Se o Chega não for legalizado esta semana, Ventura faz uma vigília à porta do TC

João Relvas / Lusa

André Ventura à chegada ao Tribunal Constitucional para entregar as assinaturas

Este é o ultimato de André Ventura: o ex-vereador do PSD em Loures diz que fará uma concentração pacífica à frente do Palácio Ratton para pressionar os juízes a decidirem rapidamente.

André Ventura quer levar o chega às eleições europeias. O ex-vereador do PSD em Loures entregou a 23 de janeiro as assinaturas para formalizar aquele que poderá vir a ser o 24.º partido político em Portugal, mas a resposta do Tribunal Constitucional tarda em chegar.

Em declarações à Visão, André Ventura faz um ultimato: “Se não tivermos decisão até ao final da semana, vou pedir ajuda a membros do Chega de todo o País e vamos fazer uma concentração à frente do Palácio Ratton.”

“O TC tem de ter noção que a decisão tem uma base jurídico-constitucional, mas também impacto político”, afirma o líder do Chega, explicando que, após a publicação do acórdão que dará luz verde (ou não) ao novo partido, será necessária uma primeira convenção e a aprovação das coligações e acordos nos órgãos sociais do partido.

Em contrarrelógio, tudo isso terá de ocorrer até ao início do mês de abril, altura em que serão entregues as listas de candidatos aos lugares portugueses no Parlamento Europeu. “Um atraso de uma ou duas semanas pode complicar a candidatura.”

Não nega que está a pressionar o TC e admite que esta sua atitude é fácil de fundamentar. “Temos noção do ruído que tem havido em torno do Chega – de que somos fascistas, racistas, xenófobos, etc. – e, caso não haja decisão, vamos para a porta do Palácio Ratton, fazer uma concentração pacífica e mostrar aos juízes que somos gente comum”, afirmou.

“Eles não precisam de ter medo dos fantasmas do fascismo, do racismo ou da xenofobia. Quero que vejam tudo isso com os próprios olhos”, acrescentou o líder do Chega.

De acordo com a Visão, o tribunal Constitucional está ainda a analisar as cerca de oito mil assinaturas recolhidas pelo Chega. Só depois os juízes avaliarão a constitucionalidade dos princípios políticos da nova força.

A verdade é que a apreciação das assinaturas está a demorar mais tempo do que o esperado, uma vez que, em paralelo, decorre com a do Reagir, Incluir e Reciclar (RIR), de Vitorino Silva. O acórdão que legalizou o Aliança, de Pedro Santana Lopes, foi emitido 35 dias depois da entrega das assinaturas do TC.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

2020 regista descida de acidentes rodoviários, mortos e feridos durante os primeiros 8 meses

O número de acidentes rodoviários, de vítimas mortais e de feridos diminuiu nos primeiros oito meses deste ano, em relação ao período homólogo de 2019, indica um relatório da Segurança Rodoviária. A Autoridade Nacional de Segurança …

Suspeito do ataque junto ao Charlie Hebdo acusado de tentativa de homicídio

O suspeito de ferir gravemente duas pessoas, na passada sexta-feira, à porta da antiga redação do semanário Charlie Hebdo, em Paris, foi acusado de "tentativa de homicídio relacionada com motivação terrorista", segundo a AFP. A informação …

SNS24 encaminhada crianças para a urgência "sem critério clínico", diz Ordem dos Médicos do Centro

A Ordem dos Médicos do Centro lamentou hoje que a linha SNS 24 esteja a encaminhar crianças "sem critério clínico" para as urgências hospitalares e pediu a definição urgente de "um plano seguro e com …

13 de outubro em Fátima com lotação reduzida a 6.000 fiéis

O Santuário de Fátima estima a presença de seis mil pessoas no recinto durante a peregrinação de 12 e 13 de outubro, estando prevista a colocação de círculos no chão, que reforçará a distância entre …

Jovem de 22 anos detido por suspeitas de burla de milhares de euros no MB Way

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um indivíduo, de 22 anos, suspeito de diversos crimes de burla informática, falsidade informática, acesso ilegítimo e branqueamento de capitais, estando em causa um montante de dezenas de milhares de …

Nagorno-Karabakh. Alta Comissária da ONU insta a um "cessar-fogo imediato"

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos manifestou, esta terça-feira, a sua preocupação face ao aumento das hostilidades entre o Azerbaijão e os separatistas arménios no enclave de Nagorno-Karabakh, instando as partes a …

Rio duvida que país consiga investir verba prevista para setor público

O presidente do PSD, Rui Rio, manifestou esta quarta-feira dúvidas de que o país consiga investir toda a verba prevista pelo Governo no plano de recuperação para a administração pública, prometendo que o documento social-democrata …

MP acusa três inspetores do SEF de homicídio de imigrante ucraniano

O Ministério Público acusou esta quarta-feira três inspetores do SEF do homicídio qualificado de um cidadão ucraniano, ocorrido a 12 de março no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa. Segundo uma nota da Procuradoria …

UE prepara lei que obriga gigantes tecnológicas a partilhar dados

A União Europeia (UE) está a preparar-se para forçar as gigantes tecnológicas a partilharem os dados que têm dos consumidores com empresas rivais menores, de acordo com uma nova lei que a Comissão Europeia está …

Morreu Quino, criador de Mafalda

O autor argentino Quino, célebre por ter criado a contestatária personagem de banda desenhada Mafalda, morreu esta quarta-feira em Mendoza, na Argentina, aos 88 anos, revelou a agência Efe. De acordo com o jornal argentino Clarín, …