Cardiologista do Tottenham admite ponto final na carreira de Eriksen

Friedemann Vogel / POOL / EPA

O jogador dinamarquês Christian Eriksen

O cardiologista do Tottenham, Sanjay Sharma, admite um ponto final na carreira de Christian Eriksen, que caiu inanimado no jogo entre a Dinamarca e a Finlândia.

O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do Grupo B do Euro2020, foi interrompido ao minuto 43 depois do médio Christian Eriksen ter caído inanimado do relvado. O jogador foi sujeito a manobras de reanimação, acabando por deixar o relvado já consciente.

O dinamarquês está hospitalizado e, esta terça-feira, divulgou uma mensagem agradecendo aos fãs os “incríveis” desejos de boa recuperação.

Agora, em entrevista ao jornal espanhol As, o cardiologista Sanjay Sharma, que monitorizou Eriksen no Tottenham entre 2013 e 2020, considerou que será muito difícil o futebolista prosseguir com a sua carreira.

“Todo o país e toda a Europa estão muito felizes e agradecidos por um jovem desportista de elite que tem tantas décadas de vida pela frente estar vivo e estar bem. Creio que o principal objetivo dos médicos, neste momento, é saber o que aconteceu e se há algo que possa ser retificado. Agora, caso possam retificá-lo, o pensamento seguinte deve ser: ‘existe a possibilidade de este risco que ele tem e que causou tudo isto se mantenha?’”, começou por dizer o cardiologista, citado pelo Record.

“É provável que os médicos estejam a aconselhá-lo a não competir”, disse ainda o especialista, realçando que Eriksen ainda pode ser treinador, embaixador, comentador ou até estar envolvido com a seleção dinamarquesa.

“Provavelmente ele ainda está a assimilar tudo e ainda não se deu conta de como será daqui em diante. Mas sem dúvida que onde ele joga agora, no Inter Milão, será muito difícil continuar a jogar depois do que aconteceu”, disse Sharma.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE