China vai levar água ao deserto com o túnel mais longo do mundo

Um túnel de mil quilómetros na China, que se transformaria no mais longo do mundo, levará água do Tibete até o deserto de Taklimakan, em Xinjiang, caso se concretize o projeto no qual trabalham já actualmente engenheiros do país.

Segundo revelou esta segunda-feira o South China Morning Post, a obra de engenharia transportará a água do rio Bramaputra até ao deserto de Taklimakan, que ocupa uma superfície de 270.000 quilómetros quadrados.

Uma vez construído, o túnel, com 1000 quilómetros, superará amplamente o aqueduto subterrâneo de Nova Iorque, nos Estados Unidos, actualmente o mais longo do mundo, com 137 quilómetros de extensão.

Na China, o túnel que detém actualmente o recorde tem 85 quilómetros e encontra-se na província de Liaoning, na fronteira com a Coreia do Norte. No mês de agosto, no entanto, o governo iniciou a construção de um outro túnel, em Yunnan, no sul do país, que medirá 600 km e estará concluído dentro de 8 anos.

Este último túnel, suficientemente largo para permitir a circulação de dois comboios de alta velocidade e que atravessará montanhas a milhares de metros acima do nível do mar, servirá de teste para a tecnologia, métodos de engenharia e infraestrutura necessária para à construção do futuro túnel que unirá o Tibete e Xinjiang.

O planalto do Tibete impede que a chuva de monção chegue a Xinjiang, isolada ao norte pelo deserto de Gobi e ao sul pelo de Taklimakan, o que deixa 90% da região sem condições para acolher a vida humana.

aftab / Flickr

O deserto de Taklamakan, na China, tem 270.000 km2 de extensão

A primeira vez que se cogitou a possibilidade de levar água do Tibete até Xinjiang foi durante a dinastia Qing, no século XIX, mas a ideia nunca saiu do campo das hipóteses devido aos enormes custos do projecto, o desafio que representa em termos de engenharia, o possível impacto ambiental e os potenciais protestos dos países vizinhos.

“O projecto de canalização de água em Yunnan junta cérebro, músculo e ferramentas para construir túneis extremamente longos em terrenos hostis”, o que dará confiança às autoridades para aprovar o de Xinjiang, explicou um investigador da Academia Chinesa de Ciências ao jornal chinês.

Tanta o planalto de Yunnan como a do Tibete são zonas propensas a sofrer terremotos e contam com muitas falhas tectónicas ativas.

// EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Era o que nós precisávamos por cá com muitíssimo menos túneis conseguiríamos transportar água do norte do país quando esta corre em excesso e provoca inundações e acumulá-la em albufeiras a sul do Tejo para a utilizar em anos de seca mas infelizmente andamos sempre atrasados no tempo.

RESPONDER

Físicos já conseguem espreitar o gato de Schrödinger sem o matar

Pode haver uma forma de espreitar o gato de Schrödinger - a famosa experiência mental baseada em felinos que descreve o comportamento misterioso das partículas subatómicas - sem matar permanentemente o animal hipotético. O gato de …

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …