China vai levar água ao deserto com o túnel mais longo do mundo

Um túnel de mil quilómetros na China, que se transformaria no mais longo do mundo, levará água do Tibete até o deserto de Taklimakan, em Xinjiang, caso se concretize o projeto no qual trabalham já actualmente engenheiros do país.

Segundo revelou esta segunda-feira o South China Morning Post, a obra de engenharia transportará a água do rio Bramaputra até ao deserto de Taklimakan, que ocupa uma superfície de 270.000 quilómetros quadrados.

Uma vez construído, o túnel, com 1000 quilómetros, superará amplamente o aqueduto subterrâneo de Nova Iorque, nos Estados Unidos, actualmente o mais longo do mundo, com 137 quilómetros de extensão.

Na China, o túnel que detém actualmente o recorde tem 85 quilómetros e encontra-se na província de Liaoning, na fronteira com a Coreia do Norte. No mês de agosto, no entanto, o governo iniciou a construção de um outro túnel, em Yunnan, no sul do país, que medirá 600 km e estará concluído dentro de 8 anos.

Este último túnel, suficientemente largo para permitir a circulação de dois comboios de alta velocidade e que atravessará montanhas a milhares de metros acima do nível do mar, servirá de teste para a tecnologia, métodos de engenharia e infraestrutura necessária para à construção do futuro túnel que unirá o Tibete e Xinjiang.

O planalto do Tibete impede que a chuva de monção chegue a Xinjiang, isolada ao norte pelo deserto de Gobi e ao sul pelo de Taklimakan, o que deixa 90% da região sem condições para acolher a vida humana.

aftab / Flickr

O deserto de Taklamakan, na China, tem 270.000 km2 de extensão

A primeira vez que se cogitou a possibilidade de levar água do Tibete até Xinjiang foi durante a dinastia Qing, no século XIX, mas a ideia nunca saiu do campo das hipóteses devido aos enormes custos do projecto, o desafio que representa em termos de engenharia, o possível impacto ambiental e os potenciais protestos dos países vizinhos.

“O projecto de canalização de água em Yunnan junta cérebro, músculo e ferramentas para construir túneis extremamente longos em terrenos hostis”, o que dará confiança às autoridades para aprovar o de Xinjiang, explicou um investigador da Academia Chinesa de Ciências ao jornal chinês.

Tanta o planalto de Yunnan como a do Tibete são zonas propensas a sofrer terremotos e contam com muitas falhas tectónicas ativas.

// EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Era o que nós precisávamos por cá com muitíssimo menos túneis conseguiríamos transportar água do norte do país quando esta corre em excesso e provoca inundações e acumulá-la em albufeiras a sul do Tejo para a utilizar em anos de seca mas infelizmente andamos sempre atrasados no tempo.

RESPONDER

Tiroteio na Alemanha faz pelo menos seis mortos e vários feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e várias ficaram feridas num tiroteio, esta sexta-feira, na cidade alemã de Rot am See. De acordo com vários media alemães, pelo menos seis pessoas morreram num tiroteio em Rot am …

IKEA aumenta salário de entrada dos trabalhadores para 700 euros

A IKEA aumentou o salário de entrada para trabalhadores a tempo inteiro de 650 euros para 700 euros brutos mensais, acima do salário mínimo nacional (635 euros), anunciou hoje a cadeia de venda de mobiliário. Em …

Mortes nos Comandos. Recruta diz que colocaram um cateter em Hugo Abreu já depois de estar morto

Rodrigo Silvano, o último recruta no curso 127 de Comandos a sair da tenda de enfermaria onde morreu Hugo Abreu no primeiro dia da Prova Zero, relatou ao tribunal que viu o enfermeiro do INEM …

Rafa inegociável. Benfica só vende por 80 milhões de euros

Rafa é inegociável. O Benfica só deixar sair o extremo de 26 anos pelo valor da sua cláusula de rescisão, que está fixada nos 80 milhões de euros. A notícia é avançada esta sexta-feira pelo Correio …

França é esta sexta-feira novamente palco de greve geral contra reforma das pensões

Os sindicatos franceses voltam à rua no 51.º dia de greve contra a reforma das pensões que é apresentada esta sexta-feira no Conselho de Ministros. Durante esta sexta-feira, não se espera o nível de paralisação …

Marcelo nada diz sobre eventual candidatura de Ana Gomes à Presidência da República

O Presidente da República recusou esta quinta-feira comentar, em Israel, uma possível candidatura presidencial da ex-eurodeputada do PS Ana Gomes. "Eu não faço comentários sobre a vida política portuguesa", justificou Marcelo Rebelo de Sousa, quando questionado …

Defeito nos travões força Metro do Porto a andar devagar. Falha foi detetada há um ano

O descarrilamento de um metro na estação de Campanhã foi provocado por um defeito nos patins eletromagnéticos. A avaria afeta vários veículos da frota do Metro do Porto. No passado dia 2 de janeiro, uma falha …

Soares da Costa acusada de ajudar hotel-fantasma a "sacar" 1,2 milhões de euros ao Estado

A Soares da Costa e dois ex-responsáveis de um dos maiores grupos de construção civil portugueses estão acusados de fraude e de branqueamento de capitais num processo judicial que envolve um hotel-fantasma, que nunca foi …

Chega vai organizar angariação de fundos para a pediatria do S. João (mas hospital não sabe de nada)

O partido Chega, liderado por André Ventura, vai realizar um jantar no Mercado Ferreira Borges, no Porto, esta sexta-feira, e anunciou que parte da receita reverte para o serviço de Oncologia Pediátrica do S. João. …

Isabel dos Santos também sai da Efacec. Era "o negócio mais vulnerável" da empresária em Portugal

A Efacec anunciou, nesta sexta-feira, que Isabel dos Santos decidiu "sair da estrutura accionista" da empresa, "com efeitos definitivos". Uma decisão que surge no âmbito do "Luanda Leaks" que implica a empresária no desvio de …