Chefe do Exército deu informação errada ao Parlamento sobre Tancos

Miguel A. Lopes / Lusa

O chefe de Estado Maior General das Forças Armadas, general Rovisco Duarte

O general Rovisco Duarte, Chefe de Estado-Maior do Exército (CEME), facultou informação errada aos deputados da Comissão de Defesa Nacional (CDN), a propósito do processo de Tancos, no âmbito da investigação à discrepância entre a lista do material de guerra roubado e aquele que foi recuperado.

Diário de Notícias (DN) avança que o CEME disse aos deputados que a Polícia Judiciária (PJ) só fez o “auto de apreensão” do material de guerra em Junho de 2018, ou seja, oito meses depois de este ter sido recuperado pela Polícia Judiciária Militar (PJM), a 18 de Outubro de 2017.

Esta informação prestada por Rovisco Duarte na CDN acabou por “descredibilizar a acção” do Ministério Público (MP), como referem fontes da investigação ao DN.

“Se a PJ só fez o auto em Junho, como poderia o MP ter identificado uma discrepância em Março?”, afiançam estas fontes.

As informações prestadas por Rovisco Duarte demonstram, como destacam essas fontes, que “o CEME ou não estava bem informado ou, igualmente grave, foi intencional para desvalorizar a discrepância”.

O DN cita também fontes judiciais que acompanham o processo que asseguram que o auto de apreensão do material de guerra, que foi recuperado na Chamusca após uma chamada anónima, terá sido feito logo depois da sua detecção pela PJM, em Outubro de 2017.

Em Junho de 2018, há um segundo auto da PJ sobre os “caixotes e embalagens onde o material de guerra estava acondicionado”, para “efeitos de recolha de provas” como “impressões digitais” e “vestígios para análise forense”, referem as ditas fontes ao DN.

Essa recuperação do material furtado está a ser alvo de uma outra investigação por suspeitas de que foi encenada entre a PJM e o ladrão, um ex-militar referenciado como traficante de drogas e armas.

O gabinete de Rovisco Duarte desmentiu, em nota ao DN, que este tenha dado “qualquer informação errada aos Senhores Deputados”, sem apontar mais esclarecimentos.

Uma fonte da CDN admite ao DN que pode ter sido “um lapso” ou que o CEME pode ter “recebido essa informação errada de subalternos”, frisando contudo que “não deixa de ser preocupante que, tendo em conta o que estava em causa, um Chefe de Estado-Maior não consiga garantir informação rigorosa no Parlamento”.

Também o deputado Marco António Costa, do PSD, que preside à CDN, refere ao DN que pode “ter havido um lapso”.

Já o deputado Jorge Machado, do PCP, fala na eventualidade de um “simples equívoco, sem relevância no que era realmente importante esclarecer nessa audição – e que ficou por esclarecer – que era saber se havia mais material que não tinha sido recuperado, além das munições de 9 mm”.

Para João Rebelo, deputado do CDS, é “estranho”, mas “ainda está por saber se o CEME também disse a verdade quando invocou o segredo de justiça para negar aos deputados a lista do material recuperado”, salienta.

ZAP //

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Andor!
    Já devia ter sido demitido desde que se soube do furto em Tancos!
    O pior é não fez nada e ainda anda a brincar com o parlamento/portugueses!!

  2. O general Rovisco Duarte não é um subalterno de Marcelo que ostenta o cargo de Chefe Supremo das FA ? Marcelo aceita que este general continue em funções ? Ou anda ocupado com as selfies ?
    Não creio que o ministro da Defesa o demita, porque ele mesmo precisa ser demitido.
    Isto é que vai uma bananada nesta república das bananas !

        • Mas o que está em causa aconteceu agora com Marcelo como Comandante Supremo das Forças Armadas, não foi com os outros.
          Em vez de andar a tirar selfies devia era tratar do que lhe compete. É para isso que é pago

          • Certo, mas a competência para gerir esta situação não é directamente do PR, mas sim do Ministro da Defesa.
            Só passa para o PR em ultimo caso e, ele estará a evitar que a situação chegue a extremos.

            • Como chefe supremo das forças armadas tem a obrigação de se impor. Quando foi da ministra da Administração Interna, fê-lo, e isto é gavíssimo e da área direta de competência. É no mínimo questionável o comportamento deste SUJEITO, porque Portugal está já a ser alvo de chacota.

  3. Eu sempre tenho dito que no final da comédia toda quem vai ser culpado será o básico lá da Base aquando de uma operação de limpeza aos paióis.

  4. O general Rovisco é um lambe botas e um oprtunista. Fora com ele.
    E o general Xavier, presidente do IASFA, que nem sequer sabe a quem aluga as casas é outro incompetente. Fora com ele também.

    Generais? nem Sargentos deviam ser.

  5. o bananada és mesmo banana, acorda pelo menos deves ter 80 anos, ainda te asgarras a amizades esqueçe os tempos mudaram nova geração novos mundos, fora com eles os mentirosos, e tua acorda ao menos para os teus netos terem um melhor futuro,,, banana

RESPONDER

Ajax vs Benfica | Amesterdão volta a trair nos descontos

O Benfica esteve a um minuto de arrancar um ponto na Johan Cruijff, ante o Ajax, mas um golo nos descontos, de Noussair Mazraoui, ditou uma derrota inesperada para os comandados de Rui Vitória, por …

Mensagens falsas "mataram" o rei de Espanha (há 450 anos)

O fenómeno das notícias e mensagens falsas que se propagam de forma viral nas redes sociais preocupa cada vez mais governos, organizações internacionais e académicos, mas não é algo de novo. Desde a campanha eleitoral de …

Conflito no Iémen coloca 75% da população a precisar de ajuda alimentar

O conflito no Iémen tornou 8,4 milhões de pessoas dependentes de assistência alimentar de emergência e colocou 75% dos seus 22 milhões de habitantes a precisarem de ajuda, no país com a prior crise humana …

Encontrado engenho explosivo em casa do milionário George Soros

Esta segunda-feira, foi encontrado um engenho explosivo numa caixa de correio em cada de George Soros. O FBI iniciou esta terça-feira uma investigação e adiantou que "não representa qualquer ameaça à segurança pública". A polícia federal …

Austrália pede desculpa às milhares de vítimas de abusos sexuais

A Austrália pediu nesta segunda-feira oficialmente perdão por não ter “escutado e acreditado” nos milhares de vítimas de abusos sexuais perpetrados durante décadas dentro das instituições do país. “De novo e de novo, hoje pedimos desculpa”, …

Furacão Willa "grande e perigoso" a caminho do México

O furacão Willa, de categoria 4, está a preparar-se para a atingir a costa pacífica do México esta terça feira. De acordo com o Centro Nacional de Furacões dos EUA, espera-se que o Willa seja …

Bruxelas toma decisão inédita e chumba orçamento de Itália

A Itália é o primeiro país a ver o seu projeto orçamental "chumbado" pela Comissão Europeia desde a implementação do "semestre europeu" de coordenação de políticas económicas e orçamentais, instituído em 2010. A Comissão Europeia rejeitou …

Governo propõe super-desconto no IRS para futebolistas (e não só)

O "Programa Regressar", a nova medida fiscal que integra a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) e que visa fazer regressar a Portugal ex-residentes, abrange todo o tipo de profissões, incluindo futebolistas, sem …

CP admite falta de comboios até final do ano

O presidente dos Comboios de Portugal (CP) admitiu que o serviço regional com automotoras a gasóleo enfrenta maiores riscos por falta de pessoal e de peças na EMEF (empresa que mantém e repara comboios em …

Viúva do triatleta viu angolanos matarem o marido e foi de férias com o amante

Rosa Grilo, a viúva do triatleta Luís Grilo, que está detida por suspeitas de envolvimento na sua morte, assegura que foram indivíduos angolanos que o mataram, por causa de diamantes. Ela garante que assistiu ao …