//

Cientistas chineses criam computador 100 mil milhões de vezes mais rápido do que qualquer outro

9

(dr) IBM Research

O interior de um computador quântico

O anúncio chinês surge pouco mais de um ano depois de semelhante conquista pela Google, numa tecnologia que promete oferecer uma capacidade de computação exponencialmente superior à dos mais poderosos computadores atuais.

Uma equipa de cientistas e investigadores chineses afirma ter atingido a supremacia quântica, ou seja, que conseguiu que o seu computador de base quântica resolvesse um problema 100 mil milhões de vezes mais rapidamente do que qualquer supercomputador atual conseguiria, reporta o Live Science.

Esta proeza foi alcançada por uma equipa da Universidade de Ciência e Tecnologia da China pouco mais de um ano depois da Google ter anunciado o mesmo. O artigo que descreve o trabalho foi publicado no dia 3 de dezembro no site da revista Science.

Através do uso de um processo a que chamaram “amostragem bosão gaussiana”, o protótipo de computador quântico dos investigadores chineses – a que chamaram Jiuzhang -, demorou pouco mais de três minutos a completar uma tarefa que o computador convencional mais rápido do mundo não conseguiria resolver em 600 milhões de anos.

A agência de notícias estatal chinesa afirmou ainda que o seu computador quântico é 10 mil milhões de vezes mais rápido do que o da empresa norte-americana.

Ainda assim, um dos professores ligados ao projeto enalteceu a máquina americana, lembrando que a corrida à supremacia quântica é “entre o ser humano e a natureza, não entre países”.

Os computadores convencionais estão a revelar dificuldades em conseguir lidar com problemas que envolvam incerteza, é o caso das previsões de alta e queda das bolsas de valores.

Já, os computadores quânticos poderão oferecer, através do incremento exponencial que confere à capacidade de computação, soluções para problemas altamente complexos que nenhum computador clássico conseguiria, como no domínio da encriptação.

No entanto, a sua programabilidade é ainda reduzida, sendo por enquanto máquinas capazes de realizar apenas tarefas específicas. A corrida à tecnologia tem sido, ainda assim, bastante concorrida, com os EUA e a China a lutarem pela dianteira.

  ZAP //

9 Comments

  1. Eles têm estado a tratar de vida enquanto o ocidente poupava em mão de obra fechando fábricas e lançando os seus cidadãos no desemprego e inclusivamente, americanos e russos investiam em belicismo.
    Agora acham que os chineses são o pior inimigo? Eles só são tratadores de vida! Preparam-se para o que der e vier em todas as áreas inclusivamente inimigos! O que é que isso tem de anormal?

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE