CIA: Trump reafirma apoio a candidata acusada de práticas de tortura

Shawn Thew / EPA

O Presidente dos Estados Unidos reforçou o seu apoio à nomeação de Gina Haspel como diretora da CIA, acusada de ser responsável pelos mecanismos de tortura usados pelas autoridades norte-americanas depois dos atentados de 11 de setembro de 2001.

Donald Trump defendeu, esta segunda-feira, Gina Haspel, nomeada para presidir à CIA e que deverá ser ainda confirmada pelo Senado, após críticas à sua alegada participação em atos de tortura após o 11 de setembro.

“A minha muito respeitada nomeada para ser diretora da CIA, Gina Haspel, foi criticada porque foi demasiado dura com os terroristas”, disse Trump na sua conta na rede social Twitter. “Pensem nisto, nestes tempos perigosos, temos a pessoa mais qualificada, uma mulher, que os democratas querem FORA porque é demasiado dura com o terrorismo.”

Haspel, que assumiu interinamente a direção da CIA há duas semanas, deverá submeter-se na quarta-feira a um processo de confirmação no Senado que se antevê complicado devido às acusações sobre a sua alegada participação em atos de tortura.

O The Washington Post escreveu, na sexta-feira, que Haspel estaria a ponderar retirar a sua candidatura antes da sessão no Senado para proteger a sua imagem e a da CIA. No entanto, funcionários da Casa Branca disseram, entretanto, que o Presidente mantém o seu apoio e que Haspel não irá retirar-se.

Os media norte-americanos têm acusado Haspel de ter sido a máxima responsável de uma prisão secreta na Tailândia, para a qual foram transferidos vários presumíveis terroristas islamitas que sofreram graves formas de tortura.

Haspel, que poderá converter-se na primeira mulher a dirigir agência de informações norte-americana, também foi acusada de ter eliminado todas as provas dessas práticas.

Desde que Trump designou Haspel para o cargo, em março, a CIA e a Casa Branca têm levado a cabo uma intensa campanha para limpar a imagem da agente especial.

A CIA enviou material para o Senado, nomeadamente alguns documentos classificados, para que os senadores possam perceber melhor o trabalho da candidata no Centro de Contraterrorismo, que coordenou o programa de interrogatórios criticado, mas também outros aspetos da sua carreira de 33 anos, mais de 30 dos quais como agente secreta.

Segundo a RTP, não é certo que Haspeç seja confirmada pelo Senado. Vários dirigentes democratas, inclusivamente, já garantiram que votarão contra a nomeação da primeira mulher à frente da CIA.

John McCain, senador republicano, sublinhou que Haspel deverá explicar de forma concreta o seu envolvimento no programa de interrogatórios da CIA e comprometer-se com o respeito da legislação norte-americana e com o fim da tortura.

Gina Haspel foi escolhida por Donald Trump para substituir Mike Pompeo na chefia da agência de inteligência norte-americana em março de 2018. Pompeo foi por sua vez nomeado para liderar a diplomacia dos Estados Unidos, substituindo Rex Tillerson no cargo de Secretário de Estado.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …