“Não se esqueçam de agradecer a PSD, PS e CDS-PP” pelo corte de sustentabilidade na pensão

Luís Forra / Lusa

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, acusou este domingo o PS, PSD e CDS-PP de utilizarem a União Europeia (UE) “como desculpa sempre que querem travar” conquistas laborais para todos os que vivem do seu trabalho.

“Nunca se esqueçam, quando PS, PSD e CDS querem travar conquistas concretas para quem vive do seu trabalho, utilizam sempre a União Europeia como desculpa e, como tal, também está nas nossas mãos tirar-lhes essa desculpa”, avançou a líder do bloco, em Almodôvar, no Alentejo.

Ao discursar durante um almoço convívio com cerca de 50 trabalhadores das lavarias das minas alentejanas, Catarina Martins frisou que, neste tempo, em que há quem goste de discutir tudo “menos o que conta, o problema não é saber se no parlamento há mais força à esquerda, mas fazer o caminho que falta para reconhecer os direitos dos trabalhadores”.

“O que conta é fazermos o caminho que falta para reconhecer os direitos dos trabalhadores por turnos e dos que têm horário noturno e defendê-los. É em cada passo dado, em cada conquista concreta que vamos buscar a força para tudo o que falta fazer, porque é só assim que a política tem sentido”, sublinhou.

Numa alusão às eleições europeias e legislativas, Catarina Martins recordou que 2019 vai ser um ano de escolhas, “e as escolhas têm de ser pelo que conta, e o que conta são as condições concretas da vida das pessoas”.

“O que conta é que todos os trabalhadores tenham direitos, bem como os das lavarias ou pedreiras tenham direito ao desgaste rápido no momento de aceder à reforma e acabar com o fator de sustentabilidade”, destacou.

Na opinião da líder do BE, a política que conta é saber quem respondeu por quem trabalha, “por quem constrói o país ou quem é que assobiou para o lado”, assegurando que o BE vai continuar “a dar mais luta pela defesa de quem trabalha e para as mudanças que contam”. “Quando virem o corte de sustentabilidade na pensão, não se esqueçam de agradecer a PSD, PS e CDS-PP”, ironizou.

Catarina Martins destacou ainda a luta dos trabalhadores das lavarias de minério, “um exemplo extraordinário na defesa dos seus direitos que alcançaram o reconhecimento como profissão de desgaste rápido”. “Pela vossa luta, finalmente, a lei diz algo que demorou tantos anos, mas é da mais elementar justiça, que é reconhecer aos trabalhadores das lavarias o mesmo regime de desgaste rápido dos mineiros”, destacou.

A coordenadora bloquista recordou ainda que o BE “propôs, lutou pela proposta no parlamento, mas foi a luta dos trabalhadores que não deixou o assunto morrer e permitiu avanços no parlamento”.

A Assembleia da República aprovou em dezembro o alargamento do regime especial de acesso às pensões de invalidez e velhice dos trabalhadores do interior das minas aos que trabalham nas lavarias de minério e na indústria de extracção e transformação da pedra.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Texto recentemente traduzido revela segredos sobre "poderes sobrenaturais" dos samurais

Um texto samurai recentemente traduzido - designado "Doze Regras da Espada" - revela os segredos de uma escola onde ensinavam a combater espadas, que desenvolveu e dominou determinada técnica que parecia fornecer aos seus praticantes …

Jesus orientou primeiro treino no Flamengo, pediu compromisso e deu lição

O treinador português Jorge Jesus iniciou hoje a ‘aventura’ na equipa de futebol do Flamengo, pedindo aos jogadores “compromisso” em prol do conjunto do Rio de Janeiro, antes de orientar o primeiro treino dos ‘rubro-negros’. “O …

Maher e Safa deixaram sonhos para trás. Mas reencontraram a paz em Portugal

Os sonhos de Maher e de Safa ficaram adiados com a guerra na Síria, mas reencontraram a paz em Portugal, onde residem há dois anos ao abrigo de um programa de acolhimento de refugiados. É no …

São Francisco poderá ser a primeira cidade a proibir venda de cigarros eletrónicos

Se esta decisão for aprovada pela FDA, São Francisco vai tornar-se a primeira cidade a banir a venda de cigarros eletrónicos. De acordo com o Observador, a Câmara de Supervisores de São Francisco, nos EUA, aprovou uma …

Nunca houve tantos deslocados no mundo. São mais de 70 milhões

Um novo recorde foi quebrado no mundo em 2018, com 70,8 milhões de pessoas deslocadas das suas casas ou dos seus países, devido às guerras ou perseguições, anunciou esta quarta-feira as Nações Unidas. O relatório anual …

A monogamia foi inventada pelas mulheres (e o casamento, pelos homens)

A poligamia é natural no ser humano e a monogamia foi criada por imposição para a mulher, diz o investigador português Rui Diogo, que usa a ciência e a história para explicar a relação entre …

Morreu o DJ Zdar do duo electrónico Cassius. Caiu da janela de um prédio em Paris

O músico, produtor e DJ francês Philippe Cerboneschi, mais conhecido por Zdar, morreu aos 50 anos após ter caído da janela de um apartamento em Paris. O seu agente confirmou a "queda acidental" sem revelar …

PS quer o Estado a pagar licença sabática aos portugueses para voltarem a estudar

A criação de uma licença sabática para qualificar trabalhadores e um sistema de prémios e penalizações para combater a desigualdade salarial são medidas que o PS inclui no seu projecto de programa eleitoral. O director do …

Putin reconhece: as condições de vida dos russos pioraram nos últimos anos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, admitiu esta quinta-feira que as condições de vida no país pioraram nos últimos anos, mas assegurou que as autoridades russas trabalham para reverter essa tendência, e enumerou os primeiros …

Marcelo, o "verdadeiro professor", é estrela em promo de La Casa de Papel

O novo vídeo promocional de La Casa de Papel tem um protagonista improvável. Marcelo Rebelo de Sousa, ou, na verdade, uma imitação do Presidente da República, faz uma chamada para a inspetora Raquel. Na chamada telefónica, …