China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

Jolanda Flubacher / World Economic Forum

O fundador do Alibaba, Jack Ma

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito.

De acordo com o canal estatal russo RT, esta foi a conclusão da Hurun Rich List 2021, publicada esta terça-feira. Atualmente, 1058 pessoas na China são multimilionárias, mais 259 do que no ano passado.

O segundo lugar é ocupado pelos Estados Unidos, com 696 multimilionários, e o terceiro pela Índia, com 177. Na lista seguem-se nações como a Alemanha (141), o Reino Unido (134), a Suíça (100) e a Rússia (85).

Com uma média de idades que ronda os 65 anos, 2312 multimilionários viram a sua riqueza aumentar durante o ano passado, dos quais 610 eram caras novas. Nesse período, 32 morreram e 282 fortunas permaneceram inalteradas, de acordo com o mesmo relatório.

“Apesar da interrupção causada pela covid-19, este ano viu o maior aumento de riqueza da última década”, disse Rupert Hoogewerf, presidente e investigador-chefe da empresa Hurun Report.

O mesmo responsável destacou que “o mundo nunca viu tanta riqueza criada num único ano” e lembrou que, no ano passado, apareceram oito novos multimilionários por semana devido ao boom das bolsas, impulsionado, em parte, pela “flexibilização quantitativa”.

“A velocidade de criação de riqueza é assombrosa”, disse ainda Hoogewerf, destacando o facto de apenas três pessoas terem somado, a título individual, mais de 50 mil milhões de dólares nesses 12 meses.

Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, viu a sua fortuna aumentar em 151 mil milhões de dólares. Seguem-se os multimilionários do comércio eletrónico Jeff Bezos, fundador da Amazon, e Colin Huang, da empresa Pinduoduo, que juntaram 50 mil milhões cada um.

“A este ritmo, é expectável que 50 ou mais ultrapassem a marca dos 100 mil milhões de dólares nos próximos cinco anos”, acrescenta-se.

Por outro lado, a lista destaca que em 2020, apesar da guerra comercial com os Estados Unidos, a China agregou mais multimilionários do que o resto dos países juntos. E a diferença com o eterno rival aumentou ainda mais.

Ao mesmo tempo, milhões de pessoas continuam a viver sem nada. Há uns dias, num artigo de opinião publicado no jornal britânico The Guardian, o secretário-geral da ONU, o português António Guterres, destacou o facto de a “pobreza extrema estar a aumentar pela primeira vez em décadas“.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

"Contra tudo e contra todos". Moedas fez história em Lisboa

O cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM/Aliança à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, afirmou hoje ter vencido “contra tudo e contra todos”, porque “a democracia não tem dono”, agradeceu o “voto de confiança” e comprometeu-se …

Ventura admite que “vitória não foi total” ao falhar objetivo de ficar em terceiro

O líder do Chega admitiu hoje que a “vitória não foi total” nas autárquicas de domingo, ao falhar o objetivo de ser a terceira força política, mas defendeu que se “fez história” em Portugal, recusando …

Liveblog Autárquicas. Carlos Moedas ganha Lisboa

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Contra a "vigarice" das sondagens, "o PSD teve um excelente resultado"

O PSD conseguiu todos os objectivos a que se propôs nestas eleições autárquicas, segundo Rui Rio. O presidente do PSD considera que o partido teve "um excelente resultado" contra a "vigarice" das sondagens e "contra …

Medina assume derrota em Lisboa. "É uma indiscutível vitória de Carlos Moedas"

Fernando Medina acaba de assumir a derrota nas eleições autárquicas, felicitando Carlos Moedas pela vitória na Câmara de Lisboa. "É uma indiscutível vitória pessoal e política de Carlos Moedas", sublinha Medina. "Foi um privilégio servir esta …

Costa: "PS continua a ser o maior partido autárquico nacional"

António Costa canta vitória nas eleições autárquicas, apesar de ainda não se conhecerem os resultados finais de Lisboa, Sintra e Loures. Para o secretário-geral socialista, não há dúvida de que o "PS continua a ser …

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …

Geringonça à direita... ou à esquerda? Com Moedas e Medina taco a taco, IL e Bloco entram em jogo

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …