Carlos Alexandre insiste em ouvir Mexia e Manso Neto no caso EDP

José Sena Goulão / Lusa

O juiz Carlos Alexandre

O presidente executivo da EDP deverá ser confrontado com novos factos, nomeadamente a nomeação de Artur Trindade e do seu pai, bem como a sua relação com Manuel Pinho.

De acordo com o jornal Correio da Manhã, esta terça-feira, o presidente executivo da EDP, António Mexia, deverá mesmo ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre, no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, no âmbito do caso EDP.

O juiz enviou, esta segunda-feira, a sua justificação para o Tribunal da Relação sobre a necessidade e urgência da realização dos interrogatórios aos arguidos, escreve o jornal.

O diário refere que o presidente da EDP deverá ser confrontado com novos factos, entre os quais a nomeação do ex-secretário de Estado da Energia, Artur Trindade, para o OMIP e OMIClear, assim como a contratação do pai deste para consultor da elétrica.

Mexia terá ainda de explicar a sua relação com o ex-ministro da Economia, Manuel Pinho, e como foi feita a negociação dos Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC).

Na semana passada, a defesa de António Mexia e João Manso Neto, presidente executivo da EDP Renováveis, também arguido, apresentou um incidente de recusa do juiz Carlos Alexandre como titular da instrução criminal do caso EDP, acusando-o de parcialidade.

Segundo o CM, o incidente de recusa de juiz foi contestado pelo Ministério Público, que recordou que já outro juiz que teve o mesmo processo, neste caso Ivo Rosa, sofreu um mesmo incidente, mas as diligências não pararam por causa disso.

Carlos Alexandre irá decidir as medidas de coação dos dois administradores da EDP, que podem ir desde o depósito de uma caução junto dos autos à suspensão das funções.

Se o interrogatório vier mesmo a realizar-se, esta será a primeira vez que Mexia e Manso Neto vão ser questionados pela justiça desde que foram constituídos arguidos, em junho de 2017.

No caso de João Conceição, administrador da REN, a sua defesa não subscreveu nenhum incidente de recusa de juiz, pelo que o arguido está disposto a falar ainda esta quinta-feira, acrescenta o CM.

Mexia e Manso Neto são suspeitos de corrupção ativa, corrupção passiva e participação económica em negócio. Já João Conceição é arguido no crime de corrupção passiva para ato ilícito.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. FORÇA CARLOS ALEXANDRE!
    Começa a a “limpeza” dos crimes de colarinho branco, para que outros juízes, igualmente incorruptíveis e cumpridores das suas funções, tenham a coragem de seguir o teu EXEMPLO.

  2. O circo vai continuar, para que ouvir o António Mexia se esse pertence á casta dos para arquivar, perguntar não ofende como está a investigação ao Marco António Costa, Filipe Meneses etc.etc.etc? Ou já foi arquivado ou também roubaram as provas como foi dos submarinos que roubaram as provas de uma viatura, confio tanto na justiça portuguesa como numa matilha de lobos a guardarem uma capoeira.

RESPONDER

Fauci revela que uso de máscara está a ser revisto nos EUA para pessoas vacinadas

Anthony Fauci, conselheiro de saúde da Casa Branca, disse que os Estados Unidos estão a estudar a possibilidade de levantar a obrigatoriedade do uso de máscara para pessoas vacinadas contra a covid-19. Este domingo, Anthony Fauci …

Tratamentos de radioterapia em risco no IPO de Lisboa

Tratamentos de radioterapia no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa estão em risco devido à falta de profissionais. O IPO de Lisboa conta com sete aceleradores lineares, aparelhos sofisticados que obrigam à presença física de …

Presidente de associação solidária acusado de violar e escravizar mulheres em situações precárias

O presidente da associação "Paz no Coração" está a ser acusado por 60 crimes sexuais. Atualmente, encontra-se em prisão preventiva. Alfredo Marques Carvalho, líder da associação, acolhia vítimas de violência doméstica, atiradas para a rua com …

Sócrates sai em defesa de Vieira. Em Portugal, "prende-se primeiro e pergunta-se depois"

Em Portugal, "prende-se primeiro e pergunta-se depois", considera o antigo primeiro-ministro José Sócrates, num artigo de opinião publicado esta segunda-feira no qual reage às detenções de Luís Filipe Vieira e Joe Berardo. "Tudo igual, tudo igual, …

Thomas Daley: o ouro para quem sofreu muito

Bullying na escola, morte do pai, homossexualidade, incapaz de caminhar. Thomas Daley venceu uma prova de saltos para a água, em Tóquio, ao lado do também britânico Matty Lee. Surpresa nos saltos para a água, nos …

Depois de uma época dourada, Portugal cai sete lugares no ranking da inovação

A economia nacional caiu sete posições, naquela que é a primeira inversão na trajetória ascendente desde 2014. Apesar do recuo, Portugal melhorou em 18 dos 32 indicadores. A notícia, avançada esta segunda-feira pelo jornal Público, dá …

Mortes de crianças com covid-19 disparam na Indonésia. No Reino Unido aumentam casos graves entre jovens

Médicos britânicos alertaram para o aumento do número de crianças e jovens infetados com covid-19 a dar entrada nos hospitais, apelando à vacinação para não "sofrerem desnecessariamente" com a evolução da doença. "Os doentes estão a …

Empresa portuguesa arrisca multa por enviar ilegalmente resíduos de plástico para a Roménia

Uma empresa portuguesa foi apanhada a enviar resíduos de plástico para a Roménia sem cumprir os requisitos necessários para o fazer. Segundo noticia o Público, a Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento …

Marcos Freitas e Fu Yu brilham no ténis de mesa, Yolanda Sequeira avança no surf

Do ténis de mesa ao surf, a armada portuguesa em Tóquio tem estado em destaque. Marcos Freitas, Fu Yu e Yolanda Sequeira progrediram nas suas respetivas competições. O português Marcos Freitas apurou-se hoje para os oitavos …

Um pouco por todo o mundo, protesta-se contra o "passaporte da escravidão" às vacinas

O fim-de-semana foi marcado por manifestações em Itália, na Grécia, na França, no Reino Unido e na Austrália contra as proibições a quem não tem certificados de vacinação ou testes PCR. Vários governos têm apertado as …