Cheques que Trump exigiu assinar enviados a pessoas que já morreram

Erik S. Lesser / EPA

Os cheques de estímulo financeiro, que Donald Trump exigiu que tivessem o seu nome, estão a ser enviados a pessoas que já morreram.

Em entrevista ao Wall Street Journal, o Secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, admitiu que os cheques de estímulo financeiro do Governo estão a ser enviados para pessoas que já morreram.

“Estamos a verificar as nossas bases de dados, mas pode haver um cenário em que nos falhou alguma coisa, por isso sim, os herdeiros devem devolver esse dinheiro. Não é suposto ficarem com esse pagamento”, afirmou.

Segundo o semanário Expresso, os relatos começaram a surgir, há mais de uma semana, nas redes sociais. “O meu avô recebeu o cheque antes de os meus pais receberem. O meu avô morreu no ano passado”, cita o jornal.

Recorde-se que estes cheques foram alvo de polémica, uma vez que o Presidente norte-americano exigiu que o seu nome aparecesse neles, algo inédito na história do país e que terá atrasado os pagamentos. A exigência deu aso a muitas críticas, com muitos a considerar que Trump fez um aproveitamento político de um departamento do Estado.

Para evitar que esta situação se repita, Chuck Schumer, porta-voz dos democratas no Senado, já adiantou que vai submeter a votação um diploma para “pôr fim à exploração presidencial do dinheiro dos contribuintes para fins de promoção que só beneficiam a sua campanha para a reeleição”, cita o semanário.

Se for aprovado, o diploma irá proibir que o nome do Presidente ou do seu vice apareçam em pacotes de ajuda federal. No entanto, os democratas têm algumas dificuldades, uma vez que estão em minoria no Senado.

Trump não vai renovar diretrizes sobre distanciamento

O Governo considera que esta orientação de prudência, emitida há 45 dias, foi integrada nas recomendações dadas pelos estados sobre a forma como podem começar a aliviar gradualmente as restrições e reabrir as suas economias.

Estas diretivas vão desaparecer porque os governadores estão agora a fazê-lo”, disse Trump aos jornalistas na Casa Branca, aquando da reunião desta quarta-feira com o governador democrata pelo estado do Luisiana, John Bel Edwards.

A economia dos EUA contraiu-se 4,8% primeiro trimestre em termos anuais, um indicador que é precursor dos relatórios sombrios que se aguardam neste verão, uma vez que a pandemia de covid-19 levou ao encerramento de grande parte do país e provocou uma grave recessão.

Trump falou com confiança dos governadores que lideram a retoma nos seus estados, mas a fase de transição não está a correr bem em todas as regiões do país.

“Eu queria dar-lhe os parabéns”, disse Trump a Edwards, elogiando o governador pelo trabalho que fez em Nova Orleães, uma das zonas mais afetadas pelo novo coronavírus.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (59.446) e mais casos de infeção confirmados (mais de um milhão).

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Sonda passa ao lado de Vénus, tira-lhe uma fotografia e surpreende cientistas da NASA

A imagem obtida pelo Wide-field Imager (WISPR) da Parker Solar Probe foi capturada a 12.380 quilómetros de Vénus. A Parker Solar Probe, da NASA, capturou vistas deslumbrantes de Vénus em julho de 2020. O alvo da …

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Em Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …