Cientistas reconstruiram o rosto de uma escocesa nobre com lepra (e de um homem sem mandíbula)

Karen Fleming / Edinburgh City Council

A Câmara Municipal de Edimburgo e a Universidade de Dundee, na Escócia, uniram-se para reconstruir os rostos de pessoas cujos restos mortais foram descobertos sob a famosa Catedral de Santo Egídio nas décadas de 1980 e 1990.

A Catedral de Santo Egídio, um dos marcos históricos mais famosos de Edimburgo, fica no coração da pitoresca cidade velha da cidade. Foi erguido no século XII, antes de grande parte da cidade velha ser construída. Sob ele e dentro dos seus muros, foram enterrados centenas de escoceses foram enterrados ao longo dos séculos.

Agora, graças à tecnologia de reconstrução facial, estamos a conseguir ter um vislumbre de quem eram estas pessoas e como eram os seus rostos. O trabalho mais recente identificou uma mulher de meia-idade que sofria de lepra e morreu em meados do século XV a XVI e um homem com entre 35 e 45 anos enterrado no século XII.

De acordo com o IFLScience, a mulher terá tido um alto estatuto quando foi enterrada dentro da catedral ao lado do altar de Santa Ana. A mulher pode ter pertencido à Guilda dos Alfaiates, segundo explicou Karen Fleming, uma artista forense que trabalhou na reconstrução da mulher.

“Esta reconstrução em particular interessou-se, uma vez que havia sinais óbvios de lepra que contribuíram para estudos interessantes”, disse. “Ela terá contraído a doença na idade adulta e os sinais de lesões sob o olho direito podem ter levado à perda de visão naquele olho”.

A lepra é uma doença contagiosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae, que leva a sintomas crónicos como lesões na pele, danos nos nervos, problemas de visão e até deformidades físicas. Durante a Idade Média, a doença atormentou os europeus, mas declinou em 1600, graças a uma mistura de mudanças sociais e a resistência das pessoas ao micróbio. Hoje, a lepra ainda afeta várias nações do mundo, incluindo a Índia, o Brasil e a Indonésia.

Já o homem reconstruido pela equipa viveu 400 anos antes da mulher e não tinha um estatuto tão alto. Enterrado no mesmo século em que a catedral foi erguida, é considerado um dos primeiros residentes oficiais de Edimburgo.

Lucrezia Rodella / Edinburgh City Council

O homem teria tido 1,67 metros de altura e faltava-lhe uma mandíbula, o que foi um desafio para os investigadores que tentavam reconstruir as suas características faciais. A solução foi enfeitar a mandíbula com uma barba espessa.

“Consegui prever com precisão todas as outras características faciais, já que o crânio estava em boas condições, o que é bastante incomum, considerando a idade deste crânio”, disse a artista forense Lucrezia Rodella ao IFLScience.

Para a reconstrução dos rostos de pessoas antigas, bastam os ossos. Ao examinar atentamente a estrutura do crânio de uma pessoa, os cientistas conseguem determinar a quantidade de tecido que havia em diferentes partes da face, avaliar o quão simétrico era e determinar o tamanho das diferentes características faciais.

“Quando temos uma ideia do formato do rosto, usamos um banco de dados de imagens faciais, usado para selecionar recursos que podem ser alterados para se ajustarem ao crânio. A cor dos cabelos e dos olhos não pode ser prevista, a menos que os restos tenham sido testados em ADN, por isso consideramos o que poderia ter sido uma coloração comum das pessoas daquele período”, explicou Fleming.

Não é a primeira vez que os cientistas reconstroem os rostos dos antigos habitantes da Escócia. Em 2017, investigadores da Universidade de Dundee reconstruiram a fisionomia de Lilias Adie, a mulher escocesa que foi acusada de bruxaria e de ter feito sexo com o diabo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nicotina contribui para cancro do pulmão formar metástases no cérebro

A nicotina, uma substância não carcinogénica presente no tabaco, contribui para que o cancro no pulmão se dissemine no cérebro, formando metástases, concluiu um estudo publicado na revista Journal of Experimental Medicine. Uma equipa de investigadores …

Nas montanhas suíças, há quartos de hotel sem paredes nem teto

Dois artistas concetuais suíços criaram sete "quartos de hotel" ao ar livre, sem paredes nem teto, mas com vistas para as montanhas da Suíça e de Liechtenstein. A dupla suíça, os irmãos gémeos Frank e Patrik …

Risco de segunda vaga de covid-19 é alto em França

Um estudo publicado esta sexta-feira revela que a chamada "imunidade de grupo" está longe de ser alcançada em França. O risco de uma segunda vaga de covid-19 em França é "extremamente elevado", de acordo com um …

Desvendado mistério das cartas censuradas entre a rainha Maria Antonieta e o seu suposto amante

A natureza da relação entre a rainha Maria Antonieta e o conde sueco Axel de Fersen continua a intrigar os historiadores há mais de um século. Eram realmente amantes? Agora, graças a uma nova análise …

Ministra do Madagáscar afastada por querer gastar 1,8 milhões em rebuçados para disfarçar sabor de "Covid-Organics"

A ministra da Educação do Madagáscar foi destituída esta quinta-feira, depois de ter proposto gastar 1,8 milhões de euros em rebuçados, para distribuir em escolas e atenuar o sabor de uma infusão para a covid-19. A …

Santa Clara 3-2 SC Braga | Açorianos estreiam-se na nova casa com vitória sobre os minhotos

O Santa Clara venceu hoje o Sporting de Braga por 3-2, em jogo da 25.ª jornada da I Liga de futebol em que se assinalou também a estreia da Cidade do Futebol como palco de …

O maior e mais antigo monumento Maia já conhecido foi descoberto no México

O maior e mais antigo monumento já conhecido construído pela civilização Maia, batizado como Aguada Fénix, foi encontrado no sudeste do México. De acordo com o site New Scientist, o Aguada Fénix é uma enorme …

Twitter bloqueia vídeo de campanha de Donald Trump com tributo a George Floyd

O Twitter bloqueou um vídeo de tributo a George Floyd feito pela campanha de reeleição do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A rede social colocou um rótulo no vídeo da página da conta @TeamTrump, dizendo …

Depois da covid-19, poder haver uma outra doença respiratória à nossa espera

Com o desconfinamento, vamos gradualmente regressando ao normal, mas agora possivelmente com um novo inimigo. A doença dos legionários pode estar escondida nos edifícios que deixamos para trás. Surtos globais de coronavírus forçaram o encerramento de …

Apple está a seguir iPhones roubados das lojas durante os protestos nos EUA

Os iPhones que têm sido roubados das lojas da Apple durante os protestos contra a violência policial, nos Estados Unidos, foram desativados e estão a ser seguidos pela empresa. De acordo com a revista Newsweek, as …