Centeno só decide recandidatura ao Eurogrupo perto do fim do mandato

José Sena Goulão / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Mário Centeno, atual presidente do Eurogrupo, mantém o tabu: só decide se irá ou não recandidatar-se ao lugar perto de julho.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, só irá decidir se se recandidata a presidente do Eurogrupo perto do final do mandato, que termina a 13 de julho.

“O meu mandato termina a 13 de julho. Eu irei decidir sobre se vou candidatar-me ou não a um segundo mandato mais perto da data“, disse Centeno em entrevista ao jornal alemão Süddeutsche Zeitung, esta sexta-feira.

O futuro político de Mário Centeno – tanto no Eurogrupo como no próprio Governo – mantém-se assim como um tema tabu, uma vez que é preciso ser-se ministro das Finanças de um país da Zona Euro para se ser presidente do Eurogrupo. Esta semana, completam-se dois anos desde que é presidente do Eurogrupo.

Quer continue ou não no cargo, o ministro admitiu, na mesma entrevista, que a “maior dificuldade [do cargo] é a falta de sincronia no ciclo político na Europa“, ou seja, a mudança dos Governos nacionais após as eleições ou mesmo durante os mandatos dificultam a negociação de consensos dado que o equilíbrio das forças políticas e os interesses podem mudar ao longo do processo, explica o Negócios.

“Muitas vezes temos de esperar para tomar decisões ou seguir em frente com discussões porque em algum país há uma eleição. Paga-se um preço disso em termos do processo de tomada de decisão”, disse.

Ainda assim, Centeno considera que a Zona Euro está “muito melhor preparada” para enfrentar uma crise atualmente. “As nossas instituições melhoraram muito comparado com o início da crise”, apontou.

Na mesma entrevista, o presidente do Eurogrupo mostrou-se confiante num acordo sobre o sistema europeu de garantia de depósitos da União Europeia, que vai substituir os atuais seguros de depósito a nível nacional.

“Trabalhamos de acordo com o lema: nada é acordado até que tudo esteja acertado. Muitas coisas são consideradas inaceitáveis, especialmente se forem vistas isoladamente, mas no final você pode concordar com elas como parte de um pacote”, afirmou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Julgamento de Rui Pinto arranca dia 4 de setembro

O pirata informático português Rui Pinto vai a julgamento no dia 4 de setembro, escreve a Sábado. O alegado autor do Football Leaks responde por 90 crimes de acesso indevido, violação de correspondência, acesso ilegítimo, …

PCP anuncia voto contra no Orçamento Suplementar

Apesar da abstenção na votação inicial, o PCP anunciou que vai votar contra o Orçamento Suplementar na votação final marcada para esta sexta-feira. "Concluída a votação na especialidade verifica-se que os aspetos negativos da proposta do …

Figura em pedra com mais de dois mil anos descoberta em Miranda do Douro

O acaso colocou a descoberto em Duas Igrejas, no concelho de Miranda do Douro, uma figura zoomórfica que representa um berrão (porco) e que os arqueólogos datam entre os séculos IV e I a.C., foi …

FBI prende Ghislaine Maxwell, ex-namorada de Jeffrey Epstein

A ex-namorada de Jeffrey Epstein, Ghislaine Maxwell, foi esta quinta-feira detida pelo FBI. A mulher de 58 anos é acusada de ajudar a montar uma rede de tráfico de mulheres. O FBI deteve, esta quinta-feira, Ghislaine …

Polícia italiana apreendeu 14 toneladas de anfetaminas. Droga foi produzida pelo Estado Islâmico

As autoridades italianas apreenderam na quarta-feira 14 toneladas de anfetaminas produzidas na Síria por membros do Estado Islâmico, cujos lucros serviriam para reativar as suas operações. "É um facto que o Daesh [Estado Islâmico] utiliza a …

Câmara de Lisboa defende fim do financiamento público às touradas

A Câmara de Lisboa defendeu hoje a criação de legislação que impeça o financiamento público de espetáculos que "causem sofrimento animal", salientando que as touradas incluem "atos de violência". Numa moção “pelo fim de espetáculos com …

Acordo entre Neeleman e Governo já só depende da confirmação da Azul

O acordo entre David Neeleman e o Governo está prestes a concretizar-se, escreve o Expresso. Aparentemente já só falta a confirmação da Azul para garantir o acordo. Depois de a nacionalização da companhia ter sido dada …

Medina recua e diz que "há convergência total" com Governo no combate à pandemia

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse hoje que “há convergência total” com o Governo no combate à pandemia de covid-19, recusando que as críticas que fez à atuação das autoridades de saúde …

Parlamento vai debater o teletrabalho por iniciativa do PAN

O PAN considera que "o teletrabalho é uma ferramenta que pode ajudar a conciliar a vida profissional e a vida familiar", ainda que apresente fragilidades como a "invasão da vida pessoal". O PAN agendou para sexta-feira …

PSP também queria prémio semelhante ao dos profissionais de saúde

O Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP) manifestou-se esta quinta-feira “desiludido” com “a falta de respeito” que o Governo demonstra em relação à PSP e a outras forças de segurança que estão na “linha da …