Cientistas estão a “transformar” vacas em zebras para salvar o ambiente

Kojima et al. / PLOS ONE

Pode parecer um visual estranho, mas um novo estudo de investigadores japoneses mostra que talvez valha a pena pintar vacas, fazendo com que se pareçam com zebras.

Estudos anteriores mostraram que as riscas a preto e branco podem proteger zebras, outros animais e seres humanos de picadas de moscas, bem como outras criaturas sugadoras de sangue.

Experiências demonstraram mesmo que estas moscas tendem a evitar superfícies listradas a preto e branco, enquanto outros estudos sugerem que as listras podem causar um tipo de camuflagem de movimento direcionada à visão dos insetos, confundindo-as da mesma forma que ilusões de ótica como a A Ilusão de Barberpole e o Efeito da Roda de Vagão nos confundem.

Agora, um estudo, publicado este mês na revista especializada PLOS ONE, procurou descobrir se isto também pode ser aplicado a vacas. Os invetsigadores japoneses pintaram riscas ao estilo zebra num grupo de vacas, riscas pretas (em corpos pretos) noutro e deixaram outras vacas sem pintura como vacas de controlo.

Os cientistas observaram as vacas e procuraram comportamentos repelentes à mosca (arremessos de cabeça, batidas nos ouvidos, batidas nas pernas, espasmos na pele e movimentos da cauda) e o número de moscas pousando em seus corpos foi contado.

Verificou-se que mais de 50% das vacas-zebra tinham menos moscas sugadoras de sangue nos seus corpos do que as do grupo de controlo, sem diferenças significativas entre as vacas com listras pretas e os controlos. Os investigadores também se aperceberam de uma diminuição de 20% no comportamento de repelir moscas nas vacas-zebra. Menos moscas pousavam nelas e as vacas eram menos incomodados por elas.

A equipa acredita que, se os resultados puderem ser replicados, faixas artificiais poderão ser usadas como uma maneira de combater moscas sugadoras do que o uso de pesticidas tradicionais. Além de serem mais baratas, recorda o IFLScience, as faixas artificiais são atóxicas e saudáveis ​​para o gado, além de serem melhores para o meio ambiente.

“Moscas sugadoras são pragas graves de gado que causam perdas económicas na produção animal”, de acordo com os autores. “Descobrimos que pintar riscas tipo zebra em vacas pode diminuir a incidência de moscas sugadoras a pousar em indivíduos em 50%. Este trabalho fornece uma alternativa ao uso de pesticidas convencionais para mitigar ataques de moscas no gado, melhorando o bem-estar animal e a saúde humana, além de ajudar a resolver o problema da resistência a pesticidas no ambiente”.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. As desculpas que se dão para mentir. E ainda a mesclagem utilizada para justificar a aberração. Depois admirem-se das consequências…

  2. O estudo foi feito por invetsigadores, porque este tipo de pessoas são ‘in’, isto é, estão na crista da onda, são ‘vet’, ou seja, são especializados em medicina veterinária, e são ‘sigadores’, que são sugadores, tal como as moscas de que fala o artigo, que após desempenhar a sua função chupista, soltam um sonoro ‘SIGA!!!’ e partem para outra.
    Se tiverem mais alguma dúvida, podem perguntar, que se um dia eu aqui retornar, respondo.

  3. …..tem piada que, há pouco tempo, num zoo, alguém lembrou-se de pintar de zebra, uma manada de zebras para enganar turistas. E o “golpe” não resultou porque os verdadeiros burros esqueceram-se de avisar os “primos”, para estarem calados!!

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …