Cientistas modificaram os genes de tomates (e agora vão poder ser cultivados no Espaço)

Milhões de colheitas todos os anos exigem a extração de terras e a adição de fertilizantes excessivos que correm para rios e ribeiros. Agora, cientistas criaram tomates modificados geneticamente para serem cultivados nas cidades – e até no Espaço.

No início deste ano, o Painel Intergovernamental das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (IPCC) alertou que mais de 500 milhões de pessoas vivem da terra, já degradadas pela desflorestação, mudanças nos padrões climáticos e uso excessivo de terras agrícolas viáveis.

Uma mudança de uma parte do fardo da atividade da agricultura das áreas rurais para zonas urbanas e outras áreas está a ser trabalhada por uma instituição de investigação sem fins lucrativos chamada Cold Spring Harbor Laboratory, que está a projetar “tomates para agricultura urbana”.

Estas frutas são geneticamente modificadas e parecem um ramos de rosas que foram substituídas por tomates-cereja maduros. De acordo com um comunicado do laboratório, os tomates crescem muito rápido e estão prontos para a colheita em menos de 40 dias. Além disso, são amigos do ambiente.

O professor do Cold Spring Harbor Laboratory e investigador do Howard Hughes Medical Institute, Zach Lippman, e a sua equipa criaram os novos tomates ajustando dois genes que controlam a mudança do crescimento reprodutivo e o tamanho da planta, os genes SELF PRUNING (SP) e SP5G, que fizeram com que a planta parasse de crescer mais cedo e que as flores e frutos surgissem mais cedo.

Porém, os cientistas sabiam que alterar muito estes genes, mexeria no seu sabor e rendimento. Assim, a equipa descobriu recentemente o gene SIER, que controla o comprimento das hastes. A mutação do SIER com a ferramenta de edição de genes CRISPR e a combinação com as mutações nos outros dois genes criaram caules mais curtos e plantas extremamente compactas.

Estes tomates geneticamente modificados podem ser cultivados com eficiência em espaços urbanos apertados, como jardins verticais e unidades de armazenamento com facilidade e podem ser colhidos rapidamente.

Além disso, Lippman planeia reformular esta técnica, publicada na revista científica Nature Biotechnology, para produzir outras culturas frutíferas, como kiwis. O investigador garantiu que a NASA já expressou o seu interesse pela investigação e acredita que os astronautas podem testar as suas habilidades de agricultura com tomates urbanizados e com preços espaciais.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …

Cirque du Soleil despediu 95% dos trabalhadores e pode ir à falência (mas vai dando shows online)

O Cirque du Soleil pode ser mais uma vítima do coronavírus. A empresa que gere o circo está a analisar a possibilidade de declarar a falência devido a dívidas avultadas e depois de ter despedido …

Ordem dos Médicos está a avaliar uso de medicamento não testado para travar Covid-19

Portugal pode tornar-se no segundo país do mundo a usar hidroxicloroquina como forma de prevenção de Covid-19. A Ordem dos Médicos (OM) estará a estudar essa possibilidade, de acordo com o Expresso. O semanário refere que …