Cientistas “reiniciam” idade de células estaminais de uma mulher de 114 anos

As pessoas vivem mais de 110 anos, as supercentenárias, são notáveis não só pela sua idade, mas também por causa da sua incrível saúde. Agora, pela primeira vez, os cientistas reprogramaram células de uma mulher de 114 anos para células estaminais pluripotentes induzidas (iPSCs).

Devido à sua saúde, os supercentenários parecem ser resistentes a doenças como Alzheimer, doenças cardíacas e cancro que ainda afetam os centenários. No entanto, não se sabe porque é que algumas pessoas chegam a ser supercentenárias e outras não.

Pela primeira vez, cientistas do Stanford Burnham Prebys e AgeX Therapeutics, uma empresa de biotecnologia, conseguiram reprogramar células de uma supercentenária para células estaminais pluripotentes induzidas (iPSCs).

“Decidimos responder a uma grande pergunta: conseguimos reprogramar células tão antigas?”, explicou Evan Y. Snyder, professor e diretor do Centro de Células Estaminais e Medicina Regenerativa da Sanford Burnham Prebys, em comunicado. “Agora mostramos que isto pode ser feito e temos uma ferramenta valiosa para encontrar os genes e outros fatores que retardam o processo de envelhecimento”.

No estudo, os cientistas reprogramaram células sanguíneas de três pessoas diferentes – a mulher de 114 anos, um indivíduo saudável de 43 anos e uma criança de oito anos com progéria, uma condição que causa envelhecimento rápido – para iPSCs. Essas células foram transformadas em células estaminais mesenquimais, um tipo de célula que ajuda a manter e reparar os tecidos estruturais do corpo – osso, cartilagem e gordura.

De acordo com o estudo publicado em fevereiro na revista científica Biochemical e Biophysical Research Communications, os investigadores descobriram que as células supercentenárias transformam-se tão facilmente como as células das amostras saudáveis ​​e de progéria.

Os telómeros – tampas protetoras de ADN que diminuem à medida que envelhecemos – também foram redefinidos. Surpreendentemente, até os telómeros dos iPSCs supercentenários foram redefinidos para níveis juvenis, passando de 114 anos para os 0.

No entanto, a redefinição de telómeros em iPSCs supercentenárias ocorreu com menos frequência em comparação com outras amostras – indicando que o envelhecimento extremo pode ter alguns efeitos duradouros que precisam de ser superados para uma redefinição mais eficiente do envelhecimento celular.

Agora que os cientistas superaram um obstáculo tecnológico essencial, podem começar estudos para determinar o “segredo” dos supercentenários. Por exemplo, a comparação de células musculares derivadas de iPSCs saudáveis, iPSCs supercentenárias e iPSCs de progéria revelaria genes ou processos moleculares exclusivos dos supercentenários. Assim, poderiam ser desenvolvidos medicamentos que impeçam esses processos únicos ou imitam os padrões observados nas células supercentenárias.

“Porque é que os supercentenários envelhecem tão lentamente?”, disse Snyder. “Agora, estamos prontos para responder a essa pergunta de uma forma que ninguém foi capaz anteriormente”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área …

Aviões deixam de ter lotação reduzida a partir desta segunda-feira

Os aviões deixam, a partir desta segunda-feira, de ter a lotação de passageiros reduzida a dois terços, mas o uso de máscara comunitária é obrigatório. O Governo alinhou, assim, as regras nacionais pelas regras europeias no …

Marcelo pede que não se passe do "8 para o 80" e alerta para imagem do país

O Presidente da República reiterou hoje o apelo à população para que não se passe “do 8 para o 80” nas medidas de prevenção da covid-19, alertando para os riscos da imagem do país “cá …

Só metade das crianças deverá voltar ao pré-escolar esta segunda-feira

As crianças em idade pré-escolar regressam esta segunda-feira aos jardins de infância, que voltam a funcionar com novas regras, depois de encerradas durante mais de dois meses, devido à pandemia da covid-19. Apesar do regresso, que …

Dois astronautas (e um dinossauro de peluche) chegaram à EEI à boleia da SpaceX

Para além dos astronautas Doug Hurley e Bob Behnken, seguia a bordo da Crew Dragon um dinossauro de peluche com lantejoulas. E há uma explicação para isso. Este sábado, o foguetão Falcon 9, da SpaceX, fez …

Pescadores já podem capturar sardinha, mas recuo no consumo é uma preocupação

Os pescadores voltam a poder capturar sardinha, a partir desta segunda-feira, e até 31 de julho, com limites diários e semanais, segundo um despacho publicado em Diário da República. De acordo com o diploma, assinado pelo …

Madeirense contesta quarentena obrigatória em Tribunal (e há uma sentença que lhe dá razão)

Uma cidadã madeirense que chegou no domingo à Madeira e recusa cumprir quarentena num hotel entregou um pedido de ‘habeas corpus’ no Juízo de Instrução Criminal do Tribunal do Funchal. A acompanhar o pedido está …

Idade é o maior factor de risco para se ser internado ou morrer de covid-19

As pessoas com idades entre os 70 e os 79 anos infetadas pelo novo coronavírus têm uma probabilidade de ser internadas em cuidados intensivos 10,4 vezes superior à de uma pessoa até aos 50 anos. Os …

Turismo de Portugal tem 10 milhões para apoiar campanhas de empresas que promovam o país

O Turismo de Portugal tem dez milhões de euros, que vão servir para financiar iniciativas “de valorização, inovação e promoção do destino Portugal” até 2025. A dotação de dez milhões de euros, aprovada por despacho de …

"Perdi quase tudo no casino." Daniel Kenedy explica adeus ao futebol com o vício

O ex-futebolista Daniel Kenedy, que passou por clubes como Benfica, FC Porto, Marítimo e Sporting de Braga, revela que perdeu "quase tudo" no casino por causa do vício do jogo, apontando este problema como uma …