Cientistas continuam perplexos com misteriosos “sinais de rádio extraterrestres”

As misteriosas rajadas rápidas de rádio, potenciais “sinais extraterrestres”, não são acompanhadas por fluxos de neutrino, o que as torna ainda mais enigmáticas, de acordo com os astrónomos.

Num artigo publicado no Astrophysical Journal, Justin Vandenbroucke da Universidade de Wisconsin-Madison (EUA) afirmou que “neutrinos e rajadas rápidas de rádio são os dois enigmas mais interessantes do Universo neste momento. Acreditamos que possam estar ligados entre si. No entanto, tal ligação não existe, o que indica que buracos negros e erupções de raios gama não sejam as fontes desses sinais de rádio”.

Pela primeira vez, astrónomos começaram a estudar misteriosas rajadas rápidas de rádio (fast radio-burst, FRB, em inglês), quando as últimas foram descobertas por acaso durante observações através do telescópio Parkes (Austrália).

Nos anos que se seguiram, os cientistas conseguiram encontrar traços de mais nove erupções semelhantes, cujo estudo mostrou que podem ser de origem artificial, não sendo excluída, assim, a possibilidade de serem sinais de civilizações extraterrestres devido à periodicidade de sua estrutura.

Mais posteriormente, astrofísicos descobriram que sinais FRB são repetitivos, encontrando outras propriedades extraordinárias dos mesmos, incompatíveis com as versões sobre origem natural das erupções.

Vandenbroucke e os seus colegas observaram as erupções com o telescópio de neutrinos IceCube no Pólo Sul e descobriram novas provas de que buracos negros e fortíssimas explosões de estrelas não podem originar estes sinais de rádio enigmáticos.

Ao realizarem observações, os cientistas basearam-se num princípio simples – a maioria das “explosões espaciais” é acompanhada de grandes emissões de neutrino. Deste modo, se as rajadas FRB fossem originadas naturalmente, seriam acompanhadas por um fluxo de neutrino de força igual.

No total, a equipa de cientistas do IceCube e astrónomos do observatório Parkes conseguiram seguir 30 sinais de rádio, inclusive 17 que vieram do mesmo lugar.

Em nenhum dos casos, o radar especial detetou traços destas partículas, o que prova que erupções de raios gama, supernovas e buracos negros não podem ser fontes destes “sinais extraterrestres”.

Por sua vez, comenta Vandenbroucke, após esta descoberta, os cientistas estão mais próximos de descobrir a origem destas erupções, que são agora mais misteriosas, pjá que, a partir de agora, uma série de astros não pode servir de fonte.

A equipa de IceCube planeia em breve realizar mais uma série de observações de erupções FRB para detetar a sua origem.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Casaco e guitarra de Kurt Cobain vão a leilão (e valem milhares de euros)

O casaco que o líder dos Nirvana usou no lendário concerto MTV Unplugged in New York vai ser leiloado, com um preço de venda estimado em 270 mil euros. Uma guitarra de Cobain pode ficar …

"50 sombras" da Idade Média. Páginas censuradas de um livro francês encontradas nos EUA

As páginas de um romance medieval foram descobertas nos arquivos da Diocese de Worcester, no estado norte-americano de Massachusetts.  Investigadores descobriram uma versão perdida de um romance medieval, que contém cenas eróticas. O poema francês - …

A tecnologia usada na Bitcoin também está a ser usada para encontrar o amor

Várias dating apps (aplicações de encontros) estão a recorrer ao blockchain para que os seus utilizadores possam encontrar a cara-metade de uma forma mais segura e transparente. O Tinder é provavelmente a dating app mais usada …

Elon Musk quer enviar passageiros para o Espaço já no próximo ano

O bilionário Elon Musk, também fundador da fabricante de automóveis elétricos Tesla, fez um anúncio surpreendente: quer que pôr passageiros no Espaço já em 2020. “Isto pode soar totalmente louco, mas queremos tentar entrar em órbita …

Cientistas reverteram principal sintoma da esquizofrenia em camundongos

Um medicamento que está atualmente a ser desenvolvido para tratar a leucemia reverteu (em camundongos) um sintoma de esquizofrenia anteriormente intratável: o enfraquecimento da memória de trabalho. A memória de trabalho é um processo cerebral fundamental usado …

Para as criaturas marinhas, as doenças infecciosas são a sentinela da mudança

Uma recente investigação analisou as mudanças nas doenças relatadas em espécies submarinas num período de 44 anos. A conclusão não surpreende: a saúde dos oceanos está a piorar a passos largos. A compreensão das tendências oceânicas …

Solidariedade e ambiente. Nos EUA, já é possível doar as suas peças Lego

Nunca somos demasiado velhos para brincar com peças Lego. No entanto, se estiver a ficar sem espaço para as arrumar e estiver à procura de uma forma de garantir que os seus blocos acabam em …

Eis os primeiros smartphones pensados e fabricados em África

https://vimeo.com/365789486 No Ruanda nasceram os primeiros rebentos do grupo Mara, que anunciou o lançamento dos seus dois primeiros smartphones. São os primeiros a serem totalmente fabricados em África. Estes são os dois primeiros smartphones totalmente fabricados em …

Siza Vieira recebe Grande Prémio da Academia de Belas-Artes francesa

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebeu o Grande Prémio de Arquitetura da Académie des Beaux-Arts, pelo conjunto do seu percurso, no valor de 35 mil euros. “É uma grande honra, porque é um prémio importante. É …

Para os jovens refugiados, um telemóvel pode ser tão importante quanto comida ou água

Entre 2015 e 2018, mais de 200.000 jovens não acompanhados reivindicaram asilo na Europa. Muitos deles, agora na União Europeia, têm uma coisa em comum: os seus smartphones. Não são apenas ferramentas para entretenimento nem uma …