A cidade-irmã mais famosa de Petra abre finalmente ao público. “Esconde” túmulos amaldiçoados

A cidade de Hegra, localizada nos desertos a norte de Al Ula, no noroeste da Arábia Saudita, vai pela primeira vez abrir ao público, podendo os visitantes explorar agora este local antigo sem quaisquer restrições.

Hegra, também conhecida como Mada’in Saleh, é a cidade-irmã mais famosa de Petra, na vizinha Jordânia, e está classificada como Património Mundial da UNESCO.

Turistas e aficionados poderão agora visitar este espaço, que abrange um vasto sítio arqueológico repleto de vestígios de uma cidade que outrora foi próspera e estava localizada numa importante rota de comércio internacional.

Depois de Petra, localizada a 320 quilómetros de distância, Hegra foi a segunda cidade dos nabateus, nómadas ancestrais dos árabes que controlavam o comércio de especiarias e construíram uma civilização em pleno deserto.

Especializados em hidráulica, os antigos nabateus foram capazes de canalizar a água da chuva para cisternas que lhes permitiram construir incríveis cidades num dos ambientes mais inóspitos do mundo, escreve o portal Ancient Origins.

Este povo prosperou a partir do século IV a.C. até ao século I d.C.

Apesar de ter sido subjugada pelos romanos, a cidade de Hegra continuou a prosperar até o século III d.C, altura em que as rotas mudaram, levando ao declínio rápido da cidade.

Foi depois abandonada na Idade Média, mas o os otomanos construíram um forte no local durante a Primeira Guerra Mundial durante a revolta árabe que foi instigada por Thomas Edward Lawrence, conhecido como Lawrence da Arábia.

Nos últimos anos, um projeto conjunto de sauditas e franceses escavou e restaurou o local. Abrirá agora ao público pela primeira vez, deixando de ser necessário uma autorização especial do Governo saudita para se visitar o local.

Segundo o portal Smithsonianmag, este é mais um esforço do Executivo saudita para diversificar a economia do país, muito alicerçada no petróleo.

“Uma metrópole transformada em necrópole”

Tal como Petra, é quase impossível falar de Hegra sem mencionar os seus túmulos.

Atualmente, a segunda cidade do Reino Nabateu, “é uma metrópole transformada em necrópole”, escreve Smithsonian, dando conta dos inúmeros túmulos e monumentos funerários que existem no local, datados desde o século IV a.C ao século I d.C.

Estes túmulos são altamente decorados num estilo distinto que reflete as influências de outras culturas, incluindo a grega – alguns têm esfinges e figuras de Medusa.

Ao todo, são mais de 111 túmulos, longe dos 600 existentes em Petra. Destes 11, mais de 90 estão decorados e alguns têm inscrições, sob uma forma antiga de árabe, que alertam os vivos para não mexerem nos túmulos. “Que o senhor do mundo amaldiçoe qualquer um que perturbe esta tumba ou a abra”, pode ler-se num dos túmulos.

Laila Nehmé, arqueologista e co-diretora do Projeto Arqueológico de Hegra, define esta antiga cidade ao estilo do barroco. “Por que motivo o barroco? Porque é uma mistura de influências: temos algumas mesopotâmicas, iranianas, gregas, egípcias”.

E remata: “Podemos pegar em algo emprestado de uma civilização e tentar reproduzi-lo – o que não foi o que aconteceu aqui. Este povo pegou em várias influências emprestadas e construiu, a partir destas, os seus próprios modelos originais”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Novo aumento de internados em Portugal, mais 1.610 infeções e nove mortes

Portugal registou esta segunda-feira 1.610 novos casos de infeção por covid-19 e mais nove mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal …

BE acusa Governo de “nunca ter concretizado” medidas para fixar profissionais no SNS

A coordenadora do BE acusou esta segunda-feira o Governo de “nunca ter concretizado” as medidas no Orçamento do Estado de 2019 para fixar profissionais no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e apontou como “absoluta necessidade” …

Bebés voltam a poder ser registados no hospital

No início da pandemia, o serviço "Nascer Cidadão" foi encerrado, Agora, mais de um ano depois, já é possível voltar a registar os bebés nos hospitais onde nascem. Os balcões "Nascer Cidadão" foram instalados há mais …

Fauci revela que uso de máscara está a ser revisto nos EUA para pessoas vacinadas

Anthony Fauci, conselheiro de saúde da Casa Branca, disse que os Estados Unidos estão a estudar a possibilidade de levantar a obrigatoriedade do uso de máscara para pessoas vacinadas contra a covid-19. Este domingo, Anthony Fauci …

Tratamentos de radioterapia em risco no IPO de Lisboa

Tratamentos de radioterapia no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa estão em risco devido à falta de profissionais. O IPO de Lisboa conta com sete aceleradores lineares, aparelhos sofisticados que obrigam à presença física de …

Presidente de associação solidária acusado de violar e escravizar mulheres em situações precárias

O presidente da associação "Paz no Coração" está a ser acusado por 60 crimes sexuais. Atualmente, encontra-se em prisão preventiva. Alfredo Marques Carvalho, líder da associação, acolhia vítimas de violência doméstica, atiradas para a rua com …

Sócrates sai em defesa de Vieira. Em Portugal, "prende-se primeiro e pergunta-se depois"

Em Portugal, "prende-se primeiro e pergunta-se depois", considera o antigo primeiro-ministro José Sócrates, num artigo de opinião publicado esta segunda-feira no qual reage às detenções de Luís Filipe Vieira e Joe Berardo. "Tudo igual, tudo igual, …

Thomas Daley: o ouro para quem sofreu muito

Bullying na escola, morte do pai, homossexualidade, incapaz de caminhar. Thomas Daley venceu uma prova de saltos para a água, em Tóquio, ao lado do também britânico Matty Lee. Surpresa nos saltos para a água, nos …

Depois de uma época dourada, Portugal cai sete lugares no ranking da inovação

A economia nacional caiu sete posições, naquela que é a primeira inversão na trajetória ascendente desde 2014. Apesar do recuo, Portugal melhorou em 18 dos 32 indicadores. A notícia, avançada esta segunda-feira pelo jornal Público, dá …

Mortes de crianças com covid-19 disparam na Indonésia. No Reino Unido aumentam casos graves entre jovens

Médicos britânicos alertaram para o aumento do número de crianças e jovens infetados com covid-19 a dar entrada nos hospitais, apelando à vacinação para não "sofrerem desnecessariamente" com a evolução da doença. "Os doentes estão a …