Cientistas reconstruiram o rosto de uma escocesa nobre com lepra (e de um homem sem mandíbula)

Karen Fleming / Edinburgh City Council

A Câmara Municipal de Edimburgo e a Universidade de Dundee, na Escócia, uniram-se para reconstruir os rostos de pessoas cujos restos mortais foram descobertos sob a famosa Catedral de Santo Egídio nas décadas de 1980 e 1990.

A Catedral de Santo Egídio, um dos marcos históricos mais famosos de Edimburgo, fica no coração da pitoresca cidade velha da cidade. Foi erguido no século XII, antes de grande parte da cidade velha ser construída. Sob ele e dentro dos seus muros, foram enterrados centenas de escoceses foram enterrados ao longo dos séculos.

Agora, graças à tecnologia de reconstrução facial, estamos a conseguir ter um vislumbre de quem eram estas pessoas e como eram os seus rostos. O trabalho mais recente identificou uma mulher de meia-idade que sofria de lepra e morreu em meados do século XV a XVI e um homem com entre 35 e 45 anos enterrado no século XII.

De acordo com o IFLScience, a mulher terá tido um alto estatuto quando foi enterrada dentro da catedral ao lado do altar de Santa Ana. A mulher pode ter pertencido à Guilda dos Alfaiates, segundo explicou Karen Fleming, uma artista forense que trabalhou na reconstrução da mulher.

“Esta reconstrução em particular interessou-se, uma vez que havia sinais óbvios de lepra que contribuíram para estudos interessantes”, disse. “Ela terá contraído a doença na idade adulta e os sinais de lesões sob o olho direito podem ter levado à perda de visão naquele olho”.

A lepra é uma doença contagiosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae, que leva a sintomas crónicos como lesões na pele, danos nos nervos, problemas de visão e até deformidades físicas. Durante a Idade Média, a doença atormentou os europeus, mas declinou em 1600, graças a uma mistura de mudanças sociais e a resistência das pessoas ao micróbio. Hoje, a lepra ainda afeta várias nações do mundo, incluindo a Índia, o Brasil e a Indonésia.

Já o homem reconstruido pela equipa viveu 400 anos antes da mulher e não tinha um estatuto tão alto. Enterrado no mesmo século em que a catedral foi erguida, é considerado um dos primeiros residentes oficiais de Edimburgo.

Lucrezia Rodella / Edinburgh City Council

O homem teria tido 1,67 metros de altura e faltava-lhe uma mandíbula, o que foi um desafio para os investigadores que tentavam reconstruir as suas características faciais. A solução foi enfeitar a mandíbula com uma barba espessa.

“Consegui prever com precisão todas as outras características faciais, já que o crânio estava em boas condições, o que é bastante incomum, considerando a idade deste crânio”, disse a artista forense Lucrezia Rodella ao IFLScience.

Para a reconstrução dos rostos de pessoas antigas, bastam os ossos. Ao examinar atentamente a estrutura do crânio de uma pessoa, os cientistas conseguem determinar a quantidade de tecido que havia em diferentes partes da face, avaliar o quão simétrico era e determinar o tamanho das diferentes características faciais.

“Quando temos uma ideia do formato do rosto, usamos um banco de dados de imagens faciais, usado para selecionar recursos que podem ser alterados para se ajustarem ao crânio. A cor dos cabelos e dos olhos não pode ser prevista, a menos que os restos tenham sido testados em ADN, por isso consideramos o que poderia ter sido uma coloração comum das pessoas daquele período”, explicou Fleming.

Não é a primeira vez que os cientistas reconstroem os rostos dos antigos habitantes da Escócia. Em 2017, investigadores da Universidade de Dundee reconstruiram a fisionomia de Lilias Adie, a mulher escocesa que foi acusada de bruxaria e de ter feito sexo com o diabo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Até as estrelas têm auroras (e já as podemos ver)

Uma equipa internacional de astrónomos observou sinais de rádio estranhos vindos de uma anã vermelha. Estas ondas bizarras estavam a ser produzidas pela interação com um exoplaneta que orbitava a estrela, criando uma aurora. Apesar de …

Tiroteios em dois bares fazem oito mortos na Alemanha

Pelo menos oito pessoas morreram hoje em dois tiroteios em dois bares na cidade alemã de Hanau, no centro do país, indicou a polícia local, sem precisar o número. O primeiro tiroteio ocorreu num bar de …

Descobertos sarcófago e altar dedicado ao fundador de Roma do século VI a.C.

Os dois objetos foram descobertos numa área subterrânea perto da Cúria, foi anunciado esta terça-feira. Um sarcófago considerado "excecional" e um altar do século VI a.C., que poderá ter sido dedicado a Rómulo, fundador de Roma, …

40 anos depois, cientistas identificam falha fundamental na eficiência dos painéis solares

Os painéis solares são uma das invenções mais impressionantes, mas é emergente descobrir como torná-los ainda mais eficientes. Recentemente, uma equipa de cientistas resolveu um mistério de 40 anos em torno de um dos principais …

SIC vai lançar serviço de streaming e canal de e-sports este ano

A SIC vai avançar para uma plataforma de streaming ainda em 2020. A "Netflix à portuguesa" ainda não tem nome, mas tem como objetivo "encontrar mais e novas audiências". Em entrevista ao jornal Público, o CEO …

Dagmar Turner tocou violino enquanto lhe era removido um tumor do cérebro

Uma paciente do King's College Hospital, no Reino Unido, tocou violino enquanto os médicos lhe removiam um tumor do cérebro. Desta forma, foi possível preservar a sua capacidade de tocar e a sua paixão de 40 …

"Não é aceitável". Tribunal de Contas refuta acusações de Manuel Heitor

O Tribunal de Contas (TdC) refutou as acusações do ministro do Ensino Superior sobre a auditoria ao modelo de financiamento do setor, considerando-as inaceitáveis e infundadas. "O tribunal tem o máximo respeito pela opinião dos auditados, …

"Lava que se farta". Isabel dos Santos recorre da absolvição de Ana Gomes

A empresária angolana recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa por causa das publicações no Twitter nas quais a antiga eurodeputada acusa a empresária, por exemplo, de "lavar que se farta". Em janeiro, o Tribunal …

Ministro considera "inaceitável" que TAP pague prémios em ano de prejuízos

O ministro das Infraestruturas e da Habitação considerou "inaceitável" que a TAP, empresa que "tem 100 milhões de euros de prejuízos" em 2019, atribua prémios a uma minoria de trabalhadores. "É uma falta de respeito para …

Eventos climáticos extremos podem levar os EUA a uma crise económica, revela estudo

Um relatório recentemente divulgado revela que os eventos climáticos extremos podem levar os Estados Unidos (EUA) a uma crise económica sem precedentes, com uma maior incidência no mercado da energia. "Se o mercado não fizer um …