Conselho Diretivo do Sporting substitui Mesa da Assembleia Geral

Andre Kosters / Lusa

O Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho

O Conselho Diretivo (CD) do Sporting, reunido na quinta-feira, revelou, em comunicado, que decidiu substituir a Mesa da Assembleia Geral (MAG) e respetivo presidente através da criação de uma comissão transitória da MAG.

Segundo o Conselho Diretivo, a reunião de quinta-feira deveu-se “à renúncia em bloco da MAG e da renúncia da maioria dos membros do Conselho Fiscal e Disciplinar, e por não terem sido iniciados pelos mesmos os procedimentos legais e estatutários a que estão vinculados e que permitiriam o normal funcionamento do clube e a consequente defesa dos superiores interesses” do clube.

O CD leonino refere ainda que, ao invés, “o universo leonino tem sido, nestas últimas semanas, confrontado, pelos mesmos, com uma série de decisões ilegais, como, por exemplo, o anúncio de assembleias gerais de destituição e a constituição de comissões de fiscalização ilegítimas, que têm sido altamente nocivas para a atividade do clube, a atividade da SAD e para a imagem das mesmas”.

Deste modo, decidiu aquele CD substituir os demissionários Mesa da Assembleia Geral e respetivo presidente, através da criação de uma comissão transitória da MAG, que será composta por Elsa Tiago Judas, advogada, Trindade Barros, advogado e Yassin Nadir Nobre, empresário.

Entretanto, aquela comissão transitória deliberou substituir o Conselho Fiscal e Disciplinar demissionário por uma comissão de fiscalização, formada por José Maria Subtil de Sousa, ex-vice-presidente do Sporting, Miguel Varela, diretor do Instituto Superior de Gestão e ex-membro do Conselho Leonino, Sérgio Félix, contabilista certificado, Fernando Carvalho, empresário e ex-membro do Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting, e Pedro Miguel Monteiro Carrilho, médico.

A comissão decidiu ainda convocar uma Assembleia Geral Ordinária para 17 de junho, para aprovação do Orçamento da época 2018/19, aprovação de duas alterações estatutárias e análise da situação do clube e prestação de esclarecimentos aos sócios e convocar uma Assembleia Geral Eleitoral para a Mesa da Assembleia Geral e para o Conselho Fiscal e Disciplinar para o dia 21 de julho.

O CD refere que, com aquelas medidas, consegue assegurar “o normal funcionamento do clube e a defesa dos superiores interesses do Sporting, garantindo a continuidade de processos como empréstimo obrigacionista na SAD, contratualização da reestruturação financeira e normal funcionamento da época desportiva que está a decorrer, bem como a preparação da próxima época”. No comunicado, é realçado ainda “não se realizará qualquer Assembleia Geral no dia 23 de junho”.

Marta Soares considera decisão “ilegal”

O presidente da MAG, Jaime Marta Soares, considerou que a substituição dos membros por parte do Conselho Diretivo do clube “não tem cobertura estatutária” e por isso “é ilegal”.

“Não tem sustentação legal. Não está contemplado em nenhuma parte do estatuto, não é agora o Conselho Diretivo que por si faz leis ou estatutos, tem que seguir regras. Não tem qualquer sustentabilidade estatutária e é ilegal”, disse, em declarações à agência Lusa.

Para Marta Soares, a decisão do CD “é uma demonstração inequívoca de que há um assalto ao poder, do tipo golpe de estado” e que tal “não tem qualquer razão de ser”.

Além disso, o presidente da Mesa da Assembleia Geral afirma que não apresentou, formalmente, a demissão do cargo, mediante comunicação ao Conselho Fiscal do clube.

“Para me demitir tinha de ter apresentado um pedido, uma informação ao Conselho Fiscal a dizer me demitia, só assim é que estaria consumada a minha demissão, mas eu nunca o fiz”, esclareceu.

O presidente da MAG explicou que não apresentou formalmente a demissão ao Conselho Fiscal por considerar que “o comandante é o último a abandonar o navio”.

“Não deixaria o Sporting sem quem tivesse a responsabilidade de consolidar as eleições, de fazer tudo o que tinha de ser feito e isso é a assembleia” que tem essa competência, assinalou.

Na quinta-feira, Marta Soares revelou os nomes da comissão de fiscalização que exercerá as funções que cabem ao Conselho Fiscal e Disciplinar e que terá as competências deste órgão.

Marta Soares revelou que a referida comissão será composta pelos sócios Henrique Manuel Baptista da Costa Monteiro, jornalista, João Luís Correia Duque, professor catedrático em finanças, António Paulo Santos, advogado, Luís Manuel Macedo Pinto de Sousa, professor e investigador do Instituto de Ciências Sociais, e Rita Batalha Dias Garcia Pereira, advogada.

Ação da Holdimo já entrou nos tribunais

A Holdimo, segundo maior acionista da SAD do Sporting, já deu entrada esta semana nos tribunais com uma ação especial para destituir a administração liderada por Bruno de Carvalho, anunciou Álvaro Sobrinho.

Em declarações publicadas pelo Jornal Económico, o líder da empresa angolana disse que a “Holdimo interpôs uma ação para destituir a Comissão Executiva da Sporting SAD, que visa travar a degradação do património e a situação insustentável de uma empresa que é cotada na bolsa”.

O empresário angolano explica que o processo, que tem como fundamento uma alegada “violação de deveres, ”surge na sequência da recusa de Bruno de Carvalho em se demitir, defendendo que “Portugal é um país democrático e de direito e não uma ditadura”.

Álvaro Sobrinho disse ao jornal que a decisão desta ação, que deu entrada esta semana nos tribunais “para não prejudicar uma empresa cotada, deverá ser rápida e urgente”.

O líder da Holdimo disse também que a ação resulta “de uma negação total de uma direção que, por si, acha que é dona de tudo”, realçando que a “Sporting SAD está numa situação que tem de ter soluções viáveis e que a prioridade do acionista é arranjar uma solução, que passa evidentemente pela mudança da direção”.

A ação visa destituir Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, Rui Caeiro e Guilherme Pinheiro da administração da SAD do Sporting – todos exceto Nuno Correia da Silva, representante da empresa que é o segundo maior acionista da SAD.

Álvaro Sobrinho já tinha classificado anteriormente o presidente Bruno de Carvalho de “mentiroso compulsivo”, “morto-vivo” e “malfeitor”, prometendo usar “todos os instrumentos jurídicos” para o destituir.

F365 ZAP // Futebol 365

PARTILHAR

RESPONDER

Mais de 40 pessoas, quase todas crianças, no hospital de Beja com vómitos

Um total de 35 crianças e seis adultos oriundos de diversas escolas do concelho de Beja deram esta terça-feira entrada no Hospital José Joaquim Fernandes, naquela cidade alentejana. A notícia foi avançada por fonte hospitalar, que …

Novo Banco. "Não era um banco bom, foi preciso fazer dele um bom banco", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, afirmou esta terça-feira que o Novo Banco “não era um banco bom” e “foi preciso fazer dele um bom banco”, recordando o “legado do BES” que marca …

Ensino superior com vagas especiais para lusodescendentes

O Governo alargou o contingente especial de acesso ao ensino superior dirigido a emigrantes e seus familiares permitindo que, no próximo ano letivo, se possam candidatar todos os lusodescendentes, de nacionalidade portuguesa e residentes no …

Países admitem criação de lotaria europeia do património

A ministra portuguesa da Cultura, Graça Fonseca, disse esta terça-feira que os Estados-membros da União Europeia (UE) admitem a criação de uma lotaria europeia do património, como a que arranca hoje em Portugal, para angariar …

Costa pede fim dos ataques de Israel a enclaves palestinianos

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje o fim dos ataques de Israel aos enclaves palestinianos na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, para que se possa regressar a um caminho em que “a paz seja …

Taxa de vacinação completa no distrito de Bragança superior à média nacional

A taxa de vacinação completa contra a covid-19 no distrito de Bragança é superior à média nacional, com 19,3% da população com duas doses, enquanto no país o valor é de 13,5%, segundo dados oficiais. A …

Praias. Regras mais apertadas e multas já a partir de amanhã

A partir desta quarta-feira, entra em vigor o decreto de lei que regula o acesso, a ocupação e a utilização das praias no contexto da pandemia. Quem não cumprir as regras está sujeito a coimas …

Guimarães deixa de pagar a taxa do lixo na fatura da água

Guimarães vai alargar o sistema de recolha de lixo "Pay-as-you-throw", em que o utilizador só paga o lixo que produz. O sistema de recolha de lixo em que o utilizador só paga o que produz vai …

Fundo de Resolução informará Governo nos próximos dias sobre valor da injeção

O presidente do Fundo de Resolução antecipou esta terça-feira que "nos próximos dias" conta informar o Governo sobre o valor que a instituição considera que o Novo Banco deve receber em relação a 2020. Luís Máximo …

Portugal "lutará até ao último minuto" pelo pacto migratório, diz Santos Silva

A presidência portuguesa do Conselho "lutará até ao último minuto do seu mandato" por um acordo sobre o Pacto para as Migrações e Asilo proposto pela Comissão Europeia, garantiu esta terça-feira no Parlamento Europeu o …