Cheirar café pode ajudar a melhorar o nosso desempenho cerebral

E se cheirar café ajudasse o nosso cérebro a “funcionar” melhor? Um estudo recente sugere que o aroma do café pode ajudar a melhorar o desempenho cerebral.

Um estudo recente do Instituto de Tecnologia Stevens, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, concluiu que cheirar café pode fazer com que o desempenho do cérebro seja melhor. Os cientistas explicam que, quando se cheira café, o cérebro reage de forma muito semelhante a quando se consome cafeína.

A equipa de especialistas realizou um teste a 100 alunos de economia, divididos em dois grupos. Foi dado um teste de álgebra com 10 perguntas a todos os participantes, no entanto, só um dos grupos sentiu o cheiro a café. Os resultados não deixam margem para dúvidas: os alunos que estiveram na sala com o cheiro a café tiveram melhores notas do que o outro grupo.

De acordo com a revista Visão, os investigadores levaram a cabo uma outra experiência, desta vez com mais de 200 pessoas. Os cientistas colocaram os participantes expostos ao cheiro do café, a um aroma floral e a um espaço sem odor específico e concluíram que o seu desempenho em tarefas que envolviam a mente aumenta consideravelmente no primeiro caso.

O cheiro do café, por si só, tem um efeito químico no cérebro, tal como a cafeína tem quando se bebe café, conclui o artigo científico, publicado recentemente no Journal of Environmental Psychology.

Antes da experiência, os investigadores perguntaram aos alunos se achavam que teriam melhores resultados depois de sentirem o cheiro do café, e a eles responderam que sim.

Isto levou os cientistas a suspeitar que as conclusões podem ser resultado de um efeito placebo, ou seja, as pessoas acham que o cheiro do café pode melhorar o seu desempenho cerebral, mesmo que não exista razão científica para que tal aconteça. A crença nas capacidades do aroma a café pode ser suficiente para que provoque, realmente, algum efeito.

Os cientistas explicam que, como o aroma do café é facilmente reconhecido e associado à cafeína – um estimulante cerebral que faz com que a nossa atenção aumente – o cérebro reage de forma semelhante a quando se consome cafeína.

Este estudo pode ser importante para ajudar vários profissionais a arranjar formas de melhorar o desempenho dos seus funcionários, ao utilizar aromas subtis no espaço de trabalho, por exemplo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo deverá anunciar medidas para bloquear coleção Berardo após as eleições

Num momento em que se tornou público que a Fundação Berardo corre risco de falência, três ministérios estudam as medidas para preservar a coleção do empresário e mantê-la aberta ao público. "Será em breve", garantiram os …

Europeias: PS com candidatos "escondidos", CDU só observa e Rangel já faz rimas ao primeiro-ministro

A dias do escrutínio para o Parlamento Europeu, PS acusou o BE de ser ambíguo, CDS critica respostas de Costa sobre Tancos e PSD quer ver "candidatos escondidos" do PS. Até já há rimas para …

Na corrida às Europeias, o PS está à frente do PSD (e o Bloco já vale o dobro do CDS)

O PS e a Esquerda crescem, o PSD e a Direita perdem. Segundo uma sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e TSF, os socialistas somam 32,4% da intenção de voto, enquanto o PSD …

CGD ainda é dos bancos que têm mais crédito para investir em ações

Os bancos cortaram nos empréstimos para a compra de ações desde a crise. Mas têm ainda um valor elevado de financiamentos deste tipo. Este crédito é visto com cautela pelos supervisores e levaram a que bancos …

Partido de Modi a caminho de resultado histórico na Índia

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, e o seu partido nacionalista hindu lideram a contagem de votos nas legislativas do país. Às 10h05 (05h35 em Lisboa), o Partido Bharatiya Janata (BJP, ou Partido do Povo Indiano, no …

Hells Angels saem em liberdade (mas com várias proibições)

Os 17 elementos do grupo Hells Angels detidos pela Polícia Judiciária na terça-feira saíram todos em liberdade, após primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa, disseram à agência Lusa advogados no …

Arqueólogos resolveram o mistério dos "porcos" de Barbados

Em Barbados, país insular soberano nas Pequenas Antilhas, existe um mistério histórico desde que os primeiros colonos ingleses chegaram em 1627. À chegada, os exploradores encontraram o que pensavam ser uma vara de porcos europeus selvagens. …

230 professores que pediram pré-reforma ainda não tiveram luz verde

Foram 230 os pedidos de professores interessados em pedir a pré-reforma que chegaram à Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE). Mas até agora nenhum deles teve luz verde para avançar. A pré-reforma com suspensão da prestação de …

Theresa May pode demitir-se esta sexta-feira

A pressão sobre Theresa May tornou-se insuportável, segundo o jornal britânico The Times, que cita fontes dos conservadores próximas de May, após mais uma demissão no executivo de Londres. De acordo com o jornal, a primeira-ministra …

Os percevejos andaram ao lado do T-rex (e sobreviveram ao asteróide que matou os dinossauros)

Percevejos têm sido companheiros parasitas de outras espécies além dos humanos durante mais de cem milhões de anos, tendo caminhado na terra ao mesmo tempo que os dinossauros. Uma equipa internacional de cientistas comparou o ADN …