Cientistas vão procurar vida extraterrestre na sexta maior lua de Saturno

JPL-Caltech / NASA

Esquema em camadas de Encelado com um oceano em profundidade e geisers a expelir matérial rico em minerais

Um grupo de cientistas vai utilizar uma técnica chamada microscopia holográfica digital, que usa lasers para gravar imagens tridimensionais, para detectar micróbios extraterrestres na sexta maior lua de Saturno.

Segundo a Caltech, nenhuma sonda desde o programa Viking da NASA, no final da década de 1970, procurou explicitamente a vida extraterrestre. Em vez disso, o foco tem sido encontrar água.

Enceladus tem muita água mas, mesmo que a vida exista de alguma forma microbiana, a dificuldade para os cientistas da Terra é identificar esses micróbios a 790 milhões de quilómetros de distância.

“É mais difícil distinguir entre um micróbio e um pedaço de pó do que pensavamos. É preciso diferenciar o movimento browniano, que é o movimento aleatório da matéria e o movimento intencional e auto-dirigido de um organismo vivo”, revelou Jay Nadeau, professora de pesquisa de Engenharia Médica e Aeroespacial.

Encélado é a sexta maior lua de Saturno, e é 100 mil vezes menos maciço do que a Terra, tendo uma velocidade de escape – a velocidade mínima necessária para que um objeto escape da superfície – de apenas 239 metros por segundo, quando essa mesma velocidade na Terra é de 11 mil metros por segundo.

A velocidade de escape minúscula de Encélado permite um fenómeno estranho: são expulsos vários géiseres enormes, que ventilam o vapor de água através de fendas na crusta gelada da lua.

Desde que a sonda de Saturno Cassini voou perto de Encélado em 2005, os cientistas observaram mais de uma centena de géiseres e afirmam que a água é usada para reabastecer o anel E de Saturno que, de outra forma, iria dissipar-se rapidamente. Esta informação fez com que a NASA descrevesse Encélado como um “mundo oceânico” que poderá ter os ingredientes necessários para a vida.

Agora, para estudar o movimento de potenciais micróbios no sexto maior satélite natural de Saturno, Nadeau vai utilizar um instrumento chamado microscópio holográfico digital que foi modificado especificamente para a astrobiologia, revela o estudo publicado na Astrobiology.

Na microscopia holográfica digital, um objeto é iluminado com um laser e a luz que salta do objeto e regressa ao detector é medida. Esta luz dispersa contém informações sobre a amplitude da luz dispersa e sobre a sua fase, uma propriedade que pode ser usada para indicar quão longe é que a luz viajou após a dispersão.

Com esta informação, os especialistas poderão conseguir reconstruir num computador uma imagem 3D de Encélado. “O microscópio holográfico digital permite-nos ver e acompanhar até os mais minúsculos movimentos”, diz Nadeau.

Além disso, ao marcar os potenciais micróbios com corantes fluorescentes que se ligam a grandes classes de moléculas que provavelmente serão indicadores de proteínas, açúcares, lipídios e ácidos nucleicos, os cientistas vão poder descobrir “do que é que os micróbios são feitos”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Zap…
    Julgo que onde dizem “…concha gelada da lua…” devem querer dizer “…crosta/crusta gelada da lua…”… certo?…

  2. “Cientistas vão procurar vida extraterrestre na sexta maior lua de Saturno”
    Só se for para rir isto.

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …