Campeão olímpico criou problemas no seu país natal

Greg Baker / AFP

Richard Carapaz, ciclista do Equador, nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Richard Carapaz, medalha de ouro no ciclismo, foi direto: “O país nunca acreditou em mim”. Presidente do Equador, ministro e Comité Olímpico reagiram.

Poucos dias depois de ter subido ao pódio final da Volta a França em bicicleta, tendo chegado a Paris no terceiro lugar da geral, Richard Carapaz voltou a subir a um pódio mas, desta vez, ocupou o lugar mais alto. Carapaz foi o vencedor da prova masculina de estrada nos Jogos Olímpicos em Tóquio.

Já com a medalha de ouro no peito, Carapaz criticou entidades do seu país natal, o Equador: “Sou um desportista quase sem apoios. O país nunca acreditou em mim. Esta medalha pertence-me e pertence às poucas pessoas que sempre me apoiaram”.

Tivemos até que procurar uma massagista, não tínhamos. Viemos sozinhos e pedimos ajuda. Foram as seleções europeias que nos deram a mão quando precisámos”, alertou o ciclista.

Palavras que deixaram em alerta o Comité Olímpico do Equador e o próprio governo do país sul-americano. O ministro do Desporto já lembrou que é o Comité Olímpico que trata de tudo que diz respeito à logística para os Jogos Olímpicos. E as coisas não foram bem planeadas.

“Vimos coisas que nos chamaram a atenção, que me preocupam e que me indignam. Compreendo as declarações do Richard Carapaz e concordo com elas. Há algumas coisas que devem ser dadas a conhecer, em relação à participação do Equador nos Jogos Olímpicos”, avisou o ministro Sabastián Palacios, que está em Tóquio a acompanhar os atletas compatriotas.

Palacios acrescentou que está indignado e justificou: “Faltam treinadores, falta uma equipa multidisciplinar junto dos desportistas. Mas o governo do Equador acredita que o desporto é uma prioridade e vai trabalhar de forma muito dura para transformar o desporto no nosso país”.

O Comité Olímpico do Equador reagiu: “Carapaz chegou a Tóquio, no dia 20 de julho, graças ao esforço deste Comité”, assegurando que a entidade tratou de tudo, na viagem do ciclista de França até ao Japão, e que garantiu tudo que seria necessário em termos de logística.

O presidente do Equador também falou sobre o assunto. Guillermo Lasso reforçou a ideia de que o governo do Equador tem como prioridade “acompanhar” os desportistas equatorianos e admitiu: “Concordamos com o Richard Carapaz e vamos trabalhar para fornecer um suporte abrangente”.

Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …