Cartão do Cidadão em 5 minutos? É possível, mas só depois de esperas de horas ou meses

A medida “simplex” foi anunciada com pompa pelo Governo, decretando que passaria a ser possível renovar o Cartão de Cidadão em apenas 5 minutos. Isso até é possível, mas até conseguir chegar ao momento da renovação efectiva, podem passar-se horas ou meses à espera.

Longas filas de espera e senhas que se esgotam mal começam a ser distribuídas por volta das 09 e tal, 10 horas da manhã. Este é o cenário das pessoas que tentam renovar o Cartão do Cidadão (CC) na maioria dos locais para o efeito nas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto, onde os serviços estão “em ruptura”, como detectou o Observador.

Além disso, no agendamento prévio, as marcações podem demorar um mês ou mais, conforme os locais.

Por outro lado, muitas pessoas se queixam do “mau atendimento por parte dos funcionários” e das dificuldades em obter resposta nos contactos por telefone ou por email.

“Entre as 9h30 e as 10 horas, vai tudo [os funcionários] tomar o café. Só atenderam duas pessoas”, queixa-se, ainda, uma pessoa presente num posto de renovação do CC em Lisboa, em declarações recolhidas pelo Observador.

Mal se chega ao balcão, o processo em si dura entre 15 a 30 minutos, com o registo da fotografia, das impressões digitais e a digitalização da assinatura.

Os tais cinco minutos anunciados pelo Governo estão, desta forma, longe de serem verdade. A medida devia abranger as pessoas com 25 anos ou mais e já com os seus dados registados no sistema informático dos serviços de identificação.

O Ministério da Justiça explica ao Observador que o novo sistema garante um “fluxo de atendimento mais rápido porque permite, mediante autorização do cidadão, renovar o cartão com aproveitamento dos dados anteriormente recolhidos para o seu anterior documento de identificação, nomeadamente impressão digital, fotografia e altura”.

Fica também a garantia do MJ que serão criados “54 espaços adicionais (os Espaços Cidadão)” para “permitir descongestionar a pressão de atendimento em Lisboa”.

Todavia, este alargamento abrange apenas “as primeiras renovações de CC com validade de cinco anos, desde que o mesmo não se encontre caducado há mais de 30 dias e os pedidos de renovação por parte de cidadãos com idade igual ou superior a 25 anos”, como cita o Observador.

O problema da espera é menor em cidades mais pequenas e mais periféricas, nomeadamente no interior do país. E há há quem aproveite para renovar o CC em deslocações a casa dos pais ou em períodos de férias. O agendamento também é mais fácil e mais imediato nestas localidades.

Quanto à renovação online do CC, só é opção para quem tem mais de 25 anos e que tenha um cartão válido por 60 dias, sendo necessário que este tenha sido “perdido, destruído, roubado ou furtado”. Ainda assim, nestes casos, a renovação é uma mera segunda via, exigindo uma renovação presencial posterior.

Renovar totalmente online só é possível para quem tem mais de 60 anos e um CC ainda válido, desde que as pessoas tenham um leitor de cartões.

ZAP //

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Quando se critica os serviços públicos é também a isto que nos referimos, pagamos nós tantos impostos para depois não haver pessoal nos serviços que cubram as necessidades da população.
    Para onde vai parar o dinheirinho dos contribuintes?
    É melhor nem saber a resposta, nós imaginamos…

  2. O Governo tinha era de implementar o “cliente mistério”, depois despedir os que provadamente são incompetentes e estão lá “para beber café”.
    Faziam isso a uns quantos e viam como os outros atinavam logo!

      • Não da assim tanto trabalho, mas o pouco que dá server exactamente para … nada !

        Isso só serve para serviços privados, que são constantemente vistoriados, na função publica é pura perda de tempo.

  3. Tenho o CC caducado e a mais de um mês que o estou a tentar renovar.

    Na ultima tentativa tirei a senha as 11:15, tinha quase 40 números a minha frente e ainda só tinham atendido 7.

    Dirigi-me também a um desses tais “espaços de cidadão” menos congestionados, mas depois de uma hora à espera, em que a funcionaria atendeu 2 pessoas, fui informado que só se tivesse mais de 60 anos podia renovar lá o CC, mais uma manha perdida. Estou a ver que tenho de faltar ao trabalho ou tirar uma folga só para poder renovar o CC.

    Falta dizer que moro numa dessas “cidades pequenas”, mas como isto é “tão calmo” a nossa autarquia/governo decidiu fechar o “registo civil” e juntar tudo com o “registo predial”, 2 em 1, assim é mais “eficiente”.

    • Hum..
      40 senhas à frente… qual é essa “cidade pequena”?!
      E porque não agendou online?
      Eu agendei online, cheguei lá perto da hora marcada e demorei pouco mais de 5 minutos!

  4. Todos reclamam, mas todos fazem as coisas à tuga, ou seja, deixam sempre para a última e depois querem as coisas logo na hora e à patrão, os outros é que tem que ficar nas filas. Renovei o meu no último fim de semana e não levou meia hora. Isto porque tive o cuidado de marcar antecipadamente e no dia à hora marcada lá estava. Simples e rápido, mas é mais fácil como sempre culpar os outros, neste país está tudo mal (muitas sim) mas nas nossas casas é o paraíso!

    • Nem todos!…
      No meu caso, nem 10m demorou!
      Marquei online, cheguei lá uns minutos antes da hora marcada, fui atendido e vim embora – tudo terá demorado uns 15m.

        • Os milagres são para os crentes que ficam à espera de “ajuda divina” e depois, como deus está muito ocupado e não tem tempo para aturar problemas de gente insignificante, queixam-se e ficam indignados!…
          Não é milagre nenhum; basta apenas informarem-se para saber como funciona o sistema e seguir os procedimentos para fazer as coisas correctamente!!
          E o meu caso foi há uns meses, antes disto dos “5 minutos” ter sido anunciado!
          Além disso, Portugal não é só Lisboa e Porto…
          .
          Há palermas que esperam dias em filas para Black Friday’s, para comprar bilhetes para a Madona, o Benfica ou iPhones e, não se queixam!…
          Prioridades…

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …