Cientistas identificam o João Pestana – e como controla o sono

Um grupo de cientistas identificou o mecanismo que desliga os neurónios com a função do sono e permite acordar, revelou um investigador português que participou no estudo.

“Neste estudo identificamos o mecanismo pelo qual a dopamina atua nestes neurónios de forma a desligar a função do sono e acordarmos”, explicou à agência Lusa o investigador Diogo Pimentel, neuro-cientista da Universidade de Oxford.

Os resultados da investigação, liderada pelo professor Gero Miesenböck, da Universidad de Oxford, foram publicados na revista Nature, e descrevem “dois mecanismos distintos para a dopamina actuar”.

Um dos mecanismos actua num espaço de tempo relativamente curto, por exemplo “quando alguém acorda com um ruído forte, vê o que se passa e volta a adormecer imediatamente”.

O outro mecanismo actua “quando é necessário acordar e manter-se acordado por um período de tempo mais longo”, explica Diogo Pimentel.

“Aí entra a identificação do gene que descrevemos no estudo, a proteína sandman — expressão anglo-saxónica equivalente ao João Pestana português”, diz.

“A sandman cria uma interrupção do sono mais ou menos permanente – o que leva a estarmos acordados de uma forma mais persistente”, acrescenta o investigador.

A função deste gene, estudado em moscas, era desconhecida, mas a partir de agora sabe-se que tem a função de desligar os neurónios que comandam o sono.

“É uma proteína ou canal iónico – e se o retirarmos das células que comandam o sono as moscas passam a dormir mais de 20 horas por dia“, resumiu Diogo Pimentel.

O investigador português da área das neuro-ciências explica que um mecanismo ainda não identificado faria o reverso.

“Durante o dia, quando estamos acordados, alguma coisa faz voltar a activar estes neurónios para podermos voltar a dormir”, explicou.

Assim, “se conseguirmos descobrir agora quais os sinais internos no cérebro que voltam a reverter este processo, estamos um passo mais perto de descobrir porque é que precisamos de dormir“, aponta o cientista.

O sono é regulado através de dois mecanismos independentes: o sistema circadiano, através do qual o corpo se sincroniza com o ritmo do dia e da noite, predispondo-se a estar acordado com a luz e a dormir com a escuridão, e o sistema homeostático, sensível à actividade desenvolvida durante o dia e ao momento em que é necessário descansar.

Mas, enquanto o sistema circadiano é bastante conhecido e compreendido, muito pouco se sabe ainda sobre o sistema homeostático, explica uma nota da Universidade de Oxford.

Segundo Diogo Pimentel, o ponto de partida para este trabalho foi perceber a necessidade de dormir todas as noites, levando as pessoas a passar um terço da vida a dormir.

“Há um custo enorme, custa-nos o tempo, estamos desligados do mundo exterior, estamos vulneráveis”, diz o investigador.

“Mas o motivo pelo qual precisamos de dormir continua um mistério”, conclui Pimentel, “e é aliás um dos grandes mistérios das neuro-ciências“.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Donald Trump partilha imagem da Trump Tower na Gronelândia

Donald Trump prometeu não construir uma Trump Tower na Gronelândia, o território autónomo da Dinamarca que quer comprar por ser um “grande negócio imobiliário”. A fotomontagem foi publicada no Twitter pelo Presidente dos Estados Unidos. A …

Dia vira noite. Às 15 horas já estava escuro em São Paulo

Uma frente fria encontrou-se com uma massa de ar que continha partículas de incêndios florestais da região da Amazónia. O choque de temperatura entre as duas massas, teve como resultado o escurecimento do dia. Durante a …

Zé Luís rejeitou salário três vezes mais alto para vir para o FC Porto

Com a ambição de representar o FC Porto, Zé Luís teve de fazer sacrifícios a nível financeiro. O cabo-verdiano rejeitou uma proposta da China com um salário muito mais alto. Zé Luís parece começar a justificar …

Motorista que conduziu Marcelo entre Lisboa e Porto mandou um e-mail. Foi investigado como "ameaça ao Estado"

O Governo recebeu um email a avisar que a greve dos motoristas ia provocar o caos, fazendo parar muitos serviços - e lembrando que assim caiu um governo no Chile. O executivo receou que fosse uma …

Marinho e Pinto quer Pardal Henriques como deputado do Partido Democrático Republicano

Ainda que não tenha confirmado Pedro Pardal Henriques como um dos cabeça-de-lista do partido que fundou, Marinho e Pinto não poupou elogios ao advogado do Sindicato de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) . “Seria um …

TAP vai deixar de contar para o défice orçamental

A 15 dias das eleições legislativas, o défice orçamental de 2018 vai ser revisto em baixa. Em causa estão os prejuízos da TAP que deixam de influenciar as contas nacionais. A alteração será comunicada a duas …

Imigrantes desesperam com atrasos no SEF. Bloco questiona Governo

As marcações para atendimento no SEF estão suspensas até ao final deste ano e não existem datas disponíveis nem agenda definida para 2020, levando muitos imigrantes a ficar em risco de irregularidade. A espera para conseguir …

Rui Rio esteve de cócoras a confecionar tapetes em Viana do Castelo. Mas quer país governado “bem de pé”

O líder do PSD, Rui Rio, esteve “de cócoras” a confecionar tapetes floridos em Viana do Castelo, na noite de segunda-feira, assumindo que aquela posição é desaconselhada para governar o país. Duzentos metros ao lado, António …

Empresa está há 12 anos à espera que o Fisco lhe devolva 86 mil euros

Uma empresa do sector alimentar está há 12 anos à espera que o Fisco lhe devolva 86 mil euros de uma caução paga no âmbito de uma queixa que apresentou contra a Autoridade Tributária (AT). …

Há medicamentos esgotados há mais de um ano. Doentes estão sem alternativas

Há várias farmácias com os medicamentos esgotados, segundo os dados que a Associação Nacional de Farmácias (ANF). Os hipertensos são dos que mais preocupam. Quem sofre de hipertensão e é medicado com Adalat tem, há pelo …