Férias: as 10 cidades com mais pessoas no mundo (e o pódio na Europa)

Morio / Wikimedia

Panorama urbano de Shinjuku, em Tóquio, com o Monte Fuji ao fundo

Numa altura em que muita gente procura sossego, também há quem procure movimentação. Esta lista é adequada para esses aventureiros.

As férias estão aí, para milhares ou milhões de portugueses. Há quem procure sossego, há quem procure movimentação.

Para quem procura sossego, a lista mencionada neste artigo apresenta 13 locais que não deve visitar.

Para quem procura confusão, cidades mexidas, a lista mencionada neste artigo talvez apresente 13 sugestões fortes.

De acordo com os dados actualizados do portal World Population Review, em 2022 Tóquio continua a ser a cidade com mais pessoas: quase 37.5 milhões. Sim, a capital do Japão (a metrópole) recebe quase quatro vezes mais pessoas do que Portugal inteiro.

Logo a seguir, mas com distância considerável, aparecem representantes dos dois países com mais população: China e Índia. Nova Déli tem 29 milhões de indianos e Shanghai tem 26 milhões de chineses.

Depois fala-se português: São Paulo acolhe quase 22 milhões de pessoas, praticamente o mesmo número da Cidade do México.

No sexto lugar a única cidade africana: Cairo, capital do Egipto, com mais de 20 milhões, tal como Daca (Bangladesh), Bombaim (Índia, de novo) e Pequim (China, de novo).

O Japão abre e fecha o top-10: Osaka é a casa de pouco mais de 19 milhões de pessoas.

Ásia, África, América… Mas nada de Europa. Nenhuma cidade europeia está entre as 10 mais “lotadas”.

Mais abaixo aparece Istambul – que pertence a Europa e Ásia – com quase 15 milhões de pessoas, seguida por Moscovo (12 milhões) e por Paris (11 milhões de habitantes).

Em Portugal, Lisboa, Sintra e Vila Nova de Gaia são as cidades com mais habitantes. Estas três cidades/concelhos, juntas, acolhem praticamente 12% de toda a população em Portugal, de acordo com o Censos 2021.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.