/

Charlie Hebdo debaixo de fogo, agora na Roménia

remusbaias / Flickr

A tenista romena Simona Halep é a mais recente “vítima” do Charlie Hebdo

A conquista do Roland Garros por parte de Simona Halep continua a dar que falar. Uma caricatura da tenista, no semanário satírico francês, levou a que a embaixada francesa emitisse um comunicado.

Na edição da semana passada do semanário satírico Charlie Hebdo, dedicada ao mundial de futebol na Rússia, foi publicado um cartoon dedicado à tenista Simona Halep que indignou muito os romenos.

Na legenda do cartoon lê-se “Uma romena venceu o Roland Garros”, um cartton da autoria de Felix, que se refere à vitória da tenista no dia 9 de junho. Na caricatura, a romena surge a gritar “Ferro-velho! Ferro-velho!“, em alusão aos ciganos que, em França, se dedicam à recolha de ferro velho, explica o jornal i.

As reações da Roménia não tardaram. O desenho recebeu centenas de protestos na página do Facebook da publicação humorística e foram vários os meios de comunicação romenos que criticaram o conteúdo, apelindando-o de “racista“.

(dr) Charlie Hebdo

A publicação satírica Times New Roman respondeu na mesma moeda, afirmando que o que o Charlie Hebdo publicou “uma caricatura da mulher do presidente francês, Brigitte Macron, depois de ter roubado o troféu a Simona Halep”.

A indignação que se levantou no país foi de tal forma impactante que a embaixada francesa na capital romena acabou por emitir um comunicado no qual frisa que o Charlie Hebdo não representa França nem os franceses. “Esta publicação só vincula o seu autor e não representa o sentimento da opinião pública francesa.”

A anterior polémica contra o Charlie Hebdo deu-se após o furacão Harvey. Na capa, sob o título “Deus existe!”, surgia um cartoon com bandeiras nazis e mãos a submergir. “Ele afogou todos os neonazis do Texas!”, lia-se.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.