Cientistas garantem que a gorila Koko quer mesmo falar

The Gorilla Foundation

Robin Williams com Koko em 2001

Koko, a gorila que se tornou famosa em todo o mundo por usar uma linguagem de sinais para tentar comunicar, pode estar a tentar fazer o impossível: falar.

De acordo com o canal História, o estudo desenvolvido por investigadores da Universidade de Wisconsin-Madison, levou a que chegassem a esta conclusão depois de uma análise aos seus sinais de discurso.

Através de 71 horas de filmagens, durante as quais a gorila toca um instrumento ou finge falar ao telefone, Koko revela 9 tipos de comportamento que exigem “controlo sobre a sua vocalização e a sua respiração”, um fenómeno que não é muito normal nestes animais.

Koko é uma gorila-ocidental-das-terras-baixas, com 44 anos de idade, e até já foi apelidada como “a gorila mais inteligente do mundo”.

A fêmea usa mais de 1000 sinais da linguagem gestual americana para tentar comunicar com os seus tratadores e aprendeu, depois de muitos anos de treino, a perceber a língua inglesa.

O estudo, publicado na revista Animal Cognition, sugere que os macacos podem estar mais perto da comunicação verbal do que aquilo que se pensava.

“Tradicionalmente, muitos cientistas achavam que os macacos tinham capacidades vocais extremamente limitadas”, explica Marcus Perlman, o autor da pesquisa, ao Huffington Post. Porém, depois da análise exaustiva a Koko, os investigadores consideram que nem só os humanos tem a capacidade de falar.

O comportamento da gorila foi voluntário e pode ser explicado por viver com humanos toda a vida, no jardim zoológico de San Francisco, nos Estados Unidos.

O investigador defende que não quer dizer que todos os outros animais da sua espécie não o consigam fazer, simplesmente o ambiente nunca os motivou para este tipo de aprendizagem.

“Provavelmente, ela é mais dotada do que os outros gorilas. A diferença está nas circunstâncias do seu ambiente. Obviamente não se veem coisas destas em populações selvagens”, declara Perlman.

O ano passado, Koko teve outra atitude que surpreendeu tudo e todos. Depois de saber que Robin Williams tinha falecido, conta o Mirror, a gorila chorou e ficou “quieta” e “pensativa” o resto do dia. O consagrado ator, vencedor de um Óscar, era presidente honorário da The Gorilla Foundation e descrevia Koko como uma gorila “inesquecível”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Com a convivência por perto com os humanos estes animais poderão estar mais perto de um dia virem a atingir essa perfeição, certamente que os humanos passaram por fases idênticas.

    • Então e porque não se vê os macaquinhos e até mesmo os gorilas de hoje em dia a “evoluirem” como nós, já que evoluímos dos macacos?! Será que havia nessa altura outros seres humanos com quem pudessem aprender a falar e daí evoluímos nós?!
      E olhe, que eu acredito na evolução das espécies! Só não acredito na história muito mal contada do SER HUMANO. Aliás, toda a nossa história mundial está mal contada, um dia saber-se-á a verdade.

Responder a Vasco Cancelar resposta

A caminho da destruição. Encontrado exoplaneta que orbita a sua estrela em apenas 18 horas

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram um exoplaneta com o mais pequeno período orbital de qualquer exoplaneta conhecido. Chamado de NGTS-10b, o recordista completa uma rotação em torno da sua estrela em apenas 18 horas. O …

Como seria o Universo sem matéria escura? Os cientistas simularam-no (e ficaram surpreendidos)

Há quase meio século que os astrónomos estão convencidos de que a maior parte do Universo é formado por matéria escura, invisível para os nossos instrumentos e que só conseguimos detetar através da gravidade. Mas …

Estes pássaros evitam comida nojenta após terem visto vídeos no computador

Aves capturadas por uma equipa de investigadores finlandesa aprenderam a evitar certos alimentos após terem assistido a vídeos de outros pássaros a comer essas mesmas comidas e a reagir negativamente. Os cientistas capturaram 39 espécimes de …

Mitsubishi apresenta solução para escritórios stressantes: claraboias virtuais

Se depender da Mitsubishi, a cultura de trabalho do Japão vai ficar menos stressante e depressiva, graças à sua mais recente invenção. A divisão de equipamentos elétricos da gigante japonesa Mitsubishi lançou um sistema de claraboia …

FC Porto 1-0 Portimonense | Génio de Telles garante triunfo

O FC Porto sofreu bastante para vencer o Portimonense, 17º classificado da Liga NOS, por 1-0. Naturalmente dominadores e donos da iniciativa atacante desde os primeiros minutos, os “dragões” terminaram com uma superioridade estatística à prova …

Vulcões de gelo surgem nas margens de um lago gelado nos Estados Unidos

As estranhas e inusitadas formações de gelo surgem quando as temperaturas atingem valores muito baixos, e proporcionam um verdadeiro espetáculo nas margens do lago Michigan, nos Estados Unidos. No dia 16 de fevereiro, funcionários do Serviço …

Pela primeira vez, átomos são capturados de forma individual

Naquela que é uma estreia na física quântica, investigadores "mantiveram" átomos individuais no lugar e observaram interações atómicas complexas nunca antes vistas. Pela primeira vez na física quântica, investigadores conseguiram "segurar" átomos individuais num local fixo …

Sporting 2-0 Boavista | Plata fez xeque-mate às panteras

O Sporting venceu e convenceu. Os “leões” venceram neste domingo o Boavista por 2-0, num duelo relativo à 22ª jornada da Liga NOS. Numa espécie de jogo de xadrez, os comandados de Jorge Silas fizeram xeque-mate …

Exército sem candidatos suficientes para preencher 70 vagas

O Exército português abriu um concurso, em janeiro, para preencher 70 vagas para oficiais contratados. Pela primeira vez, não teve candidaturas suficientes: recebeu 145, quando devia ter recebido pelo menos 304. De acordo com o jornal …

Recuperados novos artefactos do HMS Erebus, um dos navios que se perdeu no Ártico há 170 anos

Uma equipa de investigadores continua a tentar resolver o mistério do misterioso desaparecimento da expedição de Sir John Franklin em busca da Passagem Noroeste. Agora, os arqueólogos subaquáticos revelam mais de 350 artefactos recém-recuperados do HMS …