Cientistas já sabem de onde veio a “jangada” de rochas vulcânicas do Pacífico

NASA Earth Observatory / Joshua Stevens)

Em agosto, uma enorme “jangada” de pedra-pomes foi encontrada à deriva no Oceano Pacífico, a caminho da Austrália. Agora, os cientistas já sabem qual foi a sua origem.

Segundo o Science Alert, imagens de satélite mostram que a “jangada” de pedra-pomes foi produzida pela erupção de um vulcão subaquático a 50 quilómetros da costa da ilha Vava’u, no norte de Tonga.

No dia 6 de agosto, o satélite Sentinel-2, da Agência Espacial Europeia (ESA), capturou duas plumas vulcânicas na superfície do oceano. Esses anéis de fumo estavam localizados diretamente acima do Vulcão F, agora batizado com este nome pelos investigadores.

A equipa também recolheu dados de estações sísmicas, uma vez que a atividade vulcânica geralmente é acompanhada de atividade sísmica.

“Infelizmente, a densidade dessas estações na região é muito baixa. Houve apenas duas que registaram sinais sísmicos de uma erupção vulcânica. Porém, os seus dados são consistentes em como o Vulcão F foi a origem”, afirma o geólogo Philipp Brandl, do GEOMAR, na Alemanha, e um dos autores do estudo publicado no Journal of Volcanology and Geothermal Research.

Usando um multibeam echosounder — um tipo de sonar usado para mapear o fundo do mar —, os cientistas já tinham pesquisado a zona ao redor do vulcão durante dezembro de 2018 e janeiro deste ano. Os dados revelaram uma grande caldeira vulcânica central que mede cerca de oito por seis quilómetros, com uma base de 700 metros abaixo da superfície.

(dr) Brandl et al., J. Volcanol. Geotherm. Res., 2019

Inicialmente, a “jangada” de pedra-pomes produzida pelo Vulcão F media 136,7 quilómetros quadrados, embora posteriormente tenha flutuado um pouco. O volume mínimo estimado de pedra-pomes é de 8,2 milhões a 41 milhões de metros cúbicos.

Esta enorme “jangada” está atualmente à deriva na costa nordeste da Austrália, onde se encontra a Grande Barreira de Corais. Este é um fator empolgante para os cientistas porque é provável que dê aos recifes uma nova vida, levando consigo novos corais, algas, caranguejos, caracóis e vermes.

A descoberta de que o Vulcão F produziu a pedra-pomes é outra peça do puzzle. Embora só tenha sido agora batizado, o vulcão foi descoberto em 2001, depois de expelir uma grande quantidade de pedra-pomes durante uma erupção nesse ano.

Essa “jangada” demorou cerca de um ano a chegar à costa leste da Austrália, em outubro de 2002, com rochas cobertas de algas, crustáceos marinhos e outras espécies. De acordo com o mesmo site, os detritos da erupção deste ano devem chegar mais rapidamente: com base na sua velocidade, estima-se que atinja a Grande Barreira de Corais no final de janeiro ou no início de fevereiro de 2020.

Graças à sua aparente importância para a ecologia marinha — e porque o vulcão parece ser muito ativo — os investigadores esperam, quando chegar a terra firme, recolher algumas amostras para estudar a geoquímica da pedra-pomes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …