“Não se esqueçam de agradecer a PSD, PS e CDS-PP” pelo corte de sustentabilidade na pensão

Luís Forra / Lusa

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, acusou este domingo o PS, PSD e CDS-PP de utilizarem a União Europeia (UE) “como desculpa sempre que querem travar” conquistas laborais para todos os que vivem do seu trabalho.

“Nunca se esqueçam, quando PS, PSD e CDS querem travar conquistas concretas para quem vive do seu trabalho, utilizam sempre a União Europeia como desculpa e, como tal, também está nas nossas mãos tirar-lhes essa desculpa”, avançou a líder do bloco, em Almodôvar, no Alentejo.

Ao discursar durante um almoço convívio com cerca de 50 trabalhadores das lavarias das minas alentejanas, Catarina Martins frisou que, neste tempo, em que há quem goste de discutir tudo “menos o que conta, o problema não é saber se no parlamento há mais força à esquerda, mas fazer o caminho que falta para reconhecer os direitos dos trabalhadores”.

“O que conta é fazermos o caminho que falta para reconhecer os direitos dos trabalhadores por turnos e dos que têm horário noturno e defendê-los. É em cada passo dado, em cada conquista concreta que vamos buscar a força para tudo o que falta fazer, porque é só assim que a política tem sentido”, sublinhou.

Numa alusão às eleições europeias e legislativas, Catarina Martins recordou que 2019 vai ser um ano de escolhas, “e as escolhas têm de ser pelo que conta, e o que conta são as condições concretas da vida das pessoas”.

“O que conta é que todos os trabalhadores tenham direitos, bem como os das lavarias ou pedreiras tenham direito ao desgaste rápido no momento de aceder à reforma e acabar com o fator de sustentabilidade”, destacou.

Na opinião da líder do BE, a política que conta é saber quem respondeu por quem trabalha, “por quem constrói o país ou quem é que assobiou para o lado”, assegurando que o BE vai continuar “a dar mais luta pela defesa de quem trabalha e para as mudanças que contam”. “Quando virem o corte de sustentabilidade na pensão, não se esqueçam de agradecer a PSD, PS e CDS-PP”, ironizou.

Catarina Martins destacou ainda a luta dos trabalhadores das lavarias de minério, “um exemplo extraordinário na defesa dos seus direitos que alcançaram o reconhecimento como profissão de desgaste rápido”. “Pela vossa luta, finalmente, a lei diz algo que demorou tantos anos, mas é da mais elementar justiça, que é reconhecer aos trabalhadores das lavarias o mesmo regime de desgaste rápido dos mineiros”, destacou.

A coordenadora bloquista recordou ainda que o BE “propôs, lutou pela proposta no parlamento, mas foi a luta dos trabalhadores que não deixou o assunto morrer e permitiu avanços no parlamento”.

A Assembleia da República aprovou em dezembro o alargamento do regime especial de acesso às pensões de invalidez e velhice dos trabalhadores do interior das minas aos que trabalham nas lavarias de minério e na indústria de extracção e transformação da pedra.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Google impediu acidentalmente a venda de uma antiguidade roubada

No início deste mês, uma tentativa de contrabandear uma antiga pedra esculpida foi frustrada por uma simples busca no Google. O funcionário da alfândega em Heathrow achou que a alegação era suspeita. O contrabandista escreveu num …

Exposição de Joana Vasconcelos em Bilbau foi a 13.ª mais vista no mundo em 2018

A mostra de Joana Vasconcelos, atualmente patente no Museu de Serralves, foi vista em Bilbao por cerca de 649 mil pessoas - uma média de 5.600 por dia. A exposição I'm Your Mirror, de Joana Vasconcelos, …

O melhor professor do mundo é queniano e doa 80% do seu salário

Peter Tabichi é queniano, tem 36 anos e doa 80% do salário para desenvolver a sua comunidade local, numa remota vila no Quénia. Este domingo foi eleito, no Dubai, o melhor professor do mundo. Em Pwani, …

Pentágono autoriza mil milhões de dólares para construção de muro de Trump

O secretário da Defesa interino norte-americano, Patrick Shanahan, anunciou na segunda-feira o desbloqueio de mil milhões de dólares para a construção de um muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México. Shanahan “autorizou o …

Advogados de Rui Pinto recorrem da prisão preventiva

Os advogados de Rui Pinto, colaborador do "Football Leaks", confirmaram esta segunda-feira que vão recorrer da medida de prisão preventiva aplicada sexta-feira ao seu cliente pelo Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. A decisão de recorrer …

Se a corrida continuar a três, McLaren ameaça deixar a Fórmula 1

A McLaren, a segunda equipa mais antiga da Fórmula 1, ameaça desistir da modalidade caso os regulamentos elaborados para 2021 não a tornem numa competição justa. A visão da Fórmula 1, a modalidade de automobilismo mais …

México quer que rei da Espanha peça perdão pela conquista colonial

Obrador diz que esta é a única forma possível de obter a reconciliação plena entre os países. O pedido foi feito por carta. O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, anunciou ter enviado uma carta ao …

"O Vieira pediu-me para dar uma coça a Francisco J. Marques"

Vítor Catão, diretor desportivo do S. Pedro da Cova, afirmou que o Benfica, através do seu presidente Luís Filipe Vieira, lhe deu 200 mil euros para colocar uma "lapa" no carro de Pinto da Costa, …

"Governo saudita deu a ordem" para matar Khashoggi

Em entrevista ao El Mundo, a namorada do jornalista saudita Jamal Khashoggi afirma que a ordem que determinou a sua morte foi dada pelo Governo da Arábia Saudita. Em entrevista ao diário espanhol El Mundo, a …

Já há água, eletricidade e estradas abertas na cidade da Beira

Começam a ver-se pequenos avanços na Beira, em Moçambique, que inicia o lento caminho da reconstrução, após a passagem do ciclone Idai, que matou pelo menos 446 pessoas e destruiu cerca de 90% dos edifícios …