Carro da Google parado pela polícia por ir demasiado devagar

Um dos carros autónomos da Google foi mandado parar por um agente da polícia em Mountain View, nos Estados Unidos, por circular a uma velocidade muito reduzida.

O agente norte-americano mandou encostar o carro, depois de se aperceber que o protótipo da Google estava a causar uma grande fila de automóveis que circulava atrás dele.

O carro autónomo circulava quase a 40 km/h, velocidade limitada pela empresa por razões de segurança, numa zona em que se pode circular a 60 km/h.

O limite da velocidade e o próprio aspeto do carro foram pensados com um intuito de tornar o carro amigável, de forma a garantir que a tecnologia automática não seja vista como uma ameaça à segurança rodoviária.

“Temos limitado a velocidade dos nossos protótipos por razões de segurança. Queremos que passem a mensagem de que são veículos amigáveis e acessíveis, em vez de se tornarem assustadores quando circulam pelas estradas”, afirma a empresa no Google+.

Embora o carro seja totalmente autónomo encontrava-se na altura com um condutor a bordo, requisito obrigatório perante a lei atualmente em vigor.

“Como este agente, são várias as pessoas que nos abordam para saber mais sobre o projeto. Depois de 1,2 milhões de milhas percorridas (o que equivale a 90 anos de experiência a conduzir), estamos orgulhosos em poder dizer que nunca fomos multados”, brincou a empresa.

A Google tem publicado relatórios mensais relacionados com o projeto e garante que, nos últimos seis anos, apenas ocorreram 16 acidentes menores, nenhum deles causado diretamente pelo carro.

ZAP / PowerUser / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …

Polícia do Rio de Janeiro matou cinco pessoas por dia em 2019

A polícia do Rio de Janeiro matou 1.810 pessoas em 2019, um recorde de cinco mortes por dia e um aumento de 18% em relação ao ano anterior, informou o Instituto de Segurança Pública (ISP) …

Governo dedica 20 milhões do Orçamento ao combate à violência doméstica

O orçamento total para combater a violência doméstica em 2020 é de 20,3 milhões de euros, adiantou na quinta-feira a ministra de Estado e da Presidência no Parlamento, Mariana Vieira da Silva, sublinhando o reforço orçamental …

Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha. O partido liderado …