Cientistas treinam distraídos a concentrar-se nas tarefas

Está sempre a adiar as suas tarefas? Ou não consegue concentrar-se totalmente no que precisa fazer, deixando a mente vaguear?

Nos EUA, Boston Attention and Learning Lab dedica-se a estudar e “curar” esse tipo de problema, tentando treinar e educar o cérebro a concentrar-se melhor.

As técnicas ali desenvolvidas ajudam pessoas que não conseguem concentrar-se devido a danos cerebrais, doenças ligadas a traumas (transtorno de stress pós-traumático) ou défice de atenção (Transtorno do Défice de Atenção com Hiperatividade, ou TDAH).

Será que uma pessoa fora dessas circunstâncias extremas também pode beneficiar das novas técnicas?

O neurocirurgião Joe DeGutis, que trabalha no laboratório, mostra-se cético com a proposta. “É difícil melhorar o funcionamento já comum para torná-lo algo acima da média ou de nível superior, apesar de algumas empresas de treino de cérebros tentarem vender isso.”

Mas talvez exista esperança para pessoas simplesmente distraídas, que costumam interromper constantemente o que estão a fazer para conferir o Facebook ou tomar um cafezinho a meio do trabalho. Estudos nos EUA apontam que isso acontece com 80% dos estudantes e 25% dos adultos.

Com o surgimento de novas distrações, como smartphones, tudo piora, e com prejuízo à saúde mental – com mais doenças, stress e conflitos nas relações. Para o psicólogo Tim Pychyl, procrastinação é um problema emocional. Diante do stress, as pessoas resolvem dar-se “um pequeno presente” imediato, que leva a adiar a concretização das tarefas, mesmo que isso os venha a prejudicar no futuro.

Áreas do cérebro

A mudança está toda no cérebro. Os investigadores do Boston Attention and Learning Lab trabalham para melhorar as ligações entre duas regiões do cérebro: o córtex pré-frontal (acima dos olhos, que nos ajuda a tomar decisões) e o córtex parietal (atrás dos ouvidos, e que coordena nossas sensações).

Juntos, eles formam a rede de atenção dorsal, que é a parte do cérebro que trabalha quando estamos concentrados numa tarefa. Para que essa rede funcione bem, é preciso “desligar” outra parte do cérebro conhecida como “rede de modo default” – responsável pela criatividade, pelo ócio ou por “viajar” com a mente.

Alguns testes mostram que as pessoas com problema de concentração estão a usar a parte esquerda do cérebro – que é a menos eficiente para este tipo de tarefas que requerem concentração.

Controlando as “viagens” da mente

Uma das experiências do Boston Attention and Learning Lab é usar um pulso magnético fraco para tentar desacelerar o “campo de olho frontal” – uma região na parte esquerda do cérebro. Com isso, a parte direita – responsável pela concentração – trabalharia mais.

A jornalista da BBC Caroline Williams fez a experiência e percebeu que começou a melhorar os resultados nos testes de concentração. Antes da aplicação do pulso magnético, a mente vagueava: como escreveria a reportagem, como estariam os filhos, ou se deveria beber cerveja ou vinho ao fim do dia.

Para o neurocirurgião DeGutis, isso é um grande avanço. Estar ciente do que se está a pensar é conhecido na psicologia como “metaconsciência” – e é uma ferramenta útil para quem está a tentar controlar uma mente que “viaja longe”.

“Todos os que passam por este treino descobrem que estão num estágio em que ficam um pouco mais metaconscientes. Estão a cumprir as suas tarefas e conseguem perceber que estão a pensar em outras coisas”, diz o neurocirurgião.

Sara Lazar, neurocientista em Harvard, descobriu algo semelhante nos seus estudos, ao identificar outra parte do córtex que facilita que a mente “viaje”, o córtex cingulado posterior. Quanto maior o controlo que exercemos sobre essa parte do cérebro, mais nos conseguimos concentrar.

Será possível, então, mudar a nossa mente em poucos dias para se concentrar melhor? “Não estruturalmente, mas sim funcionalmente – na forma como se conhece e trabalha com o próprio cérebro”, diz DeGutis.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Tiroteio na Alemanha faz pelo menos seis mortos e vários feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e várias ficaram feridas num tiroteio, esta sexta-feira, na cidade alemã de Rot am See. De acordo com vários media alemães, pelo menos seis pessoas morreram num tiroteio em Rot am …

IKEA aumenta salário de entrada dos trabalhadores para 700 euros

A IKEA aumentou o salário de entrada para trabalhadores a tempo inteiro de 650 euros para 700 euros brutos mensais, acima do salário mínimo nacional (635 euros), anunciou hoje a cadeia de venda de mobiliário. Em …

Mortes nos Comandos. Recruta diz que colocaram um cateter em Hugo Abreu já depois de estar morto

Rodrigo Silvano, o último recruta no curso 127 de Comandos a sair da tenda de enfermaria onde morreu Hugo Abreu no primeiro dia da Prova Zero, relatou ao tribunal que viu o enfermeiro do INEM …

Rafa inegociável. Benfica só vende por 80 milhões de euros

Rafa é inegociável. O Benfica só deixar sair o extremo de 26 anos pelo valor da sua cláusula de rescisão, que está fixada nos 80 milhões de euros. A notícia é avançada esta sexta-feira pelo Correio …

França é esta sexta-feira novamente palco de greve geral contra reforma das pensões

Os sindicatos franceses voltam à rua no 51.º dia de greve contra a reforma das pensões que é apresentada esta sexta-feira no Conselho de Ministros. Durante esta sexta-feira, não se espera o nível de paralisação …

Marcelo nada diz sobre eventual candidatura de Ana Gomes à Presidência da República

O Presidente da República recusou esta quinta-feira comentar, em Israel, uma possível candidatura presidencial da ex-eurodeputada do PS Ana Gomes. "Eu não faço comentários sobre a vida política portuguesa", justificou Marcelo Rebelo de Sousa, quando questionado …

Defeito nos travões força Metro do Porto a andar devagar. Falha foi detetada há um ano

O descarrilamento de um metro na estação de Campanhã foi provocado por um defeito nos patins eletromagnéticos. A avaria afeta vários veículos da frota do Metro do Porto. No passado dia 2 de janeiro, uma falha …

Soares da Costa acusada de ajudar hotel-fantasma a "sacar" 1,2 milhões de euros ao Estado

A Soares da Costa e dois ex-responsáveis de um dos maiores grupos de construção civil portugueses estão acusados de fraude e de branqueamento de capitais num processo judicial que envolve um hotel-fantasma, que nunca foi …

Chega vai organizar angariação de fundos para a pediatria do S. João (mas hospital não sabe de nada)

O partido Chega, liderado por André Ventura, vai realizar um jantar no Mercado Ferreira Borges, no Porto, esta sexta-feira, e anunciou que parte da receita reverte para o serviço de Oncologia Pediátrica do S. João. …

Isabel dos Santos também sai da Efacec. Era "o negócio mais vulnerável" da empresária em Portugal

A Efacec anunciou, nesta sexta-feira, que Isabel dos Santos decidiu "sair da estrutura accionista" da empresa, "com efeitos definitivos". Uma decisão que surge no âmbito do "Luanda Leaks" que implica a empresária no desvio de …