Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos.

A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito estragos em grande escala nos Estados Unidos. Uma única fêmea bem alimentada desta espécie pode gerar até 2 mil clones através de uma reprodução por partenogénese — ou seja, não precisa de acasalar para ter crias.

A carraça já chegou até dez estados americanos, mas a situação mais flagrante é na Carolina do Norte, onde o aracnídeo já matou um quinto das vacas, simplesmente drenando o seu sangue. Além disso, pode transmitir doenças mortais que podem ser potencialmente fatais para humanos. No mês passado, foi relatado um caso em Nova Iorque de uma pessoa mordida por uma destas carraças.

Enquanto outras espécies sugam o sangue das vítimas durante sete dias, a Haemaphysalis longicornis pode fazê-lo durante 19 dias. Ainda recentemente foi encontrado um boi na Carolina do Norte que morreu por anemia após ver o seu sangue drenado por mais de mil carraças.

Penn State University

Segundo o Ars Technica, a espécie é originária da Ásia e os cientistas continuam sem saber como chegou até à América do Norte. Além dos Estados Unidos, a carraça também já chegou à Austrália, Nova Zelândia e a algumas ilhas do pacífico.

Depois dos últimos incidentes, o Laboratório Nacional de Serviços Veterinários dos Estados Unidos reviu as suas amostras de carraças e encontrou uma larva de Haemaphysalis longicornis que foi retirada de um veado na Virgínia Ocidental em 2010.

Esta espécie de carrapato é também associada à transmissão do vírus Huaiyangshan banyangvirus, que conta com sintomas como febre, vómitos, diarreia, falência múltipla de órgãos, trombocitopenia, leucopenia e níveis elevados de enzimas hepáticas.

Por enquanto ainda não foram encontradas, nos Estados Unidos, carraças transmissoras de vírus. Todavia, o diretor do Laboratório de Parasitologia Clínica na Mayo Clinic, Bobbi S. Pritt, diz que este panorama pode rapidamente mudar.

“As descobertas desta investigação sugerem que as mensagens de saúde pública podem precisar de ser alteradas, pelo menos em certas áreas geográficas, para enfatizar uma gama mais ampla de potenciais habitats de carraças“, disse.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Por acaso será que alguém tem o contacto ou sabe como se podem importar estes carrapatos para entregar na nossa Assembleia da República? Portes e entrega incluídos à minha conta.

  2. E o combate à espécie, há que pô-lo em prática, investir menos em armamento e mais na prevenção e bem estar da vida no planeta.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …