Cientistas descobrem linfócitos que permitem reduzir tamanho de tumores

Rita Elena Serda, NIH / Flickr

Célula cancerígena (a branco) a ser atacada por dois linfócitos T citotóxicos (a vermelho) num processo natural de resposta imune

Cientistas da Universidade de Genebra descobriram que alguns linfócitos T com um receptor específico permitem reduzir o tamanho de tumores.

Os linfócitos T são células-chave na resposta imunológica e o seu papel é identificar células infectadas ou cancerígenas para que possam ser destruídas. Portanto, entender como funcionam e como aproveitá-los para lutar contra o cancro é essencial para desenvolver novos tratamentos imunológicos.

Ao descobrir em alguns linfócitos um receptor que pode ser controlado por um factor de crescimento de tumores, os cientistas identificaram um conjunto de células capazes de reduzir o tamanho de tumores.

O neuroimunologista e especialista em esclerose múltipla, Patrice Lalive, descobriu que alguns linfócitos T CD8 citotóxicos, especialmente presentes em inflamações relacionadas com tumores, contêm o receptor c-Met.

O C-met é um receptor localizado principalmente em células epiteliais e é vital para o desenvolvimento embrionário e a regeneração de tecidos.

“O receptor HGF é um fator de crescimento celular que pode converter-se em oncogénico se houver uma ativação anormal do c-Met, que é o que faz com que o HGF seja detectado tantas vezes em tumores metastáticos”, explicou a Universidade de Genebra.

Os cientistas examinaram se as células que expressam o receptor poderiam ter um efeito e determinaram que, numa situação patológica, os linfócitos relevantes conseguiram reduzir o tamanho de tumores.

“Ao estimular e depois injetar estes linfócitos que levam o receptor em questão em cobaias doentes conseguimos reduzir o tamanho de tumores”, explicou Lalive, acrescentando que, se o receptor for regulado, o tumor volta com maior intensidade.

Os cientistas determinaram também que a ação contra o tumor de linfócitos CD8 – que diminuem a atividade de outros tipos de linfócitos – com o c-Met é mais eficaz que a dos linfócitos que não contêm este receptor, mas assinalaram que são minoritários.

Já existem tratamentos baseados em bloquear a ativação do c-Met em células cancerígenas, mas ao identificar o receptor em alguns linfócitos CD8 “podemos projetar novas vias ao estimular estes linfócitos equipados com receptores c-Met”, explicou o professor Dietrich, que participou no estudo.

Os cientistas têm agora que demonstrar que esta descoberta existe nos outros tipos de cancro e confirmar a sua presença em células humanas.

ZAP // EFE

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Vírus detetado na China pode já ter infetado mais de mil pessoas

O número de pessoas infetadas com um vírus que matou duas pessoas na China ultrapassa provavelmente o milhar de casos e é muito superior àquele avançado pelas autoridades locais, segundo investigadores britânicos. Num artigo publicado, esta …

Joacine Katar Moreira não vai renunciar ao cargo de deputada

O IX Congresso para eleger os novos órgãos do Livre começa, este sábado, em Lisboa. A única deputada do partido na Assembleia da República já disse que não vai renunciar ao cargo. À chegada ao IX …

Cabeceamentos no futebol podem ser proibidos ou limitados. O problema é o risco de demência

A Federação escocesa de futebol prepara-se para proibir os cabeceamentos nos escalões com menores de 12 anos.  Em Inglaterra, fala-se em limitar este gesto futebolístico que foi associado a doenças neuro-degenerativas em vários estudos científicos. …

Fenómeno cerebral desvenda enigma sobre as casas do Neolítico

O comportamento humano está influenciado por aspetos inconscientes. Um deles é um fenómeno da perceção conhecido entre psicólogos como a negligência espacial cerebral. Este fenómeno refere-se à observação de que as pessoas saudáveis preferem o seu …

Justiça do Mónaco investiga José Eduardo dos Santos e Isabel dos Santos

As autoridades do Mónaco estarão a investigar a empresária angolana, assim como o seu pai e o seu marido, pelo crime de branqueamento de capitais. De acordo com o semanário Expresso, as autoridades judiciais do Mónaco …

Depressão Glória atinge Portugal continental com vento forte

A depressão Glória está a caminho. Segundo o Instituto Português do Mar e Atmosfera, no domingo, esperam-se rajadas de vento que podem atingir os 110 quilómetros por hora nas terras altas. A depressão Glória vai passar …

Governo não renova PPP do Hospital de Loures

O Estado não vai renovar a atual parceria público-privada (PPP) do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, que é gerido pelo grupo Luz Saúde, anunciou a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo …

Cientistas podem ter descoberto por que Beethoven ficou surdo

Ludwig van Beethoven começou a notar dificuldades de audição em 1798, com 28 anos. Com 44 ou 45, estava totalmente surdo. Aos 56 anos, o músico morreu e, até hoje, ainda não se sabe …

Tochas em Alvalade. Liga pede reunião de urgência ao MAI

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) solicitou, esta sexta-feira, uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, na sequência dos incidentes no encontro entre Sporting e Benfica. "A Liga Portugal lamenta profundamente …

Moody’s mantém rating de Portugal acima do "lixo"

A agência de rating norte-americana manteve, esta sexta-feira, a notação financeira de Portugal em “Baa3”, acima de lixo, e a perspetiva em positiva. De acordo com um comunicado no site da agência, a Moody's assinala que …