Campeãs fora do Mundial e só perderam uma vez (consequências de sorteios)

Mundial feminino de andebol vai ter novas campeãs porque os Países Baixos nem chegaram aos quartos-de-final. E, em seis jogos nas fases de grupos, só perderam o último.

O Mundial feminino de andebol chegou à fase a eliminar. Os jogos dos quartos-de-final arrancam nesta terça-feira, em Espanha. Mas já há uma certeza: a campeã não será a mesma.

Em 2019 a selecção da Holanda foi até ao Japão vencer o torneio pela primeira vez mas, dois anos depois, nem chegou aos quartos-de-final.

Na primeira fase de grupos a selecção – agora dos Países Baixos – venceu o Grupo D, como se esperava. Duas vitórias “gordas” diante de Porto Rico (55-15) e Uzbequistão (58-17) e um empate contra a também poderosa Suécia.

Chegou a segunda fase de grupos e uma vitória apertada (31-30) diante da Roménia, seguida pelo triunfo mais confortável de todos: 61-15 contra o Cazaquistão.

Mas nada adiantaram esses números invulgares porque, na jornada seguinte, a Noruega derrotou as holandesas por 37-34 (esteve a perder por seis golos) e passou para a frente deste Grupo II. Noruega e Suécia qualificaram-se, Países Baixos não. Mesmo só tendo perdido um dos seis jogos disputados nestas fases de grupos.

Noruega, Suécia e Países Baixos no mesmo grupo. Ou seja, as selecções que ficaram nos terceiro, quarto e quinto lugares nos Jogos Olímpicos deste ano ficaram no mesmo grupo. Ou seja, a campeã europeia (Noruega) e a campeã mundial no mesmo grupo.

E o Grupo I – também desta segunda fase – juntou França e Rússia, que chegaram à final olímpica, e Montenegro, sexta classificada nos Jogos Olímpicos em Tóquio.

Resumindo: o sorteio deste Mundial 2021 ditou que as seis melhores selecções olímpicas neste ano ficaram do mesmo lado do quadro, logo a partir da segunda fase de grupos – onde só duas selecções se apuravam por grupo (e tinham seis equipas cada).

No outro lado do quadro, no Grupo IV, ficou a anfitriã e forte Espanha, também o Brasil, mas com a companhia de Japão, Áustria, Croácia e Argentina.

Serão estes os jogos dos quartos-de-final: França-Suécia, Dinamarca-Brasil, Noruega-Rússia e Espanha-Alemanha.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE