Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos.

A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito estragos em grande escala nos Estados Unidos. Uma única fêmea bem alimentada desta espécie pode gerar até 2 mil clones através de uma reprodução por partenogénese — ou seja, não precisa de acasalar para ter crias.

A carraça já chegou até dez estados americanos, mas a situação mais flagrante é na Carolina do Norte, onde o aracnídeo já matou um quinto das vacas, simplesmente drenando o seu sangue. Além disso, pode transmitir doenças mortais que podem ser potencialmente fatais para humanos. No mês passado, foi relatado um caso em Nova Iorque de uma pessoa mordida por uma destas carraças.

Enquanto outras espécies sugam o sangue das vítimas durante sete dias, a Haemaphysalis longicornis pode fazê-lo durante 19 dias. Ainda recentemente foi encontrado um boi na Carolina do Norte que morreu por anemia após ver o seu sangue drenado por mais de mil carraças.

Penn State University

Segundo o Ars Technica, a espécie é originária da Ásia e os cientistas continuam sem saber como chegou até à América do Norte. Além dos Estados Unidos, a carraça também já chegou à Austrália, Nova Zelândia e a algumas ilhas do pacífico.

Depois dos últimos incidentes, o Laboratório Nacional de Serviços Veterinários dos Estados Unidos reviu as suas amostras de carraças e encontrou uma larva de Haemaphysalis longicornis que foi retirada de um veado na Virgínia Ocidental em 2010.

Esta espécie de carrapato é também associada à transmissão do vírus Huaiyangshan banyangvirus, que conta com sintomas como febre, vómitos, diarreia, falência múltipla de órgãos, trombocitopenia, leucopenia e níveis elevados de enzimas hepáticas.

Por enquanto ainda não foram encontradas, nos Estados Unidos, carraças transmissoras de vírus. Todavia, o diretor do Laboratório de Parasitologia Clínica na Mayo Clinic, Bobbi S. Pritt, diz que este panorama pode rapidamente mudar.

“As descobertas desta investigação sugerem que as mensagens de saúde pública podem precisar de ser alteradas, pelo menos em certas áreas geográficas, para enfatizar uma gama mais ampla de potenciais habitats de carraças“, disse.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Por acaso será que alguém tem o contacto ou sabe como se podem importar estes carrapatos para entregar na nossa Assembleia da República? Portes e entrega incluídos à minha conta.

  2. E o combate à espécie, há que pô-lo em prática, investir menos em armamento e mais na prevenção e bem estar da vida no planeta.

RESPONDER

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …