/

Casas mais baratas levam portugueses a “fugir” para Espanha

19

Várias pessoas que vivem perto da fronteira com Espanha optam por viver no país vizinho e trabalhar em Portugal, devido aos valores mais baixos de rendas imobiliárias.

Os altos valores do mercado imobiliário em Portugal e a oferta mais acessível em Espanha está a levar muitos portugueses a “fugir” para o país vizinho. A tendência afeta principalmente aqueles que vivem na raia, a fronteira que separa a Península Ibérica. A solução passa por viver em Espanha e trabalhar em Portugal.

Se na fronteira algarvia o arrendamento atinge os 600 euros, o lado espanhol está a atrair cada vez mais nacionais, que ali arrendam apartamentos por metade do preço, escreve o Expresso.

As idas e vindas dos portugueses entre o Algarve e a vizinha Andaluzia são cada vez mais constantes. Num caso citado pelo semanário, Joana mora numa vivenda na Costa Esuri, num condomínio fechado, com duas piscinas e vista para o Guadiana, pagando 400 euros por mês.

Nesta zona de Ayamonte são muitos os edifícios projetados para turismo que ficaram abandonados com a crise económica e que “começam agora a ser recuperados e acabados”, sublinha o Expresso.

Além de gastar “um pouco menos” em alguns produtos alimentares, os carros custam “metade do preço” e o combustível é “mais baixo” do que em Portugal.

No que toca a compra de habitação, um apartamento na Isla Canela está à venda por 125 mil euros — com vista para o rio, dois quartos, sala e cozinha em open space e uma açoteia de 50 metros quadrados. Em Monte Gordo, o preço ronda os 170 mil. Na Vista Esuri, há um T2 por 95 mil euros, numa urbanização com piscina e campo de golfe.

  Daniel Costa, ZAP //

19 Comments

  1. O português sempre quis ganhar muito em pouco tempo, sempre que vêm uma oportunidade logo tentam inflacionar o preço, daí o resultado de tudo isto e a discrepância entre o nível de vida dos dois países e que pelos vistos se vai acentuando em vez de convergirem, do lado de cá da fronteira não existe forma de aprenderem a lição e isto vai desde governantes até acabar no mais modesto cidadão, espantam a caça toda!

  2. Por toda a costa Espanhola há por menos de 60 mil € chega-se a ver por pouco mais de 40 mil€ carradas de apartamentos de construção recente com garagem em primeira linha de mar ou a menos de 50 metros , em Portugal encontrar um abaixo dos 100 mil e um achado e onde o Judas perdeu as botas.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.