Cientista revela por que os mosquitos só picam algumas pessoas

O cientista Joop van Loon revelou o motivo pelo qual os mosquitos costumam picar mais algumas pessoas do que outras. De acordo com o especialista, são os compostos químicos presentes na pele dos humanos que os tornam um alvo mais ou menos apetecível para estes insetos.

Em declarações ao portal Live Science, Joop van Loon explicou que os mosquitos são atraídos pela quantidade de compostos químicos produzidos pelas colónias de micróbios que vivem na pele humana – o microbiota. Estas quantidades, recordou, variam de pessoa para pessoa, ditando assim uma maior ou menor probabilidade de ser picado.

“As bactérias convertem as secreções das nossas glândulas sudoríparas em compostos voláteis que são transportados pelo ar para o sistema olfativo na cabeça dos mosquitos”, explicou o cientista da Universidade de Wageningen, na Holanda.

O investigador holandês precisou que estes insetos utilizam os seus órgão sensoriais para encontrar as suas vítimas, podendo rastreá-las até uma distância de 50 metros. Para isso, os mosquitos seguem o rastro invisível do dióxido de carbono que está presente no ar que envolve os seres humanos.

De acordo com Van Loon, quando as pessoas exalam o dióxido de carbono, este composto não se mistura imediatamente com o ar, permanecendo temporariamente nele – e é neste compasso de tempo que os mosquitos aproveitam para localizar os seus alvos.

“Os mosquitos começam a orientar-se para os pulsos de dióxido de carbono e continuam a voar contra o vento, ao sentirem concentrações mais altas do que aquelas que o ar ambiente contém normalmente”, sustentou.

Quando o mosquito está a um metro de um possível alvo, este tem em conta vários fatores, como a temperatura da pele ou a presença de vapor de água. Contudo, rematou o cientista, o fator mais importante seja sempre os complexos compostos químicos presentes na pele de uma pessoa.

Um estudo publicado em 2011 na revista PLOS ONE dava já conta da importância do microbiota como fator de decisão para a picada. De acordo com a publicação, homens com uma maior diversidade de micróbios da pele tendem a ter menos picadas de mosquito do que homens com micróbios menos diversificados.

Além disso, os compostos químicos podem ditar as bactérias presentes na pele do próprio : segundo o mesmo estudo, homens com microrganismos menos diversos tendem a ter as seguintes bactérias nos seus corpos: Leptotrichia, Delftia, Actinobacteria Gp3 e Staphylococcus.  Em sentido oposto, homens com uma gama diversificada de micróbios tendem a ter a bactéria Pseudomonas e Variovorax.

A taxa de picadas pode ser influenciada por outros motivos, segundo sustentam vários cientistas. O tipo sanguíneo, a cor de pele, a ingestão de certos alimentos – como alho ou vinagre de maçã – e até a transpiração podem ser fatores importantes nesta equação.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Comentário sexista: alguns homens e algumas mulheres também picam, e são picados, mais do que outros… A explicação científica deve ser idêntica…

  2. Bom, conclusão dos vários estudos:
    São muitos os factores pelo que ficamos mais ou menos na mesma.

    Ahhh, não, melhor mesmo é não respirar, não exalando CO2.
    🙂

  3. AhAhAh, Grande descoberta, eu já sabia disto desde que casei, acordo várias vezes com picadelas nos olhos, nos braços, nas pernas, resumindo os mosquitos deixam-me mesmo mal tratado, na minha mulher nem uma picada.

  4. Eu sempre fui vítima das picadas dos mosquitos. Alguns brincavam comigo dizendo que eu era doce. A verdade é que, depois que tive câncer e fiz tratamento quimioterápico, os mosquitos passaram a me ignorar, felizmente. Será que a quimioterapia alterou algo no meu organismo, atrapalhando a sintonia dos mosquitos com as exalações do meu corpo?

    • Curioso é que comigo foi uma espécie de contrário – antigamente (que comia todo tipo de porcarias, dormia mal, não fazia exercício) era massacrado cada vez que estivesse ao alcance de melgas ou pulgas – desde que melhorei imenso minha saúde com alimentação parca e correcta, exercício e bom soninho … não sirvo de repasto para parasitas …. ????

  5. Só uma chamada de atenção. O tal estudo citado neste artigo refere que se trata do moquisto… da malária “Composition of Human Skin Microbiota Affects Attractiveness to Malaria Mosquitoes” mas não deixa de ser interessante.

Cientistas podem ter descoberto por que Beethoven ficou surdo

Ludwig van Beethoven começou a notar dificuldades de audição em 1798, com 28 anos. Com 44 ou 45, estava totalmente surdo. Aos 56 anos, o músico morreu e, até hoje, ainda não se sabe …

Tochas em Alvalade. Liga pede reunião de urgência ao MAI

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) solicitou, esta sexta-feira, uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, na sequência dos incidentes no encontro entre Sporting e Benfica. "A Liga Portugal lamenta profundamente …

Moody’s mantém rating de Portugal acima do "lixo"

A agência de rating norte-americana manteve, esta sexta-feira, a notação financeira de Portugal em “Baa3”, acima de lixo, e a perspetiva em positiva. De acordo com um comunicado no site da agência, a Moody's assinala que …

Suspeitos da morte de jovem cabo-verdiano ficam em prisão preventiva

Os cinco suspeitos da morte do estudante cabo-verdiano vão aguardar julgamento em prisão preventiva, indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e três tentativas de homicídio. A decisão, lida aos jornalistas cerca das 23h30 de sexta-feira por …

Cientistas descobriram o ponto fraco dos tardígrados

Os tardígrados, também chamados ursos de água, são conhecidos pela sua resistência. Mas um novo estudo revela agora que estes pequenos organismos também têm um ponto fraco: exposição de longo prazo a altas temperaturas. Em 2018, …

Detetadas "partículas fantasmagóricas" que o Modelo Padrão não pode explicar

O observatório IceCube, localizado no Pólo Sul, revelou que a Antena Antena Antártida de Impulso Transitivo (ANITA) detetou alguns "sinais muito estranhos" que "não pode ser explicados" pelo Modelo Padrão da Física. O projeto ANITA, …

Descoberto primeiro asteróide que se move apenas dentro da órbita de Vénus

Uma rede de telescópios robóticos operados à distância observou um asteróide que, além de ser o asteróide mais próximo do Sol, é também o primeiro asteróide descoberto que se move completamente dentro da órbita de …

Mark Zuckerberg tem medo do TikTok (e já se sabe porquê)

Mark Zuckerberg já deixou claro, mais do que uma vez, que não gosta do TikTok. No entanto, agora sabemos o que está por trás desta hostilidade pelo rival: a aplicação está a crescer muito, mesmo …

A empresa mãe da Google já vale um bilião de dólares

Esta quinta-feira, a Alphabet, empresa mãe da Google, conseguiu uma cotação na bolsa de 1 bilião de dólares, cerca de 900 mil milhões de euros. A Alphabet tornou-se, esta quinta-feira, a quarta empresa norte-americana a conseguir …

Cientistas criam "cimento vivo" capaz de se "curar"

Uma equipa de cientistas dos Estados Unidos criou um "cimento vivo" juntando areia e bactérias num material de construção capaz de se auto-reproduzir, de absorver dióxido de carbono e manter a resistência. "Já usamos materiais biológicos …