Cientistas descobrem linfócitos que permitem reduzir tamanho de tumores

Rita Elena Serda, NIH / Flickr

Célula cancerígena (a branco) a ser atacada por dois linfócitos T citotóxicos (a vermelho) num processo natural de resposta imune

Cientistas da Universidade de Genebra descobriram que alguns linfócitos T com um receptor específico permitem reduzir o tamanho de tumores.

Os linfócitos T são células-chave na resposta imunológica e o seu papel é identificar células infectadas ou cancerígenas para que possam ser destruídas. Portanto, entender como funcionam e como aproveitá-los para lutar contra o cancro é essencial para desenvolver novos tratamentos imunológicos.

Ao descobrir em alguns linfócitos um receptor que pode ser controlado por um factor de crescimento de tumores, os cientistas identificaram um conjunto de células capazes de reduzir o tamanho de tumores.

O neuroimunologista e especialista em esclerose múltipla, Patrice Lalive, descobriu que alguns linfócitos T CD8 citotóxicos, especialmente presentes em inflamações relacionadas com tumores, contêm o receptor c-Met.

O C-met é um receptor localizado principalmente em células epiteliais e é vital para o desenvolvimento embrionário e a regeneração de tecidos.

“O receptor HGF é um fator de crescimento celular que pode converter-se em oncogénico se houver uma ativação anormal do c-Met, que é o que faz com que o HGF seja detectado tantas vezes em tumores metastáticos”, explicou a Universidade de Genebra.

Os cientistas examinaram se as células que expressam o receptor poderiam ter um efeito e determinaram que, numa situação patológica, os linfócitos relevantes conseguiram reduzir o tamanho de tumores.

“Ao estimular e depois injetar estes linfócitos que levam o receptor em questão em cobaias doentes conseguimos reduzir o tamanho de tumores”, explicou Lalive, acrescentando que, se o receptor for regulado, o tumor volta com maior intensidade.

Os cientistas determinaram também que a ação contra o tumor de linfócitos CD8 – que diminuem a atividade de outros tipos de linfócitos – com o c-Met é mais eficaz que a dos linfócitos que não contêm este receptor, mas assinalaram que são minoritários.

Já existem tratamentos baseados em bloquear a ativação do c-Met em células cancerígenas, mas ao identificar o receptor em alguns linfócitos CD8 “podemos projetar novas vias ao estimular estes linfócitos equipados com receptores c-Met”, explicou o professor Dietrich, que participou no estudo.

Os cientistas têm agora que demonstrar que esta descoberta existe nos outros tipos de cancro e confirmar a sua presença em células humanas.

EFE ZAP // EFE

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

A tecnologia ressuscitou o "plágio" de escritores medievais

Os trabalhos de autores medievais foram "ressuscitados" com a tecnologia do século XXI numa inesperada colaboração na Universidade de St Andrews, na Escócia. Um arquivo das obras de autores ingleses medievais, que revelava uma visão internacional …

Num cenário apocalíptico, a espécie humana poderia sobreviver "com populações na casa das centenas"

Cientistas de todo o mundo debruçam-se sobre a preparação das populações (e de abrigos) para sobreviver a um possível apocalipse. Para o antropólogo Cameron Smith, não seria necessário um número muito elevado de pessoas, desde …

Príncipe Harry diz que viver com a família real é "uma mistura entre o Truman Show e estar num zoo"

Depois de uma entrevista a Oprah Winfrey, o duque de Sussex faz novas revelações numa nova entrevista e descreve como era a sua vida antes de ir viver, primeiro para o Canadá e, depois, para …

Pentear o cabelo pode tornar-se uma tarefa mais fácil com a ajuda de um robô

Uma equipa de cientistas desenvolveu recentemente um braço robótico com uma escova de cabelo macia, equipada com uma câmara que ajuda o braço a "ver" e a avaliar a ondulação, para oferecer ao utilizador uma …

Benfica 4-3 Sporting | Águia vence dérbi espectacular

Mas que grande dérbi! Benfica e o novo campeão Sporting presentearam os adeptos com um jogo espectacular, um dos melhores dos últimos anos em Portugal, com futebol de ataque e golos, muitos golos. Foram nada menos …

Portugal é o 2.º país com mais divórcios e menos casamentos na UE

A taxa de casamentos na União Europeia caiu drasticamente nos últimos 55 anos, ao mesmo tempo que a taxa de divórcios subiu. Portugal é o segundo país onde esta tendência mais prevalece. De acordo com dados …

"É parte da nossa identidade". Pequena cidade na Suécia luta para preservar uma antiga língua moribunda

A organização Ulum Dalska, sediada numa pequena cidade sueca chamada Älvdalen, tem uma missão. Durante décadas, os seus membros têm trabalhado arduamente para ajudar a salvar a língua elfedaliana, um remanescente do nórdico antigo. "Tivemos a …

Papa diz que abuso infantil é uma espécie de “assassinato psicológico”

O Papa Francisco criticou hoje o abuso infantil dizendo que é “uma espécie de ‘assassinato psicológico’ e, em muitos casos, um cancelamento da infância” e pediu para “parar de encobrir” o fenómeno da pedofilia. Francisco falava …

Jerónimo considera “precipitado” discutir Orçamento de 2022 e “deitar borda fora” o atual

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou hoje “no mínimo precipitado” antecipar a posição do partido sobre o próximo Orçamento do Estado e “deitar borda fora” a concretização do atual. À margem de uma visita …

Plano da CIA para capturar Bin Laden originou um problema de saúde pública no Paquistão

Um novo estudo indica que um plano secreto da CIA para capturar Osama Bin Laden, no início de 2011, teve como consequência uma queda significativa das taxas de vacinação no Paquistão. O plano, que usava uma …