não questiono quem de trabalhador por conta de outrem, fica , segundo dizem, um dos mais ricos de PORTUGAL.
    Deve ser muito mérito

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE