Cheirar café pode ajudar a melhorar o nosso desempenho cerebral

E se cheirar café ajudasse o nosso cérebro a “funcionar” melhor? Um estudo recente sugere que o aroma do café pode ajudar a melhorar o desempenho cerebral.

Um estudo recente do Instituto de Tecnologia Stevens, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, concluiu que cheirar café pode fazer com que o desempenho do cérebro seja melhor. Os cientistas explicam que, quando se cheira café, o cérebro reage de forma muito semelhante a quando se consome cafeína.

A equipa de especialistas realizou um teste a 100 alunos de economia, divididos em dois grupos. Foi dado um teste de álgebra com 10 perguntas a todos os participantes, no entanto, só um dos grupos sentiu o cheiro a café. Os resultados não deixam margem para dúvidas: os alunos que estiveram na sala com o cheiro a café tiveram melhores notas do que o outro grupo.

De acordo com a revista Visão, os investigadores levaram a cabo uma outra experiência, desta vez com mais de 200 pessoas. Os cientistas colocaram os participantes expostos ao cheiro do café, a um aroma floral e a um espaço sem odor específico e concluíram que o seu desempenho em tarefas que envolviam a mente aumenta consideravelmente no primeiro caso.

O cheiro do café, por si só, tem um efeito químico no cérebro, tal como a cafeína tem quando se bebe café, conclui o artigo científico, publicado recentemente no Journal of Environmental Psychology.

Antes da experiência, os investigadores perguntaram aos alunos se achavam que teriam melhores resultados depois de sentirem o cheiro do café, e a eles responderam que sim.

Isto levou os cientistas a suspeitar que as conclusões podem ser resultado de um efeito placebo, ou seja, as pessoas acham que o cheiro do café pode melhorar o seu desempenho cerebral, mesmo que não exista razão científica para que tal aconteça. A crença nas capacidades do aroma a café pode ser suficiente para que provoque, realmente, algum efeito.

Os cientistas explicam que, como o aroma do café é facilmente reconhecido e associado à cafeína – um estimulante cerebral que faz com que a nossa atenção aumente – o cérebro reage de forma semelhante a quando se consome cafeína.

Este estudo pode ser importante para ajudar vários profissionais a arranjar formas de melhorar o desempenho dos seus funcionários, ao utilizar aromas subtis no espaço de trabalho, por exemplo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …