Carga fiscal manteve-se nos 34,8%. É o valor mais alto de sempre

No ano passado, a carga fiscal ficou no mesmo nível de 2018, segundo os dados provisórios divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), a carga fiscal, que inclui receita de impostos e contribuições efetivas, foi de 73.983,7 milhões de euros no ano passado, correspondente a 34,8% do Produto Interno Bruto (PIB). Em 2018, o valor total de receitas de impostos e contribuições sociais ascendeu a 71.139,3, correspondentes igualmente a 34,8% do PIB.

A carga fiscal verificada nos dois anos representa o valor mais elevado desde, pelo menos, 1995, ano do início da série disponibilizada pelo INE.

O conceito de carga fiscal define-se pelos impostos e contribuições sociais efetivas (excluindo-se as contribuições sociais imputadas) cobrados pelas administrações públicas nacionais e pelas instituições da União Europeia.

Tendo em conta apenas o total das receitas tributárias (impostos sobre os rendimentos, de produção e importação e de capital), o valor total arrecadado atingiu 53.371,7 milhões de euros, mais do que os 51.998,1 milhões de euros cobrados em 2018. O total das receitas tributárias é igualmente o mais alto desde que há dados disponíveis.

O mesmo se verifica com as contribuições sociais efetivas das famílias, montante que totalizou 8.195,5 milhões de euros em 2019, contra 7.704,5 milhões em 2018.

As Administrações Públicas registaram um excedente de 0,2% do PIB em 2019, em contabilidade nacional, correspondente a 403,9 milhões de euros, o primeiro saldo orçamental positivo desde 1973.

“De acordo com os resultados provisórios obtidos neste exercício, em 2019 a capacidade de financiamento das Administrações Públicas (AP) atingiu 403,9 milhões de euros, o que correspondeu a 0,2 do PIB (-0,4% em 2018)”, lê-se no documento.

Esta é a primeira vez que a democracia portuguesa não regista um défice, já que o último excedente, ainda registado em contabilidade pública, numa ótica de caixa (a contabilidade nacional, na ótica dos compromissos, só foi introduzida em 1995), tinha sido registado em 1973, no montante de 5.769 milhões de escudos, cerca de 1,7% do PIB.

As previsões do Governo apontavam para um défice de 0,1% em 2019 e um excedente de 0,2% para 2020, um cálculo que será revisto na sequência da pandemia de covid-19.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …

Governo prepara apoios aos media "à medida das televisões"

O Governo está a preparar medidas de apoio aos meios de comunicação social, gravemente afetados pela crise causada pela pandemia de Covid-19. Contudo, como considerou o administrador da Global Media Group, Afonso Camões, citado pelo Dinheiro Vivo, tudo …

Archewell. Harry e Meghan registam a sua nova marca

O príncipe Harry e Meghan Markle registaram a sua nova marca, uma fundação sem fins lucrativos chamada Archewell. De acordo com o jornal britânico The Guardian, que cita registos datados de 3 de março, a marca …

Libertação de reclusos. Esquerda ao lado do Governo garante aprovação

PSD, CDS-PP, PAN e Iniciativa Liberal manifestaram reservas ao diploma que prevê a concessão de indultos e antecipação do fim das penas para reclusos que tenham cometido crimes pouco graves. A proposta do Governo que cria …

Galp anuncia cortes de 500 milhões de euros por ano devido à pandemia

A Galp Energia decidiu cortar mais de 500 milhões de euros por ano dos seus custos operacionais e investimentos para 2020 e 2021, visando fazer face ao impacto da pandemia de Covid-19 na procura de …

Bombeiros de Beja admitem recusar transportar suspeitos e doentes

As 15 corporações de bombeiros do distrito de Beja admitem recusar transportar utentes suspeitos e doentes com covid-19 por falta de condições e apoios. As 15 corporações de bombeiros do distrito de Beja referem que, "por …

Ministra sul-africana suspensa por violar medidas de contenção

A ministra das Comunicações sul-africana, Stella Ndabeni-Abrahams, foi suspensa depois de ter sido apanhada em flagrante desobediência numa fotografia publicada no Instagram, onde é vista a almoçar com outras cinco pessoas. O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, anunciou …

Suécia já tem acordo para impor medidas restritivas (mas ainda não está convencida)

A Suécia vai recuar na sua abordagem light à covid-19 e prepara-se para aplicar medidas restritivas. Os partidos já chegaram a acordo, mas o Governo não tem planos para usar já os novos poderes. Os partidos …

Bernie Sanders desiste da candidatura à Casa Branca

Bernie Sanders desistiu da corrida à nomeação para as eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos, abrindo assim o caminho para que Joe Biden venha a competir com Donald Trump. Bernie Sanders desistiu da candidatura à …

Se o turismo contrair 25%, a economia portuguesa recua 2,9%

Em Portugal, o setor do turismo tem um peso de 11,3% no PIB. Com o setor fechado, o impacto no crescimento português será significativo. Uma redução de 25% na atividade turística, quer do turismo de visitantes …