“Capa de invisibilidade”. Novo material permite ocultar objetos

A empresa canadiana fabricante de uniformes de camuflagem para militares, HyperStealth Biotechnology, anunciou quatro pedidos de patente, todos relacionados com o Quantum Stealth.

O material também é chamado de “capa de invisibilidade”. O inventor dos quatro pedidos de patente é o presidente da HyperStealth, Guy Cramer.

O material não precisa de fonte de energia para funcionar, é fino como uma folha de papel e é relativamente barato. A patente menciona 13 versões do material e permite outras configurações.

O primeiro pedido de patente é do Quantum Stealth, que faz com que o objeto atrás dele pareça invisível. Para além de conseguir esconder pessoas, também consegue ocultar tanques, aeronaves, navios e construções. A tecnologia causa um desvio na luz à volta do objeto no espectro visível, ultravioleta, infravermelho e infravermelho de onda curta. Ao mesmo tempo, o material bloqueia o espectro da radiação térmica.

O segundo pedido de patente é para um “amplificador de painel solar”, que utiliza o mesmo material de lente, essencial para as outras aplicações desenvolvidas. A terceira patente chamada de “Display System” produz imagens holográficas, com recurso a um projetor.

O quarto pedido de patente é para dispersão, desvio e manipulação de laser. Com isto, um laser pode ser dividido em milhares de lasers mais pequenos, podendo funcionar como radar. Esse sistema costuma ser montado com o uso de laser, espelhos que giram e recetor ótico. Assim, os computadores podem determinar condições perigosas e identificar objetos mais rapidamente, aumentado a segurança tanto de veículos como de pedestres.

A HyperStealth divulgou mais de 100 minutos de filmagem com descrições e demonstrações do material. Nas imagens o destaque vai para o uso militar do material, que aparece ocultar um tanque e um jato em escala reduzida.

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Que coisa tão básica… Isto é a tecnologia menos desenvolvida que eles têm, porque têm muito melhor.
    E lembre-se disto: quando tecnologia “nova” é divulgada ao público, já o complexo industrial militar tem testado e usado essa mesma tecnologia há 50 anos…

    • E a prova disso é que um atual carregador de portátil ou fonte de alimentação de PC desktop usa tecnologia que começou a ser usada nos primeiros misseis inter-continentais ha 30-40 anos. É só pesquisar no g**gle.

    • “Eles”… “eles” quem?!
      Mais secretismo e conspirações!…
      Ai essas palestras de YouTube com “professores” formados na “universidadde” da IURD…

      • A menina pelos vistos já não é a primeira vez que não sabe ler e interpretar o que está escrito… ELES = COMPLEXO INDUSTRIAL MILITAR. Sempre a mandar postas de m*rda.
        Já agora, se não sabes separar da informação, o trigo do joio, não admira que sejas ignorante em muitos níveis de conhecimento. Nem sei porque raio metes a IURD ao barulho, mas enfim… conversa de quem não tem argumentos sobre o assunto em questão.
        Cultiva-te mas é.

RESPONDER

Argentina levanta restrições na capital. Rússia regista recorde de mortes diárias e aumenta contenção

A Argentina prorrogou esta semana as medidas para combater a pandemia de covid-19 nas zonas mais afetadas do país, ao mesmo tempo que prossegue a reabertura na capital, onde os casos têm vindo a diminuir. Desde …

Maioria dos portugueses defende Orçamento viabilizado à esquerda (e rejeita demissão do Governo)

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e a TSF revela que a maioria dos portugueses - cerca de 60% - defende que o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) seja viabilizado com …

Ministro Manuel Heitor já não está infetado com covid-19

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior já não está infetado com covid-19, depois de ter recebido, esta segunda-feira, um teste com resultado negativo. De acordo com o semanário Expresso, Manuel Heitor recebeu, ao final …

"Só aumentariam as insuficiências". Médicos respondem a carta aberta da Ordem que pede uso dos privados

Um grupo de médicos respondeu à carta aberta assinada pelo atual bastonário da Ordem dos Médicos e quatro ex-bastonários, que defendem uma maior utilização dos serviços de saúde privados para responder à situação gerada pela …

Ensaio clínico de tratamento com anticorpos cancelado por ineficácia

As autoridades norte-americanas decidiriam cancelar um ensaio clínico de um tratamento experimental com anticorpos que estava a ser administrado a doentes hospitalizados com covid-19, justificando que o medicamente não se revelou eficaz na recuperação dos …

Doentes não-covid vão ser encaminhados para setores privado e social

Esta segunda-feira, a ministra da Saúde admitiu que a pressão no Serviço Nacional de Saúde vai aumentar e garantiu que os doentes não-covid-19 que vejam consultas, exames ou cirurgias serem desmarcados serão encaminhados para os …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: "É preciso o guarda-redes estar morto?"

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/v-guimaraes-0-1-sp-braga-o-musical Dérbi. Segundo dérbi nesta sequência de musicais. O primeiro foi entre vizinhos que moram na mesma cidade; agora temos vizinhos que moram na mesma região. O Minho aquece, mesmo no outono, quando estes dois conjuntos se …

A partir de quarta-feira, é obrigatório o uso de máscara em espaços públicos

A partir de quarta-feira, é obrigatório o uso de máscara em espaços públicos e o não cumprimento desta imposição é punido com multas que vão até aos 500 euros, segundo a lei publicada, esta terça-feira, …

Lista de Bruno Costa Carvalho retira-se das eleições do Benfica

Bruno Costa Carvalho retirou a candidatura da lista C às eleições para os órgãos sociais, marcadas para quarta-feira, de forma a "não dividir" o voto da oposição a Luís Filipe Vieira. "Após ponderada reflexão, foi tomada …

Nem 8, nem 80. Centeno alerta para riscos na retirada precoce dos apoios (e do seu prolongamento)

O governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno, alertou esta terça-feira para os riscos de retirar de forma "precoce" as medidas de apoio ao emprego e ao crédito, bem como osperigos de os prolongar …