Cientistas garantem que a gorila Koko quer mesmo falar

The Gorilla Foundation

Robin Williams com Koko em 2001

Koko, a gorila que se tornou famosa em todo o mundo por usar uma linguagem de sinais para tentar comunicar, pode estar a tentar fazer o impossível: falar.

De acordo com o canal História, o estudo desenvolvido por investigadores da Universidade de Wisconsin-Madison, levou a que chegassem a esta conclusão depois de uma análise aos seus sinais de discurso.

Através de 71 horas de filmagens, durante as quais a gorila toca um instrumento ou finge falar ao telefone, Koko revela 9 tipos de comportamento que exigem “controlo sobre a sua vocalização e a sua respiração”, um fenómeno que não é muito normal nestes animais.

Koko é uma gorila-ocidental-das-terras-baixas, com 44 anos de idade, e até já foi apelidada como “a gorila mais inteligente do mundo”.

A fêmea usa mais de 1000 sinais da linguagem gestual americana para tentar comunicar com os seus tratadores e aprendeu, depois de muitos anos de treino, a perceber a língua inglesa.

O estudo, publicado na revista Animal Cognition, sugere que os macacos podem estar mais perto da comunicação verbal do que aquilo que se pensava.

“Tradicionalmente, muitos cientistas achavam que os macacos tinham capacidades vocais extremamente limitadas”, explica Marcus Perlman, o autor da pesquisa, ao Huffington Post. Porém, depois da análise exaustiva a Koko, os investigadores consideram que nem só os humanos tem a capacidade de falar.

O comportamento da gorila foi voluntário e pode ser explicado por viver com humanos toda a vida, no jardim zoológico de San Francisco, nos Estados Unidos.

O investigador defende que não quer dizer que todos os outros animais da sua espécie não o consigam fazer, simplesmente o ambiente nunca os motivou para este tipo de aprendizagem.

“Provavelmente, ela é mais dotada do que os outros gorilas. A diferença está nas circunstâncias do seu ambiente. Obviamente não se veem coisas destas em populações selvagens”, declara Perlman.

O ano passado, Koko teve outra atitude que surpreendeu tudo e todos. Depois de saber que Robin Williams tinha falecido, conta o Mirror, a gorila chorou e ficou “quieta” e “pensativa” o resto do dia. O consagrado ator, vencedor de um Óscar, era presidente honorário da The Gorilla Foundation e descrevia Koko como uma gorila “inesquecível”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Com a convivência por perto com os humanos estes animais poderão estar mais perto de um dia virem a atingir essa perfeição, certamente que os humanos passaram por fases idênticas.

    • Então e porque não se vê os macaquinhos e até mesmo os gorilas de hoje em dia a “evoluirem” como nós, já que evoluímos dos macacos?! Será que havia nessa altura outros seres humanos com quem pudessem aprender a falar e daí evoluímos nós?!
      E olhe, que eu acredito na evolução das espécies! Só não acredito na história muito mal contada do SER HUMANO. Aliás, toda a nossa história mundial está mal contada, um dia saber-se-á a verdade.

RESPONDER

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …

Descobertas sete novas aranhas-pavão. E uma parece um quadro de Van Gogh

Foram encontradas sete novas espécies de aranha do género Maratus. E há uma que se destaca por se parecer com "A Noite Estrelada", famoso quadro de Vincent Van Gogh. Nos últimos anos, as aranhas-pavão (do género Maratus) …

Estado de emergência no México suspende produção de cerveja Corona

Nem toda a publicidade é boa publicidade. Que o diga a cerveja mexicana Corona que, em tempos de pandemia, partilha o nome com o vírus de que já ninguém quer ouvir falar. Segundo o jornal The …

Gás natural pode transformar Moçambique no "Qatar de África" (se os jihadistas deixarem)

A descoberta de gás natural em Moçambique é vista como uma grande esperança para o país que, à boleia dos avultados investimentos que está a receber de grandes multinacionais, sonha tornar-se no "Qatar de África". …

Afinal, os 1.000 ventiladores doados por Elon Musk podem não ser completamente inúteis

Elon Musk, CEO da Tesla, doou mil ventiladores do tipo errado a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Agora, afinal, os ventiladores vão poder ser usados em casos de …

Cientistas preveem quatro grandes furacões no Atlântico em 2020

Cientistas da Universidade Estadual do Colorado, nos Estados Unidos, preveem que se formem quatro grandes furacões no Oceano Atlântico em 2020. De acordo com os especialistas, estes quatro furacões serão de categoria 3 a 5 na …

Neymar doa 870 mil euros para luta contra a pandemia no Brasil

O futebolista internacional brasileiro Neymar doou cerca de 870 mil euros para a luta contra a pandemia covid-19 no seu país, revelou esta sexta-feira o canal SBT. Segundo a estação de televisão brasileira, o contributo de …

França confiscou quatro milhões de máscaras destinadas a Espanha e Itália

As autoridades francesas apreenderam quatro milhão de máscaras que uma empresa sueca transportava da China para a Espanha e Itália no início do mês. A disputa diplomática foi revelada na quarta-feira pela revista francês L'Express. Segundo …

Sobe para 52 o número de elementos da PSP infetados

Subiu esta sexta-feira para 52 o número de elementos da PSP infetados com covid-19, revelou esta força de segurança, dando conta que está a ser assegurado apoio psicológico a todos os polícias com 30 profissionais. Em …