CDS diz que Portugal está “na liga dos últimos” no combate à covid-19

Paulo Novais / Lusa

O presidente do CDS-PP considerou que Portugal está “a disputar a liga dos últimos no combate à covid-19” e acusou o Governo de transmitir “sinais contraditórios”, pedindo-lhe coerência na mensagem e nas regras de saúde.

Em declarações aos jornalistas, no Palácio de Belém, em Lisboa, Francisco Rodrigues dos Santos defendeu que “têm de existir medidas mais restritivas, sobretudo em Lisboa e Vale do Tejo, para impedir que se acentue uma situação epidemiológica de descontrolo”, mas remeteu para o Governo as soluções em concreto a adotar.

O presidente do CDS-PP deu como um exemplo de “sinais contraditórios e duplos critérios” por parte do Governo a decisão de “limitar, e bem, a concentração de pessoas e, ao mesmo tempo, autorizar manifestações de largas centenas onde as regras de segurança não são cumpridas”. Questionado, em seguida, se entende que se deveria limitar o direito de manifestação e como é que isso poderia ser feito, tratando-se de um direito constitucionalmente garantido, Francisco Rodrigues dos Santos respondeu: “Essa é uma resposta que o Governo naturalmente terá de dar”.

“Eu não estou a dizer que se deve limitar o direito de manifestação. Eu estou a dizer que, ao mesmo tempo que se limita a concentração de pessoas até às dez, não se pode autorizar manifestações onde essas mesmas regras não são aplicadas e onde se verifica que os comportamentos de saúde pública não se encontram plasmados“, reiterou, sem adiantar quais as normas que no seu entender deveriam vigorar.

Francisco Rodrigues dos Santos, que falava após uma reunião com o Presidente da República, que está a ouvir os partidos políticos, centrou a sua mensagem na situação sanitária do país, acusando o Governo de transmitir “sinais contraditórios e duplos critérios que as pessoas não compreendem” que provocaram uma “confusão e baralhação”.

O presidente do CDS-PP apontou como outros exemplos de incoerência “autorizar espetáculos no Campo Pequeno, quando na mesma praça não são permitidas corridas de touros”, e declarar que “não existe mais dinheiro para apoiar as famílias e as empresas e, ao mesmo tempo, aparecerem sempre novas verbas para injetar no Novo Banco”.

“E o Governo não se pode congratular com a receção da fase final da Liga dos Campeões e dizer que isto é um prémio para os profissionais de saúde, quando está a disputar a liga dos últimos ao nível do controlo das infeções por covid-19”, considerou, referindo-se à cerimónia realizada na semana passada no Palácio de Belém, em Lisboa, em que discursaram, entre outros, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa.

Criticando o “aparato mediático, até carnavalesco” dessa cerimónia, acrescentou: “Estamos a disputar a liga dos últimos no combate à covid-19 e foi chumbada no parlamento uma proposta que visava um suplemento, um prémio aos profissionais de saúde que estiveram envolvidos no combate à covid-19, uma proposta do CDS-PP”.

O presidente do CDS pediu ao Governo coerência na mensagem e nas regras de saúde pública, e “que se compreenda que existe uma punição” se forem desrespeitadas.

De acordo com o relatório de da Direção-Geral da Saúde (DGS), desde domingo registaram-se mais quatro mortes com covid-19 e mais 259 infetados, a maioria na Região de Lisboa e Vale do Tejo, onde tem surgido a maioria dos novos casos.

Em Portugal, os primeiros casos desta doença provocada por um novo coronavírus foram confirmados no dia 2 de março e já morreram 1.534 pessoas num total de 39.392 pessoas contabilizadas como infetadas.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Política orçamental tem de "ser adaptada", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, defendeu que as medidas de apoio à economia criadas pelos governos em 2020 foram "corajosas", mas também "mais simples de desenhar face ao que vem agora", tendo …

Funcionários de limpeza dos Hospitais já estão a ser vacinados

O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou, esta quarta-feira, que começaram a ser vacinados trabalhadores de limpeza dos Serviços de Utilização Comum dos Hospitais. O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou, esta quarta-feira, que começaram a ser vacinados …

Egito aprova projeto de alargamento do Canal do Suez

O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, aprovou esta terça-feira um projeto de alargamento e aprofundamento de uma parte do Canal do Suez após o bloqueio em março por um navio mercante desta artéria, crucial para …

PRR tem 36 milhões para apoiar contratação de 350 “cientistas”

O Governo tem 186 milhões de euros no Plano de Recuperação e Resiliência para reforçar e capacitar o Sistema Científico e Tecnológico nacional e fomentar a sua articulação com a indústria. Segundo avança o ECO, uma …

Comissão de revisão constitucional proposta pelo Chega deverá acabar rapidamente

A comissão de revisão constitucional proposta pelo Chega vai tomar posse na próxima quinta-feira, mas deverá acabar depressa, uma vez que apenas a Iniciativa Liberal apresentou projeto. A presidência da comissão cabe ao PS, a primeira …

Candidatura ibérica ao Europeu de andebol. Lisboa é a única cidade portuguesa

O campeonato da Europa da modalidade, em 2028, pode ser realizado em diversas cidades espanholas. E na capital portuguesa. A Federação de Andebol de Portugal e Real Federação Espanhola de Andebol confirmaram nesta terça-feira que submeteram …

Uber usou 50 empresas de fachada holandesas para evitar impostos, revela relatório

A Uber recorreu a cerca de 50 empresas de fachada holandesas para reduzir a sua carga fiscal global, revelou a mais recente investigação do australiano Center for International Corporate Tax Accountability and Research. Segundo avançou o …

Task force traça nova meta e prevê 70% da população vacinada até ao início de agosto

O processo de vacinação em Portugal vai contar, a partir deste segundo trimestre, com uma maior quantidade de vacinas disponíveis, principalmente a partir do final deste mês. Esta quarta-feira, no Parlamento, o vice-almirante Henrique Gouveia e …

Mais quatro mortes e 485 casos em Portugal. R(t) sobe ligeiramente

Esta quarta-feira, Portugal regista mais quatro óbitos e 485 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Coroa de diamantes e safiras da rainha Maria II vai hoje a leilão em Genebra

A leilão vai também, esta quarta-feira, um conjunto de adornos, igualmente em safiras e diamantes, da coleção de Estefânia de Beauharnais, filha adotiva de Napoleão I Várias joias que pertenceram a casas reais europeias, entre as …