As chimpanzés fêmeas fogem quando vão ter filhos (e agora já sabemos porquê)

Um raro registo de um chimpanzé a nascer no meio da natureza terminou de forma terrível. Segundos depois do nascimento, a cria foi levada pela mãe e acabou devorada por um chimpanzé macho do mesmo grupo.

Esta situação explica porque é que as fêmeas chimpanzés costumam esconder-se durante semanas ou meses quando vão ter as suas crias.

Pouco se sabe sobre como os chimpanzés dão à luz na vida selvagem porque, até agora, apenas cinco nascimentos foram observados, diz Hitonaru Nishie, investigador da Universidade de Kyoto, no Japão.

Nos últimos anos, Nishie e os seus colegas estudaram chimpanzés nas montanhas Mahale, na Tanzânia. Os resultados da investigação foram publicados este mês no American Journal of Physical Anthropology.

Uma das razões pelas quais poucos nascimentos de chimpanzés foram testemunhados até agora, explica Nishie, prende-se com o facto de as mães deixarem o grupo quando o bebé está a chegar e não regressam até ter semanas ou até meses de idade. Esta ausência foi descrita como a “licença de maternidade” das chimpanzés.

Assim, Nishie e seu colega Michio Nakamura ficaram surpreendidos quando, em dezembro do ano passado, uma chimpanzé do grupo que estavam a observar começou a dar à luz em frente a outros 20 membros do grupo.

Mal a cria nasceu – e antes de a mãe ter tido hipótese de pegar nela – foi capturada por um membro do grupo, que então desapareceu no mato. Os investigadores encontraram-no cerca de uma hora e meia depois, sentado numa árvore a comer a metade inferior do corpo. Acabaria por comê-lo todo aproximadamente numa hora.

(dr) Michio Nakamura

A mãe chimpanzé aprendeu a lição sobre “licença de maternidade”

Acontecimento raro

Esta é a primeira vez que alguém relata ter visto um chimpanzé recém-nascido canibalizado dessa forma, diz Nishie. O investigador considera que esta observação dá uma pista óbvia sobre o porquê de as fêmeas se esconderem para dar à luz.

Neste caso, a mãe ainda não teria tido oportunidade de aprender sobre a chamada “licença de maternidade” caso tenha sido a sua primeira gravidez, diz Tatyana Humle, da Universidade de Kent, no Reino Unido. “Prevejo que irá ter uma ‘licença de maternidade’ na próxima vez”, aponta.

Na verdade, foi exatamente isso que aconteceu. Quando a chimpanzé teve posteriormente outro bebé (como se pode ver na fotografia acima), desapareceu durante um mês.

Os animais machos de muitas outras espécies são conhecidos por matar crias pequenas com quem não estão relacionadas. Isso permite-lhes acasalar com a mãe e ter mais filhos no seu grupo. E as chimpanzés também já foram vistas a matar os bebés de outras fêmeas quando os recursos, tal como alimento, são escassos, diz Humle.

O bebé chimpanzé pode também simplesmente ter sido uma fonte de nutrição para o adulto que o levou, diz Nishie.

De qualquer forma, o infanticídio e o canibalismo são extremamente raros entre os chimpanzés, diz Hulme. “Trabalho com uma comunidade de chimpanzés na África Ocidental e nunca vi nenhum caso”, diz. Humle acredita que tal violência pode ser mais provável de ocorrer em grupos maiores, onde há mais concorrência por recursos.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Afinal, os “sacanas” dos chimpazés machos são comunistas, pois, comem criancinhas ao pequeno almoço. A propaganda fascista, afinal, tinha razão!

RESPONDER

UE em rota de colisão com a Polónia. Em causa estão os crimes de ódio

A relação entre a União Europeia e a Polónia está cada vez mais comprometida. As duas partes têm chocado no que toca à discussão dos crimes de ódio. No seu primeiro discurso sobre o estado de …

Leixões nega ter colocado adeptos na bancada a ver um jogo

Episódio aconteceu numa partida de voleibol em Gondomar. Presidente garante que jovens pertencem aos órgãos sociais do clube, Federação não confirma a identidade à entrada. A Supertaça de voleibol começou, no Grupo B, com o duelo …

Ventura quer ser Sá Carneiro do século XXI e ter juventude partidária

O presidente do Chega vai apresentar-se este fim de semana em Évora para a II Convenção Nacional do partido populista de direita como “o principal continuador em Portugal” de Sá Carneiro, o falecido líder fundador …

Alemanha tem provas materiais de que Maddie está morta

As autoridades alemãs têm provas materiais de que Madeleine McCann está morta, garante o porta-voz da Procuradoria de Braunschweig, Hans Christian Wolters, à RTP. Apenas está por provar o envolvimento de Christian Brueckner no homicídio …

BE quer que direito das grávidas a acompanhante seja respeitado

O Bloco de Esquerda (BE) quer que as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre gravidez e parto no âmbito da covid-19 sejam revistas para que o direito das mulheres grávidas a estarem acompanhadas seja …

Proposta do PCP para passar Novo Banco para esfera pública foi chumbada

A recomendação ao Governo proposta pelo PCP para reverter da venda do Novo Banco, transferindo-o para a esfera pública, foi hoje chumbada no parlamento com os votos contra de PS, PSD, CDS-PP, PAN, Iniciativa Liberal …

Trump ataca voto por correspondência. Resultados podem não ser "determinados de forma precisa"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, reforçou na quinta-feira no Twitter os ataques ao voto por correspondência nas eleições de novembro, ao que a rede social reagiu ligando duas das suas mensagens a informação verificada …

Quatro candidatos disputarão sucessão de Santana no Aliança

O novo líder do Aliança, que sucederá ao fundador do partido, Pedro Santana Lopes, vai ser escolhido entre quatro candidatos no próximo congresso nacional, agendado para 26 e 27 de setembro em Torres Vedras. Segundo noticiou esta …

Recomendação do PS para tarifa social de Internet sem oposição (mas partidos querem mais)

A recomendação do PS ao Governo para que crie uma tarifa social de acesso à Internet não mereceu esta quinta-feira oposição de nenhuma bancada, mas foram vários os partidos que defenderam a necessidade de “ir …

Ex-deputado PS acusado de uso abusivo de viaturas da Câmara de Barcelos

O Ministério Público acusou de peculato e abuso de poderes o ex-deputado socialista Domingos Pereira, pela alegada utilização de viaturas do município de Barcelos para deslocações de e para a Assembleia da República. Segundo nota publicada …