Câmara de Paços de Ferreira tem 8 colaboradores infetados

1

Robin Van Lonkhuijsen / EPA

A Câmara de Paços de Ferreira informou esta quinta-feira que oito colaboradores da autarquia estão infetados com o novo coronavírus, havendo outros que serão submetidos a novos testes por indicação da autoridade de saúde.

Em comunicado, a autarquia refere que todos os colaboradores que exercem funções nos Paços do Concelho foram submetidos, na quarta-feira, ao teste, depois de na terça-feira se ter verificado que um funcionário estava com covid-19.

Os resultados apuraram, entretanto, mais sete casos positivos.

O presidente Humberto Brito é uma das pessoas infetadas com covid-19 na Câmara de Paços de Ferreira, de acordo com uma mensagem que dirigiu aos munícipes, na quarta-feira, através de uma rede social.

A câmara assinala que os colaboradores infetados se encontram em isolamento e “o estado de saúde de todos é considerado estável”. Os demais funcionários, cujos testes foram negativos, estão a ser contactados pelos serviços da câmara municipal.

“A rápida decisão tomada pelo Executivo Municipal, em submeter todos os colaboradores da câmara municipal a teste Covid-19, permitiu identificar estes casos positivos e travar, de imediato, uma eventual propagação”, assinala no comunicado.

Os Paços do Concelho foram sujeitos a desinfeção, encontrando-se atualmente encerrados, não sendo permitida a entrada a nenhum colaborador.

Todos os funcionários estão confinados às suas residências, em isolamento profilático. A câmara municipal só reabrirá após autorização da autoridade de saúde.

Entretanto, e recorrendo a uma publicação nas redes sociais, o irmão de Humberto Brito, pároco na cidade de Freamunde e Raimonda, concelho de Paços de Ferreira, revelou também estar infetado com o novo coronavírus.

“Depois de ter realizado o teste, tenho o dever de vos informar que testei positivo. Ao longo deste tempo de pandemia procurei tomar sempre todas as medidas de proteção para evitar contaminação, respeitando a minha saúde e a dos outros. Nos próximos dias irei estar em isolamento”, escreveu aos paroquianos no Facebook.

O padre Manuel Brito disse ainda que decidiu realizar o teste depois de o irmão, Humberto Brito, presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, ter testado positivo.

  ZAP // Lusa

1 Comment

  1. Pelo conteúdo da notícia, verifica-se que são funcionários da Câmara. Se os consideram colaboradores, são-no coersivamente. Os colaboradores, graciosos ou pagos, não passam disso. Logo, podem ser dispensados a qualquer momento. Estes funcionários, experimentem despedi-los e vêem o que acontece ás finanças da CM de Paços de Ferreira.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE