CEO da Microsoft pede desculpas por comentário sobre salários das mulheres

johannesmarliem78 / Flickr

Satya Nadella, CEO daMicrosoft

Satya Nadella, CEO daMicrosoft

O presidente da Microsoft, o indiano Satya Nadella, apresentou esta sexta-feira desculpas por ter sugerido, durante uma conferência sobre mulheres e tecnologia, que as mulheres não peçam aumentos nos seus salários e, em vez disso, que tenham “fé no sistema”.

O episódio ocorreu no “Grace Hopper Celebration of Women in Computing 2014”, em Phoenix, no Arizona.

Satya Nadella sugeriu no evento que as mulheres ficariam com “um bom karma” se não pedissem aumentos de salário.

“Não se trata exactamente de pedir um aumento, mas sim de ter fé em que o sistema lhe dará o aumento quando chegar a hora”, disse Nadella.

“Isso é bom karma. E o aumento acabará por vir”, acrescentou o executivo.

A moderadora do debate, Maria Klawe, presidente do Harvey Mudd College e directora da Microsoft, discordou imediatamente de Nadella.

Klawe sugeriu que as mulheres deviam avaliar os níveis salariais e, se fosse o caso, que pedissem aumento.

fortunebrainstormtech / Flickr

Maria Klawe, presidente do Harvey Mudd College e directora da Microsoft

Maria Klawe, presidente do Harvey Mudd College e directora da Microsoft

Resposta “completamente errada”

A polémica estalou instantaneamente na internet, especialmente no Twitter, levando o executivo a retratar-se e apresentar desculpas.

Num e-mail enviado aos funcionários, Nadella afirma que respondeu à pergunta “de forma completamente errada” e que apoia “de todo o coração” programas para reduzir a desigualdade salarial entre homens e mulheres.

“Maria perguntou-me que conselho eu daria às mulheres que não se sentem confortáveis a aumentos de salário. Eu respondi à pergunta de forma completamente errada”, retrata-se Nadella.

“Sem qualquer dúvida, apoio de todo o coração os programas da Microsoft para reduzir a desigualdade salarial entre géneros. Acredito que homens e mulheres devem receber salários iguais por desempenhos iguais”, acrescenta Nadella.

Além de pedir desculpas, o executivo diz no email que concorda com o que Maria Klawe afirmou no debate.

“O conselho de Maria é o correto. Se acha que merece um aumento, deve pedi-lo.”

Nadella admitiu ainda, no seu Twiter, que foi “pouco articulado” na sua resposta durante o debate.

Nascido na Índia, Nadella tornou-se presidente da Microsoft no início deste ano, substituindo o americano Steve Ballmer.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

CIP muda estatutos e António Saraiva recandidata-se ao quarto mandato

Uma alteração aos estatutos que será apreciada numa assembleia geral agendada para o dia 11 de novembro poderá vir a permitir que António Saraiva, atual presidente da CIP - Confederação Empresarial de Portugal, se recandidate …

PS adia negociações com partidos de esquerda

Os socialistas vão adiar todas as reuniões com os partidos sobre as medidas para o Orçamento do Estado. O encontro com o BE estava marcado para amanhã e foi cancelado. O mesmo acontecerá com o …

Protestos continuam em Londres. Ativistas invadem centro financeiro

Centenas de ativistas pelo clima do grupo Extinction Rebellion invadiram esta segunda-feira o centro financeiro de Londres para manifestarem repúdio por as grandes corporações financiarem os combustíveis fósseis. Muitos manifestantes, protegidos da intensa chuva com lonas …

"Tenho muitas dívidas, muito financiamento por pagar"

Isabel dos Santos explicou em entrevista à Lusa a origem dos seus investimentos, salientando serem totalmente privados, o que a levou a criar muitas dívidas. Disse ainda que os empresários têm dificuldade em trabalhar e …

Estados Unidos autorizados a aplicar taxas sobre produtos europeus

A Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou oficialmente esta segunda-feira os Estados Unidos a aplicar taxas alfandegárias sobre 7500 milhões de dólares de importações oriunda da União Europeia devido aos subsídios dados à Airbus. A OMC …

Tribunal rejeita providência cautelar requerida pela Ordem dos Enfermeiros contra ministério

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa rejeitou a providência cautelar pedida pela Ordem dos Enfermeiros (OE) contra o Ministério da Saúde no processo de sindicância à OE, anunciou esta segunda-feira o Governo. Em comunicado, o …

Paraísos fiscais. Portugal transferiu 672 milhões em 2018

Os bancos a operar em Portugal transferiram 672 milhões de euros no ano passado para territórios que constavam das listas de offshores problemáticos da União Europeia. Em 2018, os bancos a operar em Portugal transferiram 672 …

Discurso da Rainha. Entre crime, saúde e imigração, o Brexit foi destaque

Várias propostas de lei relacionadas com o Brexit destacam-se no programa do governo britânico para os próximos meses apresentado esta segunda-feira pela rainha Isabel II no parlamento, o qual inclui a implementação de um eventual …

Conservadores polacos vencem legislativas com maioria absoluta

Os conservadores nacionalistas no poder na Polónia venceram as eleições legislativas com 45,16% dos votos, de acordo com os resultados oficiais que se referem à contagem de 82,79% das circunscrições. O partido conservador eurocético Lei e …

Ambulâncias rejeitadas no Hospital de Setúbal por sobrelotação das urgências

Ambulâncias que chegavam ao Hospital de São Bernardo, em Setúbal, durante a tarde de domingo, foram encaminhadas para outros hospitais. As urgências do centro hospitalar estavam sobrelotadas. Entre as 12h e as 16h30 deste domingo, o …